Em 1997, Santos conquistava o Torneio Rio-São Paulo

Em uma época escassa de títulos, o Santos comemorou muito a conquista do Rio-São Paulo

Em 1997, o Santos FC conquistava o seu quinto Torneio Rio-São Paulo, em pleno Maracanã, no dia 6 de fevereiro, depois de empatar o segundo jogo da final diante do Flamengo-RJ. O Alvinegro Praiano quebrou naquela noite de 6 de fevereiro de 1997 um jejum de 13 anos sem um título, algo que não acontecia desde o Campeonato Paulista de 1984. A taça da competição foi a quinta conquistada pela equipe, que já havia vencido as edições de 1959, 1963, 1964 e 1966 do torneio.

O Torneio Rio-São Paulo de 1997 foi disputado totalmente em formato de mata-mata, com jogos de ida e volta entra as equipes, começando já nas quartas de final. Os quatro grandes dos dois estados estavam na competição, que era promovida pelo Sistema Brasileiro de Televisão (SBT), junto com as duas federações.

A competição apresentava algumas novidades: a principal delas era o limite de faltas. Se uma equipe cometesse 15 faltas, teria contra o um tiro livre direto da meia lua da área. Também havia o limite de faltas por jogador, que podia cometer até cinco infrações. Também não tem como esquecer do tempo técnico, também utilizado no Campeonato Paulista.

Jogadores experientes comemorando o título

O Santos teve como seu primeiro adversário o Vasco da Gama-RJ. A primeira partida daquela campanha foi disputada no Morumbi e o confronto acabou empatado por 2 a 2, gols marcados por Carlinhos e Vagner para o Santos e Ramón, duas vezes, para o Vasco. Com a igualdade no placar a decisão ficou para o estádio de São Januário, no Rio de Janeiro.

Na casa do Vasco a história se repetiu e mais uma vez o duelo terminou empatado, dessa vez por 3 a 3. Como o regulamento não previa vantagem por gols marcados fora de casa, a decisão se encaminhou para os pênaltis onde brilhou a estrela do goleiro santista Zetti que defendeu duas cobranças e garantiu o Santos nas semifinais.

Na fase seguinte do torneio o Santos teria pela frente um clássico. Brigando por uma vaga na final, a equipe precisava passar pelo forte time do Palmeiras que contava com estrelas como Cafu, Djalminha, Rincón e Luizão. E logo na partida de ida, no Parque Antártica, a equipe já deu mostras do porque se tornaria o campeão daquela edição. Com gols de Baiano, Marcos Assunção e Robert, o Alvinegro Praiano foi para o segundo jogo com uma vantagem de 3 a 1 no placar. Na partida da volta, mesmo com a derrota por 1 a 0, o Santos garantiu um lugar na final diante do Flamengo-RJ.

Vídeo do título do Santos FC

A primeira partida da decisão que poderia tirar o Santos da fila de títulos foi no Morumbi. O público presente, de aproximadamente 25 mil pessoas, viu o Alvinegro Praiano com gols de Macedo e Alessandro garantir um 2 a 1 para o confronto derradeiro que aconteceria no Maracanã.

O palco para a partida de volta não poderia ser melhor: o maior estádio do futebol brasileiro, cerca de 70 mil presentes e a esperança de com um empate garantir o título que encerraria o jejum de conquistas santistas. O duelo foi eletrizante, como uma final daquelas merecia. Mesmo com a pressão da torcida rubro-negra, o Santos saiu na frente do placar. Logo aos seis minutos do primeiro tempo, Anderson marcou o primeiro gol da partida, deixando o Alvinegro em vantagem.

Jogando diante de seus torcedores, entretanto, o Flamengo não entregaria o título facilmente. O craque Romário, aos 37 minutos da primeira etapa, empataria o jogo. O mesmo Romário, 7 minutos depois, virou, encaminhando assim a decisão para os pênaltis.

O Santos precisava de apenas um empate para garantir o título e o gol salvador sairia dos pés de um jogador inesperado. Aos 32 minutos da etapa complementar, Juari que havia começado o jogo no banco de reservas, marcou para o Alvinegro aquele que seria o gol do título e calou o Maracanã lotado. O Santos encerrava ali seu jejum de títulos.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores, trazendo novidades e curiosidades do Futebol. Fale conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Total de Visualizações