sexta-feira, 9 de junho de 2017

Torneio Bicentenário da Austrália em 1988

O Brasil enfrentando os donos da casa. Campeão do Torneio Bicentenário da Austrália

A Seleção Brasileira enfrentou nesta quinta-feira, dia 9 de junho, a Argentina, na Austrália, e foi derrotada por 1 a 0, e na próxima terça-feira, dia 13, encara a própria Austrália. Porém, esta não foi a primeira vez que o time canarinho enfrentou estas duas equipes "do outro lado do planeta". Em 1988 aconteceu o Torneio Bicentenário da Austrália, que contou com as três seleções já citadas e também a Arábia Saudita.

A competição, que era um dos eventos em comemoração aos 200 anos do descobrimento da Austrália, teve início no dia 6 de julho de 1988, quando a Argentina, que era a então atual campeã do mundo, enfrentou os sauditas, em Adelaide. Apesar do favoritismo, a Albiceleste ficou apenas no empate em 2 a 2 com a Arábia Saudita.

Vídeo da final

No dia seguinte, a Seleção Brasileira fez sua estreia na competição contra os donos da casa, em Melbourne. O time canarinho levou a melhor, vencendo por 1 a 0, gol de Romário, aos 31 minutos de jogo.

No dia 9, a Austrália encarou a Arábia Saudita, em Sidney, em ganhou com certa facilidade: 3 a 0. Já no dia seguinte, no Olympic Park Stadium, em Melbourne, Brasil e Argentina prometiam muito, mas o placar ficou sem gols: 0 a 0.

A última rodada foi realizada nos dias 13 e 14 de julho. Primeiro, em Melbourne, o Brasil não tomou conhecimento da Arábia Saudita e venceu por 4 a 1, garantindo sua vaga na final. No dia seguinte, em Sidney, a Austrália surpreendeu os argentinos e aplicou uma sonora goleada por 4 a 1, também indo à final da competição.

Ricardo Gomes com a taça de campeão

No dia 16 de julho, em Canberra, a Argentina venceu a Arábia Saudita por 2 a 0 e garantiu o terceiro lugar. Porém, no dia seguinte, em Sidney, Brasil e Austrália entraram no gramado do Sidney Football Stadium para decidir o título da competição.

Apesar do primeiro tempo equilibrado e o placar zerado, na segunda etapa o Brasil impôs o seu ritmo e Romário, aos 11', e Müller, aos 22', construíram o placar de 2 a 0 para a Seleção Brasileira, conquistando mais um título na história da Canarinho, taça na qual o capitão Ricardo Gomes levantou ao final da partida.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações