domingo, 5 de fevereiro de 2017

Briosa empata com Rio Branco em Bragança

Texto e fotos: Victor de Andrade, direto de Bragança Paulista

O jogo foi disputado e terminou com o placar de 2 a 2

Em jogo de muita movimentação, a Portuguesa Santista chegou a estar duas vezes na frente do placar, na empatou com o Rio Branco em 2 a 2. A partida, válida pelo Campeonato Paulista da Série A-3 de 2017, foi realizada no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pois o time de Americana está cumprindo suspensão por problemas em jogo da Série A-2 do ano passado.

As duas equipes estrearam bem na competição. O Rio Branco goleou o Nacional, por 4 a 1, em São Paulo. Já a Briosa bateu o Marília por 3 a 1, em Ulrico Mursa. Por isso, todos esperavam um grande jogo.

O jogo começou movimentado, apesar do calor. Mas, a primeira chegada com perigo foi do time de Santos. Aos 14 minutos, Fernando cobrou falta pela direita, Lucas Lino desviou de cabeça, mas a bola foi para fora. Em seguida, foi a vez Carlão cabecear com perigo, após escanteio. Já o Rio Branco arriscava chutes de fora da área.

Comemoração do primeiro gol da partida

Aos 20', a Portuguesa abriu o marcador. Iran lançou Fernando pela direita, que foi até a linha de fundo e cruzou para Washington, que meio de barriga, meio de peito, balançou as redes do Nabi Abi Chedid: Briosa 1 a 0.

Mas a torcida Rubro Verde, que se fez presente, nem teve muito tempo para comemorar, já que três minutos depois, o Rio Branco empatou: Pedrão cortou a cobrança de escanteio dentro da área com o braço. Pênalti, que Julio Capergiane cobrou com perfeição. No placar, 1 a 1.

O jogo continuava com fortes emoções e a Briosa ficou novamente em vantagem no marcador aos 31'. Ricardinho lançou Fernando na direita, ele novamente foi até a linha de fundo e só rolou para Washington marcar o segundo dele na partida, o terceiro no campeonato. Portuguesa 2 a 1 e chegou a balançar as redes novamente, com Fernando, mas a arbitragem, erroneamente, anulou o gol por impedimento.

Gol de pênalti de Paulo Capergiane

Mas o Rio Branco não estava morto, apesar de os visitantes estarem melhor na partida. Aos 47', o Tigre de Americana chegou novamente ao empate: a zaga da Briosa 'dormiu no ponto' e deixou Julio Capergiane marcar o seu segundo na partida: 2 a 2 no escore e fim de primeiro tempo.

Se a primeira etapa foi movimentada, a segunda ficou mais truncada e com o Rio Branco passando a dominar as ações. O Tigre chegou com perigo aos 11 minutos, com Wallace Lima, que passou por Carlão e Sallinas, mas Fernando Hilário fez boa defesa. Aos 19', em cobrança de falta de Francisco Bismarque, quase que o Tigre vira o marcador.

A Briosa voltou a chegar com perigo aos 29', com Washington, e aos 40', com Lucas Lino, mas a partida foi perdendo ritmo, já que ambas as equipes cansaram, muito devido ao forte calor de Bragança Paulista. Com isso, o marcador ficou mesmo no 2 a 2.

As duas equipes foram a quatro pontos e jogam no meio de semana. O Rio Branco vai até Limeira, enfrentar a Internacional, às 20 horas, na terça-feira. No mesmo horário, só que na quarta, a Briosa recebe o Catanduvense, em Ulrico Mursa.

No segundo tempo, o Rio Branco teve mais posse de bola

Ficha Técnica

RIO BRANCO 2 X 2 PORTUGUESA SANTISTA

Data: 5 de fevereiro de 2017
Local: Estádio Nabi Abi Chedid - Bragança Paulista-SP
Público: 226 pagantes
Renda: R$ 3.790,00
Árbitro: Paulo Sergio dos Santos
Assistentes: William Rodrigues Deodato e Leandro Luís Raveli

Cartões Amarelos
Rio Branco: Heitor Keitá e Fabio Baiano
Portuguesa Santista: Carlão

Gols
Rio Branco: Julio Capergiane, aos 23' (pênalti) e aos 47' do primeiro tempo.
Portuguesa Santista: Washington, aos 20' e aos 31' do primeiro tempo.

Rio Branco: Ronaldo Lincoln; Matheus Mima (Jonathan Bispo), Rafael Rufino, Diogo Siqueira e Higor Keitá; Fabio Baiano, Francisco Bismarque e Tiago Silva; Wallace Lima (Ítalo Mezzaros), Wellington Valentim (Jonathan Bispo) e Julio Capergiane - Técnico: João Batista.

Portuguesa Santista: Fernando Hilário; Iran, Carlão, Victor Salinas e Tikinho; Pedrão (Ivan), Carlos Alberto (Jean Santos) e Ricardinho (Adiel); Lucas Lino, Washington e Fernando - Técnico: Ricardo Costa
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Total de visualizações