sábado, 17 de junho de 2017

Vai começar a Copa das Confederações Rússia 2017

Por Lucas Paes


Neste sábado terá inicio mais uma edição da Copa das Confederações. Servindo como evento teste, a competição testará alguns dos estádios que sediarão a Copa do Mundo do ano que vem, na Rússia. Considerada por alguns uma competição “amaldiçoada” (nunca um campeão dela conquistou a Copa do Mundo seguinte), tem o Brasil como atual campeão. Porém, a Seleção Canarinho não estará nesta edição, já que decepcionou na Copa América em também na Copa do Mundo em casa. 

Na edição de 2017, participarão a Rússia (primeira vez); Alemanha (terceira vez); Portugal (primeira vez); Chile (primeira vez); Austrália (quarta vez); México (sétima participação, time que mais jogou e campeão em 1999); Nova Zelândia (quarta participação) e Camarões (terceira participação). Lembrando que participam as seis seleções campeãs continentais, a campeã do mundo e o país sede do torneio.

As partidas da Copa das Confederações de 2017 serão disputadas em Moscou, São Petersburgo, Kazan e Socchi. Confira tabela completa da competição aqui e abaixo as seleções participantes.

GRUPO A

Rússia


Estreante na competição e participando como país sede, os russos tentarão apagar a péssima impressão deixada na Copa do Mundo de 2014, quando a seleção foi eliminada na primeira fase. Treinada por Cherchesov, a equipe tem com principais destaques o goleiro Akinfevv e o meia Zhirkov, que já foi jogador do Chelsea.


Nova Zelândia


Principal equipe da OFC, a Nova Zelândia jamais passou da primeira fase em suas participações na Copa das Confederações. Os All Blacks, apelido herdado do glorioso selecionado de rúgbi local, não possuem grandes glórias no futebol. O principal destaque da equipe treinada por Hudson é o atacante Wood, que milita no tradicional Leeds United, da Inglaterra.


Portugal


Considerada uma das principais favoritas a conquista do título, se não a principal, a seleção portuguesa traz boa parte da base campeã europeia em 2016, incluindo o atual melhor jogador do mundo, Cristiano Ronaldo, que decidiu a Liga dos Campeões da UEFA em favor do Real Madrid. Além de CR7, os Gajos tem jogadores como Bernado Silva, destaque do Mônaco recém chegado ao Manchester City, de Pep Guardiola, Nani, entre outros nomes conhecidos. Não devem ter dificuldades no grupo A, terminando provavelmente como o líder da chave.


México


Única seleção a possuir um título da Copa das Confederações na atual edição do torneio, os tricolores são sempre perigosos em qualquer tipo de competição. Comandados por Juan Carlos Osório, os mexicanos tem em Chicharito Hernandez o seu principal destaque. Além dele, há nomes conhecidos como o do goleiro Ochoa, o do meia Giovanni dos Santos e o experiente zagueiro Rafa Marquez, capitão da equipe. Devem brigar pela segunda vaga com a Rússia, mas podem aprontar. São uma das favoritas, apesar de terem menos peso que Portugal.


GRUPO B

Camarões


Vice-campeã em 2003, a seleção camaronesa é marcada por uma das imagens mais tristes da história da competição, quando Marc Vivian Foé morreu em campo, na semifinal de 2003. O título da Copa das Nações Africanas aliviou um pouco a crise vivida pelos Leões Indomáveis. Treinada por Broos, a seleção virá sem Eto’o, seu principal expoente nos últimos anos. O principal destaque é o atacante Aboubakar.


Chile


Atual bicampeão da Copa América, o Chile, agora treinado por Juan Antônio Pizzi, traz seus principais destaques atuais. A Marea Roja vive atualmente seu melhor momento em toda a história. Entre os destaques da equipe estão o acante Alexís Sanchez, os meias Arturo Vidal e Charles Aranguiz, entre outros. É uma das grandes favoritas ao título, junto a Portugal, México e Alemanha.


Austrália


Vice-campeã em 1997, os Cangurus chegam sem grandes holofotes. Curiosamente, é um dos times que mais participou da competição. Treinado por Ange Postegoglou tem como principal destaque o zagueiro Tim Cahill, do Chelsea, seguido pelo atacante Kruse. Se conseguir vencer um jogo na competição já será uma surpresa.


Alemanha


Seria a principal favorita ao título, se não tivesse optado por trazer um time jovem para a competição. O Nationalelf trará para a competição um time lotado de jovens que ou são promessas ou já começam a estourar pelos campos europeus. Entre os destaques, há o meia Julian Draxler, mais experiente e capitão da equipe, o atacante Werner, destaque do Red Bull Leipzig, o meia Dermibay, um dos maiores destaques da ultima edição da Bundesliga. Alguns jogadores de certo nome figuram entre os convocados, como zagueiro Enre Can, do Liverpool e o goleiro Leno.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações