Paulista da Série A-2 de 2017 'pegará fogo'

Por Victor de Andrade, Lucas Paes, Giovanni Romão e Diego Dantas

(Clique no mapa para vê-lo em alta resolução)

Neste sábado, dia 28, a bola começa a rola pelo futebol profissional paulista. A Série A-2, que terá a sua primeira rodada realizada neste fim de semana, promete grandes jogos e boas disputas na guerra em busca das tão sonhadas duas vagas na elite de São Paulo em 2018.

Equipes com títulos importantes no futebol estadual e nacional, como Portuguesa, Guarani, São Caetano, Bragantino e Juventus vão para a disputa ao lado de times que querem conquistar o acesso. Por isto, o campeonato deste ano vai pegar fogo. Confira as novidades dos 20 clubes participantes da competição:

ÁGUA SANTA

Jorginho é o técnico do Netuno nesta temporada
(foto: divulgação ECAS)

Rebaixado no último Paulistão, o Água Santa entra nessa Série A-2 querendo voltar para a elite e conta com o apoio da sua torcida fanática para que isso aconteça. Clube marcado por sair do amadorismo e ter subido de forma meteórica da quarta para a primeira divisão, o Netuno do ABCD quer continuar sendo uma nova potência do futebol da grande São Paulo. Para 2017, o clube anunciou um pacotão de reforços: goleiro Omar (ex-Bragantino), lateral direito Paulo Henrique (ex-Linense), lateral esquerdo Julinho (ex-Cuiabá), meio campista Rafael Toledo (ex-São Caetano), zagueiro Rodrigo Sam (ex-Corinthians), Luizão (ex-Vasco), Marcelo (ex-Portuguesa), volante Jhonnathan (ex-Mirassol), Elias (ex-Criciúma), meia atacante Jader (ex-Paulista), atacante Robson Duarte (ex-Santo André), Romão (ex-Capivariano) e Danielzinho (que já teve passagem no clube). O treinador do clube para a Série A2 será o experiente Jorginho.


BARRETOS

Na preparação, elenco do Barretos recebeu a
visita de pacientes do Hospital do Câncer
(foto: divulgação (BEC)

Após dois acessos seguidos, o Barretos visou o acesso inédito para a Série A-1 na temporada passada e ele quase veio. O BEC chegou até as semifinais da A-2 de 2016, mas perdeu a decisão para o Santo André. Para esta temporada, o clube quer repetir o mesmo feito, mas dessa vez terminando com o acesso à elite. A principal novidade do clube fica por conta da implantação do sócio torcedor, mais uma fonte de receita para o clube durante a temporada. O time apresentou algumas novidades para a disputa, entre eles os atacantes Wesley (ex-Oeste), Marcelo Soares (ex-Comercial), Chuch (retornando ao clube), Tiago Cavalcanti, o zagueiro Rodrigo Sabiá e o meia Danilo Sacramento. O treinador será o Marcio Ribeiro.


BATATAIS

Batatais fez diversos jogos-treinos durante a pré temporada
(foto: Rogério Moroti / BFC)

Depois de 67 anos, o Batatais voltou a "namorar" com o acesso à Série A-1 do Paulista. Mas dessa vez, o Fantasma da Mogiana foi parado pelo Mirassol. No seu quarto ano seguido no segundo nível estadual, o Batatais vem embalado pelo desempenho na última temporada e pela brilhante campanha na Copa São Paulo de Futebol Junior desse ano, onde chegou até a final do certame. Apesar do foco ser totalmente na garotada do Fantasma, o Batatais também tem suas novidades para a disputa da Série A-2: o goleiro Diego Junior (ex-Independente e Rio Branco), os zagueiros Matheus Menezes (ex-Botafogo/RJ e América/RJ) e Mauricio Marinho (ex-Duque de Caxias) e o atacante Elton Martins (ex-Corinthians e Merida/ESP). Outros nomes: Biro Biro (ex-Bragantino), Paulinho (Ex-Jacutinga), Diego Luís (Ex-União Barbarense), Fabricio Lusa (Ex-Sergipe) Jackson (Ex-Velo Clube) e Ítalo (Ex-Vila Nova). O treinador será o Alexandre Ferreira.


BRAGANTINO

Treinamentos intensos no Nabi Abi Chedid
(foto: divulgação CAB)

O Massa Bruta está em declínio no futebol brasileiro. Em 2015, amargou a queda para a Série A-2 do Campeonato Paulista. Ano passado, mesmo com a boa campanha no estadual não conseguiu obter o acesso para a Série A-1. Já no Campeonato Brasileiro da Série B, o Braga sofreu com o rebaixamento, após nove anos consecutivos no segundo nível do futebol brasileiro. Para a este ano, o Bragantino manteve parte do elenco do segundo semestre de 2016 e realizou algumas contratações para compor elenco. Alguns nomes: o zagueiros Júnior Goiano (ex-Caldense) e Guilherme Mattis (ex-Vitória e em 2014 esteve no Bragantino), o lateral-esquerdo Revson (ex-Inter de Lages), o meia Rafael Chorão (ex-Caxias) e o atacante Adriano Paulista (que jogou a Série A2 de 2016 no Juventus/SP). Além das contratações, o Bragantino deve subir alguns jogadores do time da Copa São João, que fez uma ótima campanha no torneio, para ajudar o time na disputa do estadual. O treinador será o Alberto Félix.


CAPIVARIANO

Um dos testes de pré-temporada do Capivariano foi contra o Ituano
(foto: divulgação CFC)

Depois de dois anos na Série A-1, o Capivariano volta ao segundo estágio do futebol paulista, onde foi o campeão em 2014. Para voltar à elite do futebol paulista, o clube reformulou o seu elenco. Nos últimos dias, foram apresentados o zagueiro Rafael Rocha (ex-Oeste) e os atacantes Muller Fernandes (estava no Chipre) e Romarinho (ex-Juventude). Além deles, o elenco tem atualmente os goleiros Christofer Alves, Ygor Vinhas e Júlio César, os laterais Carlos Melo, Marrone, Oliveira e Praxedes, os zagueiros Douglas Josias, Gutierrez, Leandro Silva e Petterson, os volantes Corrêa, Gabriel Nunes, Jácio e Wigor, os meias Anderson Rosa, Bruno Sabiá, Davyson, Deco e Rafael Rato e os atacantes Deco, Jô, John Lima, Neto Costa e Taylon Correa. Além disso, jogadores do Sub-20, vice-campeão Paulista em 2016, podem ser aproveitados.


GUARANI

O experiente Fumagalli continua sendo um dos alicerces do Bugre

Tentando voltar à elite do futebol paulista, o Guarani, um dos times de camisa 'mais pesada' da Série A-2 de 2017 terá como base a equipe que conquistou o vice na Série C do Brasileirão de 2016. O técnico Ney da Matta vem escalando o time nos treinamentos com a seguinte formação: Luis Henrique; Lenon, Philipe Maia, Diego Jussani e Gilton; Escobar e Auremir; Braian Samudio, Fumagalli e Marcinho; Renato Henrique. Além disso, o clube espera que a torcida bugrina, que foi fundamental na reta final da Série C, continue apoiando a equipe e seja o 12º jogador quando o time jogar no Brinco de Ouro da Princesa.


JUVENTUS

Deola vai defender a meta do Moleque Travesso
(foto: Ale Vianna / CAJ)

O Juventus espera que o desempenho do time nesta temporada seja melhor que em 2016, quando a equipe não fez uma boa campanha na Série A-2, ficando no meio da tabela, e também não teve um desempenho satisfatório na Copa Paulista. No último sábado, o Moleque Travesso fez um jogo-treino contra a Portuguesa Santista, na Rua Javari, e ficou no empate em 1 a 1. O técnico Wilson Junior vai contar com o experiente goleiro Deola (ex-Palmeiras) e o centrovante Jorge Mauá, vice-artilheiro da Segunda Divisão Paulista pelo Mauaense. Além disso, o clube espera que o torcedor, que vem comparecendo em peso aos jogos em casa, apoie a equipe nesta temporada.


MOGI MIRIM

Marcelo Veiga fez os últimos ajustes na equipe
(foto: Marcelo Gotti / MMEC)

O Sapo teve um 2016 difícil. Com as indefinições sobre a direção do clube, principalmente após o abandono de Rivaldo, o Mogi Mirim caiu no Campeonato Paulista e ainda 'namorou' o rebaixamento na Série C do Brasileiro. Para 2017, o time será dirigido por Marcelo Veiga, que já teve diversas passagens pelo Bragantino, e apresentou algumas novidades, como o goleiro Poti (ex-Nacional-SP), o lateral-esquerdo Izaldo (ex-Náutico) e o atacante Elielton (ex-Guarani). Porém, o clube tem um problema: o Estádio Vail Chaves está interditado e o time fará a sua estreia, contra o Velo Clube, em Limeira.


OESTE

Rodolfo (com José Roberto Guimarães) é o novo goleiro do Oeste

Depois de um ano para esquecer, onde foi rebaixado no Paulistão e escapou da queda na Série B do Brasileirão depois de uma improvável vitória contra o Náutico, na Arena Pernambuco, o Oeste espera fazer um bom papel em 2017. Com a parceria com o Audax, que vai comandar o futebol do clube, e a impossibilidade de mandar os seus jogos em Itápolis, pois o Estádio dos Amaros está interditado, o Oeste adotou Barueri, na grande São Paulo, como sua sede. De 2016, apenas Mazinho (meia atacante) e Fábio (goleiro) ficam. Vieram para o novo elenco alguns jogadores conhecidos, como o goleiro Rodolfo e o atacante Tiago Aidan (ambos ex-Atlético Paranaense).


PENAPOLENSE

Edson Só volta ao Penapolense (foto: divulgação CAP)

O Penapolense vem treinando forte durante o período de preparação para a estréia na Série A-2. O treinador Edson Só (que também treinou a equipe na época da Série A-1) assumiu o time em novembro e desde então vem trabalhando sua equipe, inclusive com amistosos contra Marília e Matonense, nos quais a "Pantera da Noroeste" se saiu bem ao ganhar por 3 a 1 e 1 a 0, respectivamente. A Penapolense inicia sua campanha na Série A-2 em casa, diante do Batatais no dia 28 de janeiro. 


PORTUGUESA

Leão (consultor), Alexandre Barros (presidente) e Tuca Guimarães (treinador)

A Lusa inicia 2017 planejando ser (mais uma vez) o seu recomeço. Ainda em dezembro de 2016, anunciou Tuca Guimarães para ser o novo comandante da equipe e Emerson Leão, que será uma espécie de consultor do clube e já recebeu carta branca da diretoria para comandar o departamento de futebol da equipe. Entre os reforços para a A-2, estão os experientes Thiago Feltri, ex-Atlético/MG, e Sandro Silva ex-Palmeiras, Internacional e que disputou a última Série B do Brasileirão pelo Oeste. A estréia da equipe será no dia 29 de janeiro, às 10 horas contra o Barretos.


RIO CLARO

Sérgio Guedes é o técnico com mais tempo no cargo na A-2

O Rio Claro é provavelmente um dos poucos times do futebol paulista que manteve o mesmo técnico da temporada anterior. Sérgio Guedes era o comandante da equipe rebaixada na Série A-1 de 2016 e, apesar disto, tem a confiança do elenco para a A-2 que se iniciará. “O Sérgio é experiente, rodado no futebol paulista, conhece bem o campeonato, os times, vai nos ajudar muito”, comentou o atacante Danilo, um dos reforços da equipe. Em seu último jogo treino antes da estreia na competição, o Galo Azul bateu o Noroeste por 3 a 2 no estádio Schmidtão. A estreia da equipe será no sábado, dia 28 de janeiro contra o União Barbarense.


RIO PRETO

Rio Preto nos últimos preparativos para a estreia
(foto: Leo Roveroni / RPEC)

O vice-campeão da Série A-3 de 2016, o Rio Preto espera emendar mais um acesso e chegar à elite do futebol paulista, o que na história do clube aconteceu apenas uma vez, em 2008. Na preparação para 2017, o Rio Preto fez uma série de jogos treinos, com destaque para a vitória de 2 a 0 sobre o Catanduvense. O time-base do técnico Luciano Dias é o seguinte: Murilo, Cleiton, Gustavo, Alexandre e Lucas Piauí, no meio, Guilherme Noé, Ewerton Ageu e Danilo, o trio de ataque foi formado por Fagner, Lucas Silva e Bruno Nunes.


SÃO CAETANO

São Caetano espera voltar para a elite em 2018
(Foto: Fabrício Corinove)

O Azulão quer afastar a maré de azar dos últimos anos e conseguir voltar à elite, onde foi campeão em 2004. No ano passado, o São Caetano foi o melhor time da primeira fase, mas acabou sendo eliminado pelo Santo André, que foi o campeão, nas quartas de final. O clube contratou jogadores conhecidos do futebol paulista, como os atacantes Lincom e Léo Jaime, ambos com passagem pelo Bragantino, e o atacante Carlão. O treinador é o experiente Luiz Carlos Martins.


SERTÃOZINHO

Sertãozinho fez testes em Araraquara
(foto: Assessoria SFC)

O atual campeão da Série A-3 reestreia no segundo escalão do futebol paulista com apenas um pensamento: um novo acesso, só que desta vez para a elite. O técnico Júlio Sérgio fez alguns testes nos treinamentos e no jogo-treino contra a Ferroviária, em Araraquara (derrota por 3 a 1). A diretoria do clube espera presença maciça dos torcedores da equipe, que em 2016 teve uma das melhores médias de público de todo o futebol paulista.


TAUBATÉ

Taubaté fez jogo treino contra o Volta Redonda
(foto: Wallace Feitosa / Volta Redonda FC)

O Burrão da Central vem para a Série A-2 de 2017 buscando o acesso para a elite. Para isso, buscou o técnico campeão deste campeonato em 2014, Evaristo Piza. O elenco conta com jogadores experientes e que, assim como o treinador, têm histórico de acessos no futebol paulista, como o lateral direito Ferro e os atacantes Tiago Tremonti e Rychely.


UNIÃO BARBARENSE

União Barbarense fez jogo treino contra o Palmeiras
(foto: divulgação Palmeiras)

Em 2016, a tradicional equipe de Santa Bárbara d’Oeste brigou pelo acesso á série A1, mas foi eliminada pelo Mirassol (que subiu e acabou perdendo a taça para o Santo André). O time optou por não participar da Copa Paulista. Ao contrário de 2016, o Leão da Treze não manteve o elenco do ano anterior e vem com novos jogadores, deixando a torcida com dúvidas. Em 2017, tentarão brigar pelo acesso de novo.


VELO CLUBE

Velo Clube encarou o São Carlos na pré-temporada
(foto: Assessoria AEVC)

O rubro-verde rio clarense permanece desde 2012 na A2. Inicialmente, a meta do clube é, justamente, evitar o descenso, mas o treinador Álvaro Gaia se diz confiante no elenco. Entre os jogadores que permaneceram/voltaram para o clube, Leandrinho, artilheiro da equipe no ano passado, se destaca, depois de ser artilheiro do São José dos Campos na Copa Paulista.


VOTUPORANGUENSE

O experiente Marcelo Godri continua no clube

Em 2016, a Pantera alvinegra não fez campanha de muito destaque na A2, mas surpreendeu na Copa Paulista e deu um trabalho absurdo para o XV de Piracicaba na fase final. Manteve boa parte da base da copa, incluindo o artilheiro Elvisinho. Além disso, trouxe alguns reforços, como os atacantes Picachu e Makanaki. Entra como um dos favoritos a lutar pelo acesso à série A1.


XV DE PIRACICABA

Romarinho é um dos destaques do XV de Piracicaba

Um dos favoritos ao título, o Nhô Quim ganhou a Copa Paulista e, além do estadual, vai disputar a Série D do Brasileirão. Mantendo a maior parte da base campeã e com alguns reforços, o XV buscará voltar à primeira divisão, depois do rebaixamento no ano passado. Entre os destaques da equipe, estão os atacantes Rafael, artilheiro do time na Copa Paulista e Romarinho, vice artilheiro.


REGULAMENTO

O Santo André foi o campeão da A-2 em 2016

Assim como no ano anterior, a edição de 2017 garante o acesso à Série A apenas aos dois primeiros colocados. Na primeira fase, as vinte equipes se enfrentaram em dezenove rodadas e, diferentemente da última edição, os dois últimos colocados cairão para a Série A3, enquanto os quatro primeiros avançarão para as semifinais, em que o primeiro colocado enfrenta o quarto, o segundo enfrenta o terceiro colocado. Em esquema de mata-mata, os finalistas garantem o acesso à Primeira Divisão de 2018. Além disso, o campeão do torneio ocupará uma das vagas do estado de São Paulo na Copa do Brasil de 2018.

Disputam a competição as equipes que terminaram a Série A2 de 2016 entre o 3º e o 14º lugares, além dos seis últimos colocados da Série A1 de 2016 e os dois promovidos da Série A3 de 2016. Confira a tabela completa do campeonato aqui.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores, trazendo novidades e curiosidades do Futebol. Fale conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Total de Visualizações