quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Sportivo Limpeño conquista a Libertadores Feminina 2016

Jogadoras do Sportivo Limpeño comemoram a conquista (fotos: divulgação Conmebol)

Pela primeira vez na história, uma equipe paraguaia conquistou a Copa Libertadores Feminina. Na noite de terça-feira, dia 20, o Sportivo Limpeño venceu o Estudiantes de Guaricó, da Venezuela, de virada, por 2 a 1, e conquistou o torneio de clubes mais importante do futebol feminino. A partida foi realizada no Estádio Alberto Suppici, em Colonia de Sacramento, no Uruguai.

A decisão da edição de 2016 da competição, a oitava desde a criação, em 2009, foi a primeira da história a não contar com clubes brasileiros. E o jogo começou pegado, com as duas equipes procurando abrir a contagem. Porém, as defesas estavam bem postadas e a partida foi para o intervalo com o placar de 0 a 0.

Primeiro tempo foi equilibrado

Nem bem os torcedores estavam acomodados na arquibancada para o segundo tempo, as redes balançaram. Com menos de um minuto, a atacante Paola Villamizar invadiu a área com velocidade e finalizou no canto direito da goleira Kimika Forbes: 1 a 0 para o Estudiantes de Guaricó.

Atrás do marcador, as jogadoras do Sportivo Limpeño foram atrás da igualdade. A paraguaias ficaram em vantagem numérica dentro de campo aos 18 minutos, quando o Estudiantes de Guaricó perdeu Markellin Astudillo, expulsa.

Oito minutos depois, as paraguaias chegaram ao empate. Liz Peña, pela ala direita, arriscou um chute cruzado e a goleira Castro não conseguiu defender: 1 a 1 no placar do Alberto Suppici. As venezuelanas sentiram o gol sofrido e deixaram o Limpeño tomar conta do jogo.

Comemoração em um dos gols da equipe

Apesar da vantagem numérica de atletas e maior volume de jogo, o Sportivo Limpeño não conseguia transformar o seu domínio em gols. Porém, aos 44', Damia Cortaza subiu mais que toda a zaga do Estudiantes e marcou de cabeça o gol do título das paraguaias.

Terceiro lugar - Na preliminar, o Foz Cataratas conquistou o terceiro lugar na competição ao derrotar o Colón, do Uruguai, nos pênaltis, por 3 a 1, após o 0 a 0 no tempo normal de jogo. Já a outra equipe brasileira na Libertadores, a Ferroviária, caiu na primeira fase.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Total de visualizações