sexta-feira, 14 de abril de 2017

Benfica 2 x 5 Santos FC - Em 1962, uma aula de Futebol

O time que dominu o mundo e foi campeão mundial em 1962

Gylmar; Olavo, Mauro, Calvet e Dalmo; Zito e Lima; Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe, com Lula como treinador. Essa é a escalação do time que fez uma das maiores apresentações da história do futebol mundial uma verdadeira aula! E não foi contra um time qualquer. Do outro lado tinha apenas o Benfica de Eusébio.

Era 11 de outubro de 1962. Benfica e Santos entravam no gramado do Estádio da Luz, em Lisboa, capital de Portugal, para o segundo jogo da decisão da Copa Intercontinental, conhecido na época como Mundial de Clubes. Na primeira partida, realizada em 19 de setembro daquele ano, no Maracanã, o Peixe havia vencido os portugueses por 3 a 2.

Apesar da derrota no jogo de ida, os benfiquistas estavam confiantes. Diziam que o time de Eusébio e companhia era invencível no Estádio da Luz e já estavam até vendendo ingressos para o possível terceiro jogo desempate, que seria realizado em Lisboa, caso o Benfica vencesse a segunda partida. Isto irritou os jogadores do Santos e a resposta, como vocês poderão perceber logo abaixo, veio dentro de campo.


Quem assistiu afirma: foi uma verdadeira aula de como se joga futebol. O Santos iniciou o jogo com suas feras trabalhando a bola e já colocando o Benfica 'na roda'. Aí começou o verdadeiro rolo compressor: Pelé, aos 15 minutos, abre o marcador para o Peixe. Aos 25', o Rei do Futebol, fazendo jus à alcunha, marca o segundo e o Santos vai para o intervalo vencendo por 'apenas' 2 a 0.

Na segunda etapa, aquele time vestindo um uniforme todo branco não diminuiu o ritmo. Coutinho, aos 3 minutos, faz o terceiro. Pelé, novamente, marca o quarto aos 19'. Para completar, Pepe, aos 32', faz o quinto. O Estádio da Luz inteiro fica em silêncio, admirando as jogadas daquele time que assombrava o mundo. Era o grande Santos Futebol Clube.

No final, o time brasileiro tirou o pé, literalmente, e o Benfica pôde diminuir a contagem com Eusébio, aos 40', e Santana, aos 44'. Final de jogo no Estádio da Luz, em Lisboa: Benfica 2, Santos FC 5 e o Peixe conquistava o seu primeiro mundial.

Mais importante do que a taça foi o que ficou para a história. Todos os jogadores daquele dia, em Lisboa, são unânimes em dizer que aquela foi a maior apresentação daquele time que marcou época no futebol mundial. Aquela equipe que tinha o Rei e grandes súditos. Aquele time que muitos consideram o melhor de toda a história.

Uma aula de Futebol

Ficha Técnica
BENFICA 2 x 5 SANTOS FC

Data: 11 de Outubro de 1962
Local: Estádio da Luz (Lisboa)
Público: 73.000
Árbitro: Pierre Schwinte (França)

Gols
Santos FC: Pelé aos 15’e aos 25’ do primeiro tempo e aos 19' do segundo. Coutinho, aos 3’, e Pepe, aos 32' do segundo tempo.
Benfica: Eusébio, aos 40’, e Santana, aos 44 do segunto tempo’.

Benfica: Costa Pereira; Jacinto, Humberto, Raul e Cruz; Cavem e José Augusto; Eusébio, Coluna e Simões - Técnico: Fernando Riera.

Santos FC: Gilmar; Mauro, Dalmo, Olavo e Calvet; Zito, Dorval e Lima; Coutinho, Pelé e Pepe -  Técnico: Lula.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Total de visualizações