domingo, 23 de julho de 2017

Juventus bate a Briosa em Santos e vence a primeira na Copa Paulista

Por Victor de Andrade

Disputa de bola logo no início do jogo

Finalmente o Juventus conseguiu vencer na Copa Paulista, mas, em compensação, a Briosa segue sem triunfo na competição. Jogando no Estádio Ulrico Mursa, em Santos, na manhã deste domingo, dia 23, o Moleque Travesso bateu a Portuguesa Santista por 2 a 1, de virada, e subiu a cinco pontos no torneio. Já a derrota deixou o time Rubro Verde apenas com dois pontos.

O confronto colocou frente a frente as duas piores equipes do Grupo 3 da Copa Paulista. Tanto Portuguesa Santista como Juventus estavam, antes da partida, com apenas dois pontos ganhos. A Briosa, que estava estreando Ricardinho como treinador (mas por causa de uma suspensão ainda como jogador, Balu dirigiu a equipe no banco de reservas) conseguiu empates com São Caetano e Taubaté. Já o Moleque Travesso teve igualdade no marcador com Taubaté e Água Santa. Ambos os times não haviam vencido no torneio.

O jogo começou em ritmo forte e aos 5 minutos, quase que o Juventus abriu o marcador. Cesar arriscou chute de canhota, da intermediária, e acertou o travessão do gol defendido por José Guilherme. Aos 16', a Briosa respondeu com Washington, depois de rebatida da defesa do Juventus. A bola até balançou a rede, mas pelo lado de fora.

Saída de bola do Juventus em Ulrico Mursa
A Briosa fez uma bela jogada ensaiada aos 20'. Bruno Sacomani cobrou falta para Mario Newton, que tabelou com Dema, mas finalizou para fora. Em seguida, a Portuguesa Santista abriu o placar. Jean Santos lançou Washington pela direita, ele invadiu a área e rolou para Alexandre Gaúcho, que entrou sozinho para marcar: 1 a 0 para a equipe Rubro Verde.

O jogo teve uma parada para hidratação (apesar do inverno, o sol brilhava em Santos durante o jogo) e aos 36', em sobra da defesa do Juventus, Lucão foi derrubado na linha da grande área: pênalti! Bruno Sacomani foi para a cobrança, chutando no canto direito do goleiro Paulo Vitor, que fez a defesa. No fim da primeira etapa, o Moleque Travesso até marcou, mas o gol foi anulado porque a bola bateu na mão de um jogador juventino.

Porém, o Juventus não desistiu e empatou o jogo aos 49' da etapa inicial. Em contra-ataque pela direita, a bola foi cruzada na área, Jean Santos não conseguiu cortar e Lucas do Brasil, na pequena área, só tocou para as redes: 1 a 1 no Estádio Ulrico Mursa e fim do primeiro tempo.

Pênalti perdido por Bruno Sacomani

A segunda etapa começou com o Juventus. Aos 6 minutos, a bola bateu na mão do volante Pedro e os jogadores do Juventus pediram pênalti, mas o árbitro Ilbert Estevam da Silva mandou a partida seguir. Aos 8', em contra-ataque, Deivide teve a chance para virar a partida, mas o goleiro José Guilherme salvou a Briosa.

Aos 10', o Juventus virou. Em uma boa jogada de Marcelinho pela direita, a bola foi rolada para Cesinha, que da meia-lua acertou um chute no ângulo: Juventus 2 a 1. Em seguida, a Briosa quase empatou com Washington, de cabeça, após cobrança de falta de Vinícius Machado, mas João Vitor fez uma grande defesa.

O jogo foi esfriando com o decorrer do tempo. O Juventus ficou na defesa, tentando segurar o resultado. Já a Briosa tentava atacar, mas não conseguia furar a retranca do Moleque Travesso. Só aos 41' o time da casa teve chance com Washington, novamente de cabeça, mas João Vitor, novamente, fez a defesa.

A Portuguesa Santista não conseguiu marcar na segunda etapa

No fim, a Portuguesa Santista até chegou com perigo em cobranças de falta de Washington e Vinícius Machado, mas não conseguiu o objetivo, que era balançar as redes. Em contra-ataque, quase o camisa 19 do time paulistano, Dener, fez o terceiro. Apesar das tentativas, o Juventus saiu de campo com a vitória de 2 a 1, a primeira do Moleque Travesso na Copa Paulista.

A Briosa volta à campo no próximo sábado, dia 29, às 15 horas, contra o Água Santa, no Estádio Distrital do Inamar, em Diadema. Já o Juventus joga novamente em Santos no dia 31, uma segunda-feira, às 15 horas, contra o time Sub-23 do Santos FC, na Vila Belmiro.

A Briosa bem que tentou, mas não conseguiu vencer

Ficha Técnica
PORTUGUESA SANTISTA 1 X 2 JUVENTUS

Data: 23 de julho de 2017
Local: Estádio Ulrico Mursa - Santos-SP
Público: 387 pagantes
Renda: R$ 4.850,00
Árbitro: Ilbert Estevam da Silva
Assistentes: Paulo de Souza Amaral e Enderson Emanoel Turbiani da Silva

Cartões Amarelos
Portuguesa Santista: Lucão
Juventus: Baroni, Lucas do Brasil e Paulo Vitor

Gols
Portuguesa Santista: Alexandre Gaúcho, aos 21' do primeiro tempo
Juventus: Lucas do Brasil, aos 49' do primeiro tempo. Cesinha, aos 10' da etapa complementar

Portuguesa Santista: José Guilherme; Jean Santos, Dema, Lucão e Vinícius Machado; Pedro, Bruno Sacomani (Pedro Henrique), Alexandre Gaúcho (Kauê Ramos) e Mario Newton (Leonardo Nascimento); Washington e Luís Felipe - Técnico: Ricardinho (Balu no banco de reservas)

Juventus: Paulo Vitor; Marcelinho, Vinicius Gomes, Camacho e Cesar; Felipe Nunes, Cesinha Vanlilo), Jô (Janderson) e Baroni; Deivide (Dener) e Lucas do Brasil - Técnico: Edilson Chiari
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações