sexta-feira, 12 de maio de 2017

Série C 2017 - 20 times em busca do acesso

Por Victor de Andrade e Rodrigo Sturaro

Clique no mapa para visualizá-lo em alta definição

Além das Séries A e B, começa também neste fim de semana, mais precisamente sábado, dia 13, o Campeonato Brasileiro da Série C de 2017, com a presença de 20 equipes de todas as regiões do país. O objetivo: uma das quatro vagas de acesso para a Série B de 2018 e, depois, o título da competição, que no ano passado ficou com o Boa Esporte.

O regulamente da Série C é o mesmo desde 2012: na primeira fase, são formados dois grupos de 10 times cada, que se enfrentam, em turno e returno, na mesma chave. As quatro primeiras colocadas de cada grupo vão para o mata-mata. As quartas definem os acessos. Por outro lado, os dois últimos colocados de cada chave na primeira fase vão para a Série D de 2018.

Confira aqui a tabela completa da competição e abaixo os clubes participantes.

GRUPO A

ASA-AL


Oitavo colocado da Série C de 2016, chegando no mata-mata e perdendo o acesso para o Guarani, o ASA quer fazer um grande campeonato neste ano. A equipe, que caiu na semifinal do alagoano, encara na estreia o rival estadual, CSA, em jogo que será realizado no Estádio Rei Pelé, em Maceió. O técnico Maurílio Silva recebeu alguns reforços para a competição, entre eles o zagueiro Mauro Viana (foto).


Botafogo-PB


O Belo quer ter melhor sorte na Série C de 2017. Recém campeão paraibano, o Botafogo bateu na trave do acesso na competição no ano passado, ficando em quinto lugar. Para reforçar o elenco, a diretoria trabalhou e trouxe o volante Magno, ex-Campinense, e o meia Cleyto, ex-CSA (veja na foto a apresentação dos dois atletas). O time de João Pessoa estreia em casa contra o Cuiabá.


Confiança-SE


Depois da má campanha na Série C do ano passado, onde chegou a 'namorar' o rebaixamento, o Confiança teve um bom início de ano, que culminou com a conquista do seu 21º título estadual da história. O clube também trabalhou para reforçar a equipe para a disputa da competição nacional e trouxe o atacante Léo Ceará e o meia Tiquinho (confira foto da apresentação de ambos).


CSA-AL


O CSA voltou à Série C do Campeonato Brasileiro após o vice campeonato no quarto estágio do futebol nacional no ano passado. O Azulão quer aproveitar o embalo e conquistar mais um acesso em 2017. Um dos destaques do time alagoano, que estreia na competição no confronto regional contra o ASA, é o experiente Rosinei (foto), ex-Corinthians e Atlético Mineiro.


Cuiabá-MT



Campeão mato-grossense de 2017, o Cuiabá espera manter a boa fase e buscar o tão sonhado acesso à Série B, onde o rival estadual Luverdense joga há alguns anos. Comandado pelo experiente Roberto Fonseca (foto), o Peixe Dourado, que foi o 12º colocado na Série C do ano passado, manteve a base que conquistou a taça.


Fortaleza-CE


Quartas de final é uma expressão que o torcedor do Tricolor de Aço tem pavor de ouvir. Nos últimos anos, o Fortaleza vem decepcionando justamente nesta fase da competição. Para mudar esta sina e, finalmente, conquistar o tão sonhando acesso, o treinador Paulo Bonamigo (foto) espera que a equipe encare a Série C com muita vontade. O que pode atrapalhar é a eleição no clube dia 10 de junho, podendo acarretar em mudanças no meio da competição.


Moto Club-MA


Quarto colocado na Série D de 2016 e, com isso, conquistando o acesso para a C deste ano, o Moto Club tem dois motivos para ir bem na competição: o primeiro é subir novamente e o outro vencer os dois clássicos contra o Sampaio Corrêa (inclusive, um deles é a estreia), principal rival, que caiu da B. Entre os reforços, o volante Diego Oliveira (foto), que fez um bom Campeonato Mineiro pela URT.


Remo-PA


O Remo espera fazer uma boa Série C, depois de ter ficado na porta da classificação para o mata-mata na última rodada no torneio do ano passado, por apenas um ponto não passou de fase. Para 2017, o clube reforçou o elenco, que não foi muito bem no Paraense e, com isso, está dando trabalho para o treinador Josué Teixeira (foto), que não teve tempo para entrosar a equipe.


Salgueiro-PE


O Carcará começou bem o ano de 2017 e espera seguir com a boa fase na Série C. Finalista do Pernambucano, contra o Sport (decisão esta que ainda terá o segundo jogo), o Salgueiro já está se preparando para a Série C e trouxe alguns reforços, como o atacante Piauí, o meia-atacante Diogo Peixoto, que estava no Uberlândia; o volante Diego Aragão, que defendeu o Carcará em 2016 e disputou o campeonato Baiano pelo Vitória da Conquista.


Sampaio Corrêa-MA


Depois de um bom 2015, onde chegou a sonhar com o acesso para a Série A do Brasileiro, o Sampaio Corrêa teve um 2016 para esquecer, que culminou com o rebaixamento à C. Para a competição, onde estreia no clássico contra o Moto Club, o treinador Francisco Diá (foto) aposta em caras novas no setor ofensivo, sendo que os meias Marlon e Fernando Sobral e o atacante Célio são as novidades da equipe.


GRUPO B

Botafogo-SP


Eliminado nas oitavas de final da Série C de 2016, quando foi derrotado pelo ABC, o Botafogo esperar conquistar o acesso nesta temporada. A equipe do técnico Rodrigo Fonseca recebeu diversos reforços, como Morais (ex-Corinthians - foto), Mario (ex-Bahia) e Gladstone (ex-Cruzeiro). A estreia da Pantera será diante do Bragantino, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.


Bragantino-SP


A campanha ruim na Série B do ano passado culminou com a queda do Bragantino para a Série C. Neste ano, o cenário parece ser de alegria para o torcedor do Massa Bruta, já que a equipe conseguiu o acesso para a Série A-1 do Paulista. O técnico Alberto Félix terá a sua disposição a base vice-campeã da A-2, porém sem o artilheiro Rafael Grampola, que não aceitou a proposta de renovação de contrato. O Bragantino estreia diante do Botafogo, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.


Joinville-SC


Rebaixamento não é uma palavra agradável, ainda mais para o torcedor do Joinville. Depois de duas quedas seguidas, o time catarinense saiu da Série A e foi para na C do futebol brasileiro. Para reverter a situação e fazer uma boa competição, o JEC conta com a experiência do volante Renan Ribeiro (foto), ex-São Paulo, para que o clube volte a figurar nas divisões de cima do futebol brasileiro.


Macaé-RJ


O Macaé confirmou quase um time inteiro de reforços para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro. No total, sete novos jogadores tiveram os seus nomes publicados no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. São eles: o goleiro Henrique, que já atuou pelo clube, o zagueiro Athyla, ex-Vasco, os meias Otinho e Igor, que estavam no Galícia-BA, o meia Léo Henrique, ex-Santa Cruz de Natal, o meia-atacante Donavan, que foi revelado pelo próprio Leão, e o atacante Cláudio Maradona (foto), ex-São José-RS e que já teve passagem pelo clube.


Mogi Mirim-SP


A sétima colocação do Grupo B em 2016 foi suficiente para o Mogi Mirim se manter na Série C. Entretanto, a situação neste ano é bem complicada, já que o clube não conseguiu acertar uma parceria com o Audax e agora corre contra o tempo para montar o elenco. Um W.O logo na primeira partida diante do São Bento ainda não está totalmente descartada. Dentro de campo, o técnico interino Mário Junior (foto) deverá contar com atletas da categoria de base para a estreia da competição.


São Bento-SP


Semifinalista da Série D em 2016, o São Bento quer continuar em ascensão dentro do cenário nacional. Comandando por Paulo Roberto, a equipe vem conquistando grandes resultados e agora sonha com o acesso para a Série B. A estreia diante do Mogi Mirim está marcada para a cidade de Osasco, mas existe risco de W.O por parte do adversário. O goleiro Fábio e o lateral-esquerdo Matheus Müller (foto) foram emprestados pelo Palmeiras para reforçar o Azulão.


Tombense-MG


Em 2016, o Tombense foi o nono colocado na Série C e, por muito pouco, não chegou ao mata-mata da competição. O time da pequena cidade de Tombos, em Minas Gerais, quer chegar mais longe neste ano e reforçou a equipe, que fez uma campanha mediana no estadual. Entre os contratados, está o meia Everton (foto), que foi emprestado pelo Vila Nova de Goiás.


Tupi-MG


Depois de um ano na Série B, onde fez péssima campanha e foi rebaixado, o Tupi está de volta ao terceiro escalão do futebol brasileiro. O técnico Airton Ferraz espera levar o time de Juiz de Fora de volta à divisão que jogou em 2016. Para isto, ele conta com Marcão (na foto, o jogador do lado esquerdo), que veio do potiguar Alecrim, e espera ter uma boa passagem pelo clube.


Volta Redonda-RJ


Motivado pelo título da Série D em 2016, o Volta Redonda chega com grandes pretensões para esta temporada. Logo na estreia, diante do Macaé, a diretoria promete fazer promoção para lotar o estádio Raulino de Oliveira. O técnico Felipe Surian pediu a contratação de um centroavante e a diretoria trouxe Adriano (Ex-Vasco e Internacional), que estava no Nova Iguaçu. Um dos destaques do elenco é o meia Marcelo (foto), considerado um dos melhores da posição no Carioca deste ano.


Ypiranga-RS


Recuperação! Esta é a palavra de ordem no Ypiranga de Erechim. Depois do inesperado rebaixamento no Gauchão, o Canário sulista espera fazer um papel totalmente diferente na Série C e mostrar um bom futebol. Entre as contratações, destaque para o meia Wiliam Kozlowski (foto), que estava no Cruzeiro de Porto Alegre.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações