quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Um tiro de Recoba e vitória do Nacional no Superclássico de 2014

Recoba comemora o gol que deu a vitória ao Nacional há dois anos (foto: Facebook Recoba)

Em 9 de novembro de 2014, Nacional e Peñarol entravam no gramado do mítico Estádio Centenário, em Montevidéu, para mais uma disputa do Superclássico Uruguaio. O que ninguém esperava é que a partida, que completa dois anos hoje, fosse decidida nos acréscimos e com um gol de falta de um ídolo do Bolso, o veterano Álvaro 'El Chino' Recoba.

Nacional e Peñarol têm, disparadamente, a maior rivalidade do futebol uruguaio. Os dois clubes são os maiores vencedores do país, tanto internamente como internacionalmente. Os jogos entre as duas equipes param Montevidéu, a capital do país, e, normalmente, são emocionantes.

É verdade que o primeiro tempo da partida do dia 9 de novembro de 2014 foi um jogo disputado, mas longe de ter um belo futebol. Muita raça, chutão, encaradas, mas poucos lances com a bola rolando. Até por isso, os 45 minutos iniciais terminaram com o placar de 0 a 0, apesar de o Nacional ter tido as poucas chances até então. Mas a segunda etapa reservava momentos de grandes emoções.

Pois o Peñarol veio para cima, buscando o gol que o colocaria na disputa do 'Torneo Apertura', que era liderado pelo rival. A pressão deu certo e aos 12 minutos, Pacheco, de pênalti, abriu o marcador para os Carboneros, fazendo a festa da Barra Amsterdã, a torcida do Peñarol. Porém, muito ainda ia acontecer naquele dia.

O goleiro do Peñarol não alcançou a bola
(foto: Ovación)

Aos 13 minutos, o técnico do Nacional, Gutiérrez, fez as três substituições, colocando em campo Fernández, Taborda e o ídolo da torcida, Álvaro Recoba. Aos 32, uma ajuda para o Bolso, pois o zagueiro do Peñarol, Macaluso, foi expulso. Mas a vantagem de um homem a mais não durou muito, pois o lateral do Bolso, Romero, recebeu o cartão vermelho aos 38.

Enquanto o técnico do Carbonero, Jorge Fossatti, fechava o time, colocando defensores em campo, o Nacional ia para a pressão, pois sabia que, no mínimo, um empate naquele momento deixava a equipe em boas condições na competição. De tanto insistir, o gol da igualdade saiu aos 45 minutos: Recoba cobrou escanteio pela esquerda e depois de um bate rebate na área do Peñarol, Fernández, que veio do banco de reservas, balançou as redes: 1 a 1 no placar do Centenário.

E se o resultado já estava razoável para o Nacional, ainda tinha mais por vir. Aos 49, uma falta quase na intermediária e o experiente ídolo Álvaro Recoba foi para a cobrança. Com a técnica peculiar, 'El Chino' bateu perfeitamente na bola com o pé esquerdo, e a 'pelota' passou entre o goleiro Migliore e a trave: gol do Nacional, que virou incrivelmente a partida.

Foi uma grande festa da La Banda Del Parque e de todos os torcedores do Nacional. Todos lembram do lance e o próprio Álvaro Recoba, em seu Facebook oficial, agradeceu hoje as mensagens de lembrança do gol no clássico, mesmo dois anos depois do acontecido.

Melhores momentos da partida

Ficha Técnica

NACIONAL 2 X 1 PEÑAROL

Data: 9 de novembro de 2014
Local: Estádio Centenário - Montevidéu - Uruguai
Árbitro: Christian Ferreyra
Assistentes: Miguel Nievas e Richard Trinidad

Cartões Amarelos
Nacional: R. García
Peñarol: Píriz, Migliore e Giiménez

Cartões Vermelhos
Nacional: Romero
Peñarol: Macaluso

Gols
Nacional: Fernández, aos 45', e Recoba, aos 49' do segundo tempo
Peñarol: Pacheco (pênalti), aos 12' do segundo tempo

Nacional: G. Munúa; S. Romero, R. García, D. Polenta e A. Espino (S. Fernández); D. Arismendi, G. Porras, H. Giménez (A. Recoba) e G. Pereiro (Taborda); C. De Pena e I. Alonso - Técnico: Á. Gutiérrez.

Peñarol: P. Migliore; G. Viera, C. Valdez, D. Macaluso e A. Rodales; S. Píriz, Jor. Rodríguez, Diogo (D. Rodríguez) e A. Pacheco (M. Novick); Jon. Rodríguez (Núñez) e M. Zalayeta - Técnico: J. Fossati.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Total de visualizações