domingo, 11 de junho de 2017

União Mogi sai na frente, mas cede empate ao Jabaquara

Com informações e fotos de Guilherme Borges

União saiu na frente, em jogo realizado no Nogueirão, mas Jabuca buscou o empate

Um empate que não foi bom para ninguém. O União, jogando no Estádio Francisco Ribeiro Nogueira, em Mogi das Cruzes, até saiu na frente, com um gol de Álvaro, mas cedeu o empate ao Jabaquara, que marcou com Lipe, em partida realizada na manhã deste domingo, pelo Campeonato Paulista da Segunda Divisão.

A vitória era o que mais importava para as duas equipes. O Jabaquara, com sete pontos antes de entrar em campo, estava em quinto no Grupo 4 e a quatro pontos da zona de classificação e um triunfo poderia aproximar a equipe da briga para a próxima fase. Já o União, com seis, queria vencer para ultrapassar o adversário e também chegar perto da quarta colocação.

O jogo começou com os donos da casa tendo o maior volume de jogo, mas faltava qualidade na hora de finalizar as jogadas. O Jabaquara, por sua vez, encontrava dificuldades para se lançar ao ataque por conta da forte marcação do União. Por isso suas melhores jogadas saiam pelos lados do campo.

Primeiro tempo terminou com o placar em branco

Aos 24 minutos, o Leão Caneleira chegou com perigo. Aldair bateu cruzado na saída do goleiro da União, mas Lipe não conseguiu completar para o fundo das redes. Aos 28’, o atacante Ninão, de voleio, quase fez o primeiro do time da casa.

O União continuou em cima. Aos 30’, o meia Pingüim, responsável pelo setor de criação do União, em um chute da entrada da área, depois de boa trama de passes, levou perigo ao gol de Victor Ciriaco. Aos 43', o arqueiro do Jabuca, com as pontas dos dedos, evitou o gol de Vam Baster, depois de um chute na entrada da área.

Na segunda etapa, a equipe da casa foi para cima, e abriu o marcador logo aos 4’. Pingüim puxou contra-ataque pela direita, passou para Igor, que chutou cruzado. O goleiro bateu roupa e, no rebote, Álvaro empurrou para o fundo do gol: 1 a 0 União Mogi. O gol deu mais ânimo para os donos da casa que continuaram pressionando.

Comemoração do primeiro gol do jogo

Aos 18’, o União quase chegou ao segundo. Depois do cruzamento de Pingüim, Ninão desviou de cabeça e o goleiro Victor Ciriaco fez um milagre. No rebote, Álvaro chutou, mas o arqueiro fez mais uma grande defesa. Neste momento da partida, o Jabaquara parecia estar rendido, pois tinha sentido o gol.

Aos 20’, mais uma lance de perigo do União. Ninão passou para Pingüim, que deixou Igor cara a acara com o goleiro do Leão, mas o atacante unionista demorou para concluir e foi desarmado pela defesa. Um minuto depois, lance duvidoso: Pingüim chutou e a bola tocou no defensor adversário dentro da área. Os jogadores do União pediram pênalti, mas o árbitro prosseguiu com o jogo.

O lance mais polêmico da partida aconteceu aos 30 minutos. Em cobrança de falta, a bola foi alçada na defesa do União, que armou a linha de impedimento, deixando três atletas do Jabaquara em posição irregular. Tanto os atletas do União, quanto o ataque do Jabuca e o árbitro, pararam, mas o bandeirinha deu prosseguimento a jogada. Assim, Lipe dominou e tocou na saída do goleiro Vitor e deixou tudo igual: 1 a 1.

Jogadores do União reclamam do gol do Jabaquara

O gol causou revolta nos atletas e comissão técnica do time da casa, que partiram para cima do auxiliar. Porém, quando a bola voltou a rolar, o empate deixou a partida aberta e as duas equipes foram para o tudo ou nada. A partida ficou aberta, e as oportunidades surgiram. Mesmo com os sustos, o placar ficou inalterado até o apito final.

Com o resultado, o Jabaquara foi a oito pontos, ficando a três do Real Cubatense, o quarto colocado. Na próxima rodada, o Rubro Amarelo recebe o Manthiqueira, no Estádio Espanha, no próximo sábado, às 15 horas. Já o União, que foi a sete, folga no fim de semana e só volta a campo no dia 25, domingo, às 10 horas, quando recebe o Mauaense, no Nogueirão.

Ao final, tudo igual em Mogi das Cruzes

Ficha Técnica
UNIÃO MOGI 1 X 1 JABAQUARA

Data: 11 de junho de 2017
Local: Estádio Francisco Ribeiro Nogueira - Mogi das Cruzes-SP
Árbitro: Luiz Renato Cafundó Soares
Assistentes: Helio Antonio Salvia de Sá e William Rogério dos Santos Turola

Cartões Amarelos
União Mogi: Perdigão
Jabaquara: Marcos Denilson

Gols
União Mogi: Álvaro, aos 4' do segundo tempo
Jabaquara: Lipe, aos 30' do segundo tempo

União Mogi: Vitor; Lucas, Anderson, Wesley e William; Vam Baster, Rodrigo (Miqueias), Igor e Pinguim; Ninão (Jhonnata) e Álvaro (Perdigão) - Técnico: Claudio Matosinhos

Jabaquara: Victor Ciriaco; Abimael, Natan, Talis e Marcos Denilson; João Vitor, Lucas Barreto (Luquinha), Marin (Bode) e Lucas Ian; Lipe e Aldair (Carlos Eduardo) - Técnico: Gilberto Costa
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações