terça-feira, 23 de maio de 2017

Ituano – O campeão do Paulistão de 2002

Por Lucas Paes

O Ituano, campeão paulista de 2002, na final do Supercampeonato

O Ituano é o time do interior paulista com mais conquistas estaduais, possuindo um total de duas. O Galo conquistou recentemente a segunda taça, vencendo o Santos, dentro do Pacaembu lotado, nos pênaltis, em 2014. Mas, este post recordará uma outra ocasião, o título conquistado em 2002, numa competição onde só as equipes do interior jogaram.

Naquela edição, estiveram ausentes os quatro grandes, a Lusa, a Ponte Preta, o Guarani, o Paulista de Jundiaí (na época Etti Jundiaí) e o São Caetano. Porém, todos os participantes tinham um certo nome, jogavam o América de São José do Rio Preto, o Botafogo de Ribeirão Preto, a Inter de Limeira, o Juventus, a Matonense, o Mogi Mirim, o Rio Branco, o Santo André, a Portuguesa Santista e as Uniões São João e Barbarense. 

O fato de serem só times interioranos, porém, não diminui o feito do Galo de Itu. Com um time que tinha alguns nomes que fariam sucesso pelo país depois, como o volante Pierre, o lateral Lúcio, que depois jogaria no Palmeiras, e Basílio, veterano atacante que dois anos depois seria importante no título brasileiro do Santos. Além deles, atletas da casa, como o capitão Vinicius e o goleiro André Luiz, que defendeu por muitos anos o clube de Itu.

O atacante Basílio foi um dos destaques da equipe

O torneio foi disputado em dois turnos, com todas as equipes se enfrentando, sendo o campeão o time que somasse mais pontos. O Ituano terminou na primeira posição, apenas um ponto a frente do União São João, de ataque avassalador e vice-campeão da competição. Foram onze vitórias, sete empates e quatro derrotas, totalizando 40 pontos. O ataque marcou 37 gols, sendo que a defesa sofreu 26. O vice-campeão de Araras fez 49 gols. O artilheiro do Ituano na competição foi Fernando Gaúcho, que marcou 8 gols. 

Por muito pouco, aquele campeonato não ficou com o União São João. Na penúltima rodada, em Itu, houve um confronto direto entre as duas equipes. A diretoria do Ituano preparou a festa do título, com Chopp e tudo mais, até o empate favorecia o Ituano. Só que o time de Araras frustrou a festa antecipada e venceu por 1 a 0 dentro do Novelli Júnior.

Na rodada seguinte, o Ituano precisava vencer o América, em São José do Rio Preto, para evitar um trágico vice-campeonato. O jogo foi tenso, só aos 40 minutos da etapa final, Silvinho fez o gol que definiu o primeiro título estadual da história do time de Itu.

Este time ainda chegou na final do Supercampeonato Paulista, com a presença dos grandes, perdendo a decisão para o São Paulo. No ano seguinte, o Ituano conquistou o Campeonato Brasileiro da Série C. Já em 2014, o Galo repetiu a dose e conquistou o Paulistão novamente.

Foi uma bela campanha do Galo

Campanha do Ituano

Juventus 2x2 Ituano
Ituano 3x2 Matonense
União Barbarense 1x1 Ituano
Ituano 1x0 Santo André
Mogi Mirim 1x1 Ituano
Ituano 1x1 Inter de Limeira
Ituano 2x1 Portuguesa Santista
Rio Branco 2x0 Ituano
Ituano 3x1 Botafogo
União São João 4x3 Ituano
Ituano 3x1 América
Ituano 4x2 Juventus
Matonense 0x1 Ituano
Ituano 1x1 União Barbarense
Santo André 1x1 Ituano
Ituano 2x2 Mogi Mirim
Inter de Limeira 1x0 Ituano
Portuguesa Santista 0x3 Ituano
Ituano 2x1 Rio Branco
Ituano 0x1 União São João
América 0x1 Ituano
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações