segunda-feira, 31 de julho de 2017

O America campeão carioca de 1960

Por Lucas Paes

América Campeão em 1960

O America, tradicional equipe da Barra da Tijuca, foi por muitos anos uma quinta força carioca. Aos poucos, porém, a equipe perdeu força e acabou não conseguindo mais fazer grandes campanhas. O Mecão possui 7 títulos estaduais, o último deles conquistado em 1960, naquele que era o primeiro campeonato do Estado da Guanabara, que existiu entre 1960 e 1975.

Depois de uma campanha excelente, vencendo 15 vezes, empatando uma partida e perdendo apenas para o Bangu, em Moça Bonita, o Diabo chegou a decisão naquele ano contra o Fluminense. Comandando por Jorge Vieira, que na época tinha apenas 26 anos, o time base era formado por Ari; Jorge, Djalma Dias, Wilson Santos e Ivan; Amaro e João Carlos; Calazans, Antoninho, Quarentinha e Nilo. Aquele esquadrão tinha Djalma Dias, que viraria destaque na Seleção Brasileira.

A final contra o Tricolor Carioca foi disputada no dia 18 de Dezembro, diante de quase 100 mil pessoas no Maracanã, sendo que a torcida Americana dividiu o estádio com os torcedores do Flu. Precisando de um empate para ser campeão, o time das Laranjeiras pulou na frente com Pinheiro, de pênalti. Na segunda etapa, porém, a reação rubra foi rápida e Nilo deixou tudo igual. Já no finalzinho, Jorge pegou o rebote do chute de Castilho e fez o gol do título americano.

Trechos da final contra o Fluminense

Aquela decisão teve histórias curiosas. Torcedora símbolo do Mequinha, Tia Ruth estava grávida e passou mal no estádio, sendo atendida no posto médico com recomendações de ir para a casa. O ídolo Calazans acolheu a moça e tranquilizou-a dizendo que o time sabia que tinha uma missão a cumprir. Ela ficou no estádio e viu o time ser campeão, tendo o título dedicado a ela depois do jogo pelos jogadores.

Campeão, o America se mostrou forte também em campos nacionais. Na Taça Brasil daquele ano, equivalente ao Campeonato Brasileiro, o Diabo foi até as semifinais, vendendo caro a classificação ao Santos de Pelé, Pepe e cia, tendo derrotado o Alvinegro Praiano na Vila Belmiro por 1 a 0. Mesmo com os títulos da Taça Guanabara de 1974 e do Torneio dos Campeões de 1982, nenhum time americano chegou perto do encanto causado por aquela equipe de 1960, o último grande time do América.

Jorge Vieira, treinador daquele America

Ficha Técnica
AMÉRICA 2 x 1 FLUMINENSE

Data: 18 de Dezembro de 1960
Local:  Estádio do Maracanã - Rio de Janeiro/RJ
Público: 98.099 pagantes
Renda: Cr$ 3.973.606,00
Árbitro: Wilson Lopes de Souza

Gols
Fluminense: Pinheiro aos 26' do primeiro tempo 
America: Nilo aos 4' e Jorge aos 33' do segundo tempo.

America: Ari, Jorge, Djalma Dias, Wilson Santos e Ivan; Amaro e João Carlos; Calazans, Antoninho (Fontoura), Quarentinha e Nilo. - Técnico: Jorge Vieira.

Fluminense: Castilho, Marinho, Pinheiro, Clóvis e Altair; Edmílson e Paulinho (Jair Francisco); Maurinho, Waldo, Telê e Escurinho. - Técnico: Zezé Moreira.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações