sexta-feira, 12 de maio de 2017

A bola vai rolar pelo Brasileirão 2017

Por Lucas Paes 

Clique no mapa para visualizá-lo em alta definição

Neste fim de semana, terá início mais uma edição do Campeonato Brasileiro de Futebol da Série A, mais uma vez com o Naming Rights da Chevrolet (Brasileirão Chevrolet). São 20 clubes brigando pelo título, vagas na Libertadores, vaga na Sul-Americana e fugindo do fantasma do rebaixamento. 

O regulamento se mantém o mesmo dos últimos anos: os times jogam contra si em dois turnos, com a equipe com mais pontos sendo campeã. Serão seis classificados para a Libertadores e quatro rebaixados. 

Confira a tabela completa da competição aqui e veja os participantes do Brasileirão, que tem o Palmeiras como atual campeão. 

Atlético – GO


Apesar da espetacular campanha na Série B ano passado, que terminou com o título, o Dragão vem para esse Brasileirão para evitar a queda. Da última vez que subiu, a equipe goiana conseguiu ficar três anos na Série A, porém, depois da queda, fez campanhas variadas na segundona, tendo passado perto do rebaixamento em 2013. Os grandes destaques da equipe são o atacante Walter (foto) e o meia Jorginho. 


Atlético – MG


Favorito ao título, o Galo vem de campanhas boas nos últimos campeonatos, ficando na quarta colocação no último certame. Os mineiros têm um dos melhores elencos da competição, destacando-se sua parte ofensiva lotada de excelentes jogadores, como Robinho (foto), Cazares, e o artilheiro Fred. Com Roger Machado, a equipe vem se acertando e promete vir forte para o Brasileirão, tendo ganhado o Mineiro em cima do Cruzeiro. 


Atlético – PR


Derrotado na final do estadual para o arquirrival Coritiba, o Furacão ainda segue na Libertadores, onde está em um grupo bastante equilibrado ao lado do Flamengo. Os rubro-negros continuam com uma base razoável, tendo seu destaque no goleiro Weverton, campeão olímpico no ano passado. Vindo de campanhas tranquilas, o Atlético não deve sofrer e pode sim beliscar, outra vez, uma vaga na Libertadores. 


Avaí – SC


A equipe de Florianópolis é um dos maiores exemplos de “time ioiô” no Brasil nos últimos anos (perdendo provavelmente para o rival Figueirense). Porém, o Leão da Ressacada ficou entre 2011 e 2015 sem jogar a primeira divisão, caindo no ano que voltou. Buscando evitar outra queda, a equipe bicolor terá dificuldades para não ser rebaixada outra vez. Os principais destaques da equipe são o meia Marquinhos e o zagueiro Betão (foto).


Bahia – BA


A volta do Esquadrão de Aço é uma das boas novidades nessa edição do Brasileirão, porém a tradicional equipe nordestina terá que penar para se manter na Série A. Entre os destaques dos tricolores estão o atacante Hernane Brocador e os meias Allione (foto), ex-Palmeiras, e Régis. A equipe foi vice-campeã estadual, perdendo o título para o rival Vitória.


Botafogo – RJ


Cotado para ser rebaixado no ano passado, depois de viver uma das maiores (se não a maior) crises de sua história, o Glorioso reagiu no segundo turno e faz boa campanha na fase de grupos da Libertadores, surpreendendo pelo bom trabalho de Jair Ventura. Mesmo sem ter um grande elenco, o Fogão não deve sofrer em 2017 e quem sabe pode buscar outra vez o G6. Entre os destaques, chamam a atenção a dupla de goleiros Jefferson e Gatito Fernandez e o bom volante Airton (foto). Se jogar, Montillo também é um dos grandes jogadores do time, mas tem sido atrapalhado por lesões. 


Chapecoense – SC


Já sendo uma equipe bastante simpática antes da tragédia ocorrida ano passado, a queda do avião na Colômbia tornou a Chape o time mais querido do país. O acidente, porém, vitimou boa parte da já entrosada equipe alviverde, o que era o grande trunfo do time. Ainda assim, diante da boa direção que segue tendo competência e de um elenco que, montado as pressas, foi aguerrido o suficiente para conquistar o estadual, os Condás entram inicialmente pensando em evitar a queda, porém podem até fazer uma campanha mais confortável. Entre os destaques, temos o lateral Reinaldo, o volante Luiz Antônio e o atacante Rossi (foto). 


Corinthians – SP


Considerada a quarta força de São Paulo no começo do ano, o Coringão se superou e calou muitos críticos. Contando com um bom trabalho de Fábio Carille, o Timão ganhou o Campeonato Paulista fazendo uma partidaça contra a Ponte Preta, em Campinas, e recentemente venceu bem a Universidad de Chile, dentro do Nacional de Santiago. Inicialmente, pensa-se que o Corinthians é time para meio de tabela, mas o trabalho de Carille credencia o Timão a buscar o G6. Entre os destaques da equipe, temos os meias Jadson, que estava no timaço campeão de 2015, e Rodriguinho, crescendo exponencialmente de nível, além do decisivo atacante Jô (foto). 


Coritiba – PR


Vindo de campanhas sofridas nos últimos anos, o campeão paranaense chega outra vez pensando em não cair. O Coxa tem no goleiro Wilson, um dos melhores da posição no país e no atacante Kleber os seus grandes destaques. Recentemente, recebeu o reforço do atacante Alecsandro, ex-jogador do Palmeiras (na foto, com o pai, Lela, campeão brasileiro com o Coxa em 1985). 


Cruzeiro – MG


Bicampeão em 2013 e 2014, o Cruzeiro vem de duas campanhas abaixo do nome que possui. Esse ano, porém, a equipe celeste se reforçou com nomes como Thiago Neves, além de ter na sua área técnica o tarimbado Mano Menezes. Porém, a recente derrota no estadual, somada a vexatória eliminação para o Nacional do Paraguai na Sul-Americana, tornam o momento do time ruim. Entre os destaques temos os meias Arrascaeta (foto) e Thiago Neves. 


Flamengo – RJ


Cada vez com menos dividas e sendo bem administrado como poucas vezes em sua história, o Mengão montou um grande elenco para esta temporada. Fazendo boa campanha na Libertadores e tendo ganho o Campeonato Carioca, o prospecto para os flamenguistas é ótimo. Entrando como um dos favoritos ao título. Entre os destaques do time, temos o matador centro-avante Guerrero, vivendo grande fase, o meia Diego, que faz falta no time, após se lesionar e o volante Willian Arão (foto), vivendo ótima fase. 


Fluminense – RJ


Vice no estadual, o Flu terminou o Brasileirão do ano passado rebaixando o Internacional, com um empate por 1 a 1. Neste ano, os tricolores tiveram momentos de bom futebol, mas também sofreram com alguma instabilidade. O trabalho de Abel Braga, porém, tem reestruturado a equipe. Além disso, o Fluzão manteve o excelente Gustavo Scarpa (foto). Além dele, se destacam os meio campistas estrangeiros Sornoza e Orejuela. O time deve brigar por G6. 


Grêmio – RS


Outro que deve brigar por G6, o Grêmio conquistou o título da Copa do Brasil no ano passado, em grandíssima atuação contra o Atlético Mineiro e faz campanha tranquila na Libertadores. Mantendo boa parte da base campeã e trazendo alguns bons reforços, o Imortal tem tudo para fazer boa campanha no Brasileirão. Entre os destaques temos o atacante Lucas Barrios, que vive fase artilheira no tricolor gaúcho, o zagueiro Pedro Geromel, um dos melhores da posição no país e o atacante Luan. 


Palmeiras – SP


Tendo o melhor elenco do Brasil disparado, o Palmeiras entra nessa edição do Campeonato Brasileiro como candidato ao bi. O elenco fortíssimo, somado a volta do treinador Cuca, tornam o time o principal favorito ao título, porém a Libertadores e um provável avanço na competição, podem fazer com que o Palmeiras tenha desvios cruciais de atenção que lhe custem o décimo (ou quinto, decida-se leitor) titulo brasileiro. Entre os vários destaques do time, temos Dudu, Mina, Fernando Prass e Tchê Tchê (foto). 


Ponte Preta – SP


O recente vice-campeonato estadual doeu para a Macaca, que tinha grandes esperanças de levar a Taça, mas a Ponte tem um time bom e pode fazer campanha razoável no Brasileiro. Entre os destaques dos pontepretanos, que tiveram a perda de Willian Pottker para o Internacional, temos o recém-chegado Emerson Sheik, o atacante Clayson e o volante Fernando Bob (foto). 


Santos – SP


Atual vice-campeão nacional, o Santos trouxe alguns reforços para o elenco em 2017. A perda de Gabigol, que vive péssima fase na Internazionale, afetou o time, mas o Alvinegro Praiano tem um elenco que tem condições de, no mínimo, fazer uma campanha razoável no campeonato e brigar por G6. O time sofre com a cobrança do torcedor, já que está há 13 anos sem conquistar o titulo brasileiro. Os destaques da equipe são o meia Lucas Lima (foto), os atacantes Ricardo Oliveira e Vitor Bueno. 


São Paulo-SP


Entrando no Brasileirão com a moral baixa, devido a mais um vexame num mata-mata, desta vez a eliminação pra o Defensa y Justicia da Argentina em casa, os comandados de Rogério Ceni vivem péssimo momento e a pressão cresce sobre o maior ídolo da história do clube. O elenco tricolor tem suas carências e o time tem pago um preço alto e longo pelos desmandos administrativos. A equipe montada é suficiente para uma campanha de briga pelo G6, mas o contexto assusta o torcedor são paulino e traz dores de cabeça com o Z4. Entre os destaques temos o meia peruano Cueva (foto), o centro-avante Lucas Pratto e o zagueiro Rodrigo Caio. 


Sport-PE


O time de melhor orçamento do Nordeste, os rubro-negros fizeram um grande campeonato em 2015, porém decepcionaram ano passado. O Leão tem um time suficiente para escapar com certa tranquilidade do descenso. Classificou-se com um drama necessário na Copa Sul-Americana, com uma vitória nos pênaltis sobre o Danubio do Uruguai, após perder uma vantagem de 3 a 0. Entre os destaques temos o meia Diego Souza, grande jogador da equipe, o goleiro Magrão (foto) e o volante Rithely. 


Vasco-RJ


Recém-retornado da Série B, o Cruzmaltino sofre ainda com os problemas da gestão Eurico Miranda. Por isso, a prioridade vascaína será escapar do rebaixamento. Apesar da equipe ter melhorado com relação a rebaixada em 2015, o time vascaíno ainda passa longe de dar confiança ao torcedor. Os destaques são o goleiro Martin Silva, o meia Nenê (foto), melhor jogador alvinegro há 2 anos e o volante Dougas. O atacante Luis Fabiano, grande contratação do clube para 2017, ainda não mostrou a grande forma de outros tempos. 


Vitória-BA


Outro dos times campeões estaduais na Série A, o rubro-negro baiano chega com desconfiança da torcida. Apesar de montar um elenco com bons nomes, como Cleiton Xavier e André Lima, o time ainda não engrenou. Além disso, o treinador Argel Fucks foi demitido pouco antes do título baiano. Os destaques são Fernando Miguel, ótimo goleiro que já provou seu valor ano passado, o volante Willian Farias (foto) e o já citado Cleiton Xavier.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações