quarta-feira, 26 de julho de 2017

Pinheirense perde para Lusa, mas é campeão do Brasileirão Feminino A-2

Por Lucas Paes
Fotos por Cezar Magalhães/Allsports Agency


Foi o primeiro título nacional do Pinheirense

O Pinheirense conquistou o título do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino da Série A-2. No começo da noite desta quarta-feira, a equipe do Pará até foi derrotada pela Portuguesa e perdeu a invencibilidade, mas contou com a vantagem dos resultados iguais para garantir a taça. Vice-campeã, a Fabulosa também conquista o acesso, já que a punição pelo caso da escalação irregular de Thalita foi apenas uma multa.

Como dito no texto do jogo anterior, a Lusa eliminou o Tiradentes, do Piauí, após uma excelente campanha na primeira fase e o Pinheirense desclassificou a equipe do Caucaia, do Ceará. Na primeira partida da decisão, as paraenses venceram dentro do Canindé e conquistaram a vantagem de ser campeãs com um empate ou até com uma derrota por um gol de diferença.

Contando com a boa presença do público no Estádio da Curuzu, o Pinheirense partiu para cima nos primeiros minutos e teve mais a bola. Aos 5 minutos, Pingo finalizou para fora, na primeira chance do General da Vila. Os primeiros minutos de partida foram marcados por um jogo travado e de muitas faltas cometidas por ambos os lados.

Defesa da Lusa afasta tentativa do Pinheirense

A primeira chance rubro-verde veio aos 24', quando Lucélia foi lançada por Beatriz após um contra- ataque, mas, dentro da área, finalizou mal e desperdiçou a oportunidade. Devido ao forte calor em Belém, o jogo foi parado aos 30'. Na volta, Irley até marcou para a equipe da casa, mas o juiz viu impedimento. 

Na sequência, tanto o Pinheirense quanto a Lusa criaram oportunidades em finalizações de fora da área. No finalzinho, a equipe visitante quase marcou, mas Lucélia escorregou após dividir com a goleira Rosany. Ja no último lance da etapa inicial, a arbitragem marcou toque da defensora lusitana fora da área, porém, com razão, as jogadoras paraenses pediram o pênalti. O placar, porém, não se alterou no primeiro tempo. 

Na etapa complementar, apesar de ser a equipe paulista quem precisava do resultado, foram as mandantes que começaram atacando e Irley desperdiçou uma chance clara ao cabecear dentro da pequena área na mão da goleira. Aos 9', a artilheira teve outro gol anulado, desta vez por marcação de falta. 

Sob forte calor, o jogo foi bastante pegado

Quando parecia que o Pinheirense aumentaria sua vantagem, Lucélia recebeu lançamento e a defesa paraense ficou olhando a atacante abrir o placar para a Portuguesa. Com o gol, a equipe lusitana ficava a apenas mais uma bola na rede de levar a taça para o Canindé. Logo depois do gol, Jeane desperdiçou a chance do empate. 

A partir do gol, as paulistas passaram a pressionar e a autora do gol teve outras duas boas chances, primeiro em um chute que passou rente a trave e depois numa jogadaça em que ela fintou três defensoras e finalizou muito perto do gol. 

A Lusa tirou a invencibilidade das campeãs

Depois dos momentos de pressão dos visitantes, o General da Vila teve duas ótimas chances, ambas com Pingo. Primeiro, ela dominou sozinha na pequena área, mas chutou por cima. Depois, Irley deixou ela em boa posição, mas a finalização foi para fora.

Nos minutos finais, a Lusa partiu com tudo para cima e deixou espaços. Aos 39', Rosany salvou o time da casa, após uma belíssima e perigosa cobrança de escanteio que terminaria em gol olímpico. Já aos 45', as lusitanas tiveram falta perigosíssima, mas a cobrança de Dani foi fraca, nas mãos de Rosany. Apesar da pressão, a equipe paraense segurou o resultado e se sagrou campeã.

Jogadoras festejaram bastante a conquista

FICHA TÉCNICA
PINHEIRENSE 0 X 1 PORTUGUESA

Data: 26 de Julho de 2017
Local: Estádio da Curuzu - Belém - PA
Árbitra: Elaine da Silva Melo - PA
Assistentes: Bárbara Roberta da Costa Loyola e Dimitri Yuri das Chagas Cardoso - PA

Cartões Amarelos
Portuguesa: Thalita, Francy, Thais.

Gol
Portuguesa: Lucélia, aos 13' do segundo tempo

Pinheirense: Rosany; Leila, Helayne, Lauze, Francy; Perrote, Magrela, Jeane (Milena), Cassia; Pingo (Eliane) e Irley. - Técnica: Aline Cristine Rocha

Portuguesa: Ellen; Thalita, Leticia, Day, Thais; Edna (Du), Kika, Fernanda, Dani; Lucelia e Beatriz. (Silmara) - Técnico: Prysco Silvio Palumbo

←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações