terça-feira, 20 de junho de 2017

Corinthians - Campeão da Copa Bandeirantes de 1994

Com informações do site oficial do Corinthians

O time do Corinthians que conquistou o caneco

Nos anos 90 não bastava ser um clube grande para disputar a Copa do Brasil. Ainda sem o inchaço de times que caracteriza a competição, apenas campeões e vice-campeões estaduais disputavam o torneio nacional. Contudo, para o ano de 1995, uma novidade: alguns estados, caso de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul ganhariam um terceiro representante convidado, ou dependendo da federação, uma equipe indicada por seletiva. No caso da Federação Paulista de Futebol, a Copa Bandeirantes 1994 indicaria o campeão para ser o terceiro representante do estado ao lado de Palmeiras e São Paulo, campeão e vice-campeão paulista da temporada, respectivamente.

A competição contou com a participação dos seis primeiros colocados do Paulista da Série A-1 (Palmeiras, São Paulo, Corinthians, Santos, América de São José do Rio Preto e Novorizontino), o campeão da Série A-2 (Araçatuba) e o vencedor da Série A-3 (Nacional). O torneio foi realizado logo após a pausa para a Copa do Mundo de 1994 e antes do início do Brasileirão.

Mesmo com as vagas para a Copa do Brasil já garantidas, Palmeiras e São Paulo disputaram a competição encabeçando os grupos. No grupo A (São Paulo, Corinthians, Novorizontino e Araçatuba). No grupo B (Palmeiras, Santos, América e Nacional). Com regulamento simples, as equipes se enfrentavam duas vezes dentro do grupo e os campeões de cada chave passavam à decisão. Com cinco vitórias (incluindo os dois clássicos contra o São Paulo) e uma derrota (para o Novorizontino), o Corinthians se credenciou para decidir o título contra o Santos em dois jogos.

Notícia na Folha de São Paulo

Em uma quarta-feira a tarde, 09 de agosto de 1994, o Timão aplicou uma impiedosa goleada no rival praiano na abertura da decisão. Mas, apesar do elástico placar, a partida não foi fácil. Logo aos 11 minutos, Wilson Mano abriu o placar para o Corinthians no Morumbi. Entretanto, Cerezo, aos 26 minutos, empatou. Aos 11 minutos do segundo tempo Macedo virou e colocou pressão no Coringão.

Atrás do placar, o técnico Jair Pereira contou com o talismã Tupazinho, que entrou na vaga de Zé Elias, para empatar o placar aos 20 minutos. Cinco minutos depois, Marcelinho fez o terceiro do Timão. O Santos voltaria a empatar a partida aos 25 minutos, em gol de Neizinho. O 3 a 3 deixou o jogo eletrizante e muito aberto com as equipes buscando o gol da vitória.

Mais inteiro em campo, o Corinthians definiu o jogo nos minutos finais. Viola, aos 37 minutos virou mais uma vez a partida, 4x3. Aos 41, Marques marcou o quinto gol corinthiano. Viola, aos 46, faria o segundo gol no jogo, o sexto do Timão e transformaria em goleada o que caminhava para um empate. Corinthians 6x3 Santos e uma enorme vantagem para o segundo jogo.


Melhores momentos do famoso 6 a 3

A partida decisiva aconteceu dois dias depois também no Morumbi. Com a necessidade do resultado, o Santos partiu com tudo para cima e abriu o placar logo aos 8 minutos com Demétrius. Porém, em cobrança de falta cheia de efeito e força, Gralak empatou a partida aos 21 minutos. Daí para frente, o Timão administrou o resultado, levantou a taça e comemorou com os mais de 20 mil torcedores presentes.

Classificado para a Copa do Brasil, o Timão ainda seria vice-campeão do Brasileirão em 1994. Já em 1995, conquistaria o Paulistão e a primeira Copa do Brasil da história do clube em cima do Grêmio, em uma final que também foi histórica.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações