terça-feira, 2 de maio de 2017

"Campinas FC" - A seleção campineira da Placar em 1978

Carlos, Oscar, Mauro, Polozzi, Zé Carlos e Odirlei, em pé
Lúcio, Renato, Careca, Zenon e Tuta, agachados

Final da década de 70. A cidade de Campinas era uma espécie de novo pólo do futebol brasileiro. As duas equipes da cidade passaram a fazer boas campanhas nos campeonatos em que disputavam e incomodavam os grandes clubes do futebol. Além disso, jogadores de ambos os times eram convocados para a Seleção. Sim, Guarani e Ponte Preta eram sensações.

A Ponte Preta havia sido vice-campeã paulista em 1977. O Guarani ganhou o Brasileirão de 1978. Com isso, a Revista Placar, em uma edição de 1978, resolveu fazer uma matéria especial com as duas equipes intitulada "Campinas FC, um time irresistível". Nada mais era do que juntar os melhores jogadores de cada equipe e montar uma verdadeira seleção campineira.

E não era só isso. Os jogadores se juntaram, cada um com a camisa de sua equipe, e fizeram uma foto histórica, com a cidade de Campinas de fundo. Carlos, Oscar, Mauro, Polozzi, Zé Carlos e Odirlei, em pé; Lúcio, Renato, Careca, Zenon e Tuta, agachados, formavam o fictício time campineiro, que seria um timaço.

O título da matéria da Revista Placar

O sucesso de ambas as equipes continuou nos anos seguintes. A Ponte Preta foi vice estadual em 1979 (eliminando o rival Guarani na semi) e 1981, além de um terceiro lugar no Brasileirão daquele ano. Já o Guarani alcançou várias semifinais paulistas e ainda foi terceiro colocado no nacional de 1982. Depois dessa era, as duas equipes viveram altos e baixos e, atualmente, a Macaca está em uma situação melhor que o seu rival.

Uma curiosidade: um dos membros do tal "Campinas FC", o centroavante Careca, montou, anos depois, um time de futebol junto com outro atacante, Edmar, com o mesmo nome da equipe fictícia de placar. Esta agremiação disputou competições da Federação Paulista entre o final da década de 90 e o início dos anos 2000 até ser vendido para um empresário, que levou o clube para Barueri, com o nome de Sport. Este time encontra-se licenciado atualmente.

Outra curiosidade: em 2001, a Placar repetiu a dose, só que com a cidade de Caxias do Sul. O Juventude, que tinha o apoio da Parmalat, havia conquistado o Gauchão de 1998 e a Copa do Brasil de 1999; e o Caxias havia ganho o estadual de 2000. Então, nos mesmos moldes, a revista fez uma matéria semelhante.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações