domingo, 9 de julho de 2017

Real Cubatense sai na frente, mas União vira no fim e crava classificação

Por Victor de Andrade, direto de Mogi das Cruzes

Gabriel Coelho tenta passar pela marcação do União Mogi

Foi por pouco! O Real Cubatense viu a classificação para a a próxima fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão de 2017 no fim da partida. O Guará Vermelho até saiu na frente do marcador, mas com gols aos 43' e 47' do segundo tempo, sofreu a virada e foi derrotado pelo União Mogi, por 2 a 1, em jogo realizado na manhã deste domingo, dia 9, no Estádio Nogueirão, em Mogi das Cruzes.

Na primeira etapa, o União, que necessitava de apenas um empate para classificar, tinha mais posse de bola, e chegou algumas vezes com perigo, fazendo com que o goleiro do Real Cubatense, Matheus Dellamonica, trabalhasse bastante. Porém, aos 24 minutos, Jeferson cobrou escanteio pela esquerda e Raphael Oliveira subiu mais que todo mundo para marcar de cabeça: 1 a 0 para o Guraá Vermelho. No fim da etapa inicial, o próprio Raphael teve a chance de ampliar, mas o goleiro Vitor fez a defesa.

Lance do gol de Raphael Oliveira

Na segunda etapa, o União Mogi foi para a pressão, já que buscava o empate, o que já daria a classificação. Porém, esta ida ao ataque deixava espaços na defesa e, por pouco, o Real Cubatense não fez o segundo com Mateus Mina, em contra-ataque. Ele chegou a tirar o goleiro Vitor com uma cavadinha, mas a zaga do time da casa afastou o perigo com a bola em cima da linha.

Quando tudo parecia que o União não tinha mais forças para reagir, apareceu Anderson, aos 43 minutos, que aproveitou a sobra após bate-rebate e empatou. Como o resultado não favorecia o Real Cubatense, os visitantes foram para o ataque e sofreram o segundo aos 47', com Ninão. Final de jogo no Nogueirão, e vitória do time da casa por 2 a 1.

Gabriel Carvalho carrega a bola pela direita

Ao fim da partida, houve um tumulto envolvendo jogadores das duas equipes e o árbitro Kleber Canto dos Santos expulsou Jhonnata e Emerson, pelo União Mogi, e Caio e Matheus Dellamonica, pelo Real Cubatense.

O resultado deixou o Real Cubatense de fora da segunda fase da competição e classificou o União Mogi. O treinador do Guará Vermelho, Dé Rocha, que assumiu a equipe na semana do confronto decisivo, comentou a infelicidade da equipe no fim da partida. "Foi um jogo difícil, onde conseguimos, no primeiro tempo, suportar a pressão e abrir o marcador. Tivemos três chances para 'matar' o jogo e, no finalzinho, sofremos a virada".

Mouhamadou Leye partindo para o ataque

Ficha Técnica
UNIÃO MOGI 2 X 1 REAL CUBATENSE

Data: 9 de julho de 2017
Local: Estádio Nogueirão – Mogi das Cruzes-SP
Árbitro: Kleber Canto dos Santos
Assistentes: Alberto Poletto Masseira e Roberto Silva Dantas

Cartões Amarelos
União Mogi: Emerson, William, Rodrigo, Anderson e Pinguim
Real Cubatense: Cleverton, Mateus Mina, Gabriel Carvalho, Matheus Dellamonica e Caio

Cartões Vermelhos
União Mogi: Jhonnata e Emerson
Real Cubatense: Caio e Matheus Dellamonica

Gols
União Mogi: Anderson, aos 43', e Ninão, aos 47' do segundo tempo
Real Cubatense: Raphael Oliveira, aos 24' do primeiro tempo

União Mogi: Vitor; Wesley, Anderson e David (Ninão); Igor, Vam Baster, Emerson (Rodrigo Faria) (Miqueias), Pinguim e William; Álvaro e Luiz Carlos – Técnico: Cláudio Matosinhos

Real Cubatense: Matheus Dellamonica; Gabriel Carvalho (Thales Nicolas), Caio, Alef e Vinícius; Cleverton (Mateus Mina), Marco Aurélio, Jeferson e Gabriel Coelho (Mateusinho); Mouhamadou Leye e Raphael Oliveira – Técnico: Dé Rocha.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações