O Palmeiras que de fato é o campeão!

Gabriel Jesus foi peça importante no título do Verdão (foto: Ricardo Stuckert / CBF)

O Palmeiras sagrou-se campeão brasileiro de 2016 neste domingo, dia 27, ao derrotar a Chapecoense, por 1 a 0, gol de Fabiano, na Allianz Arena, em São Paulo. Mesmo se perdesse, o Verdão conquistaria o título com uma rodada de antecedência, já que o Santos FC foi derrotado pelo Flamengo, no Maracanã, por 2 a 0.

A torcida comemorou muito, já que o último título de campeão brasileiro do Verdão foi em 1994, na época das vacas gordas da Parmalat. Mas nem tem como contestar a conquista palmeirense. A equipe até não tem o futebol mais vistoso, o Santos joga com mais velocidade e é mais envolvente, e nem o que teve a melhor sequência, que foi do Flamengo na época do cheirinho. Mas o Palmeiras foi, com certeza, a equipe mais regular.

É claro que o fator financeiro ajudou. Ter um mecenas como presidente, Paulo Nobre, fez com que o clube fosse às compras e buscou no mercado as peças que precisava e isso desde o ano passado. Mas talvez o grande segredo da conquista esteja no banco de reservas: desde quando Cuca chegou para comandar o Verdão, a equipe conseguiu, finalmente, jogar o que o torcedor esperava.

Mas não fica só nisso: o Verdão tem um goleiro que é o líder do elenco, o experiente Fernando Prass. E quando ele machucou quando estava com a Seleção Olímpica, foi substituído muito bem por Jailson, que apesar de ter mais de 30 anos e boas passagens pelo interior de São Paulo, nunca havia atuado na Série A do Brasileirão.

Na defesa, o colombiano Mina veio para dar a segurança que a equipe precisava e olha que quando subia nas jogadas de bola parada, não era raro o zagueiro deixar o dele. Também não podemos fechar o olho para Dudu. O cara que joga com a camisa do Animal não tem o mesmo talento de Edmundo, mas com certeza tem muita garra, o que faz com que o número 7 esteja bem representado.

Mas não podemos falar deste time sem citar a maior revelação da base palmeirense nos últimos anos. Gabriel Jesus é a maior joia surgida no futebol brasileiro depois de Neymar e, com certeza, é o toque de talento que todo time campeão precisa ter. Uma pena que este foi o seu último jogo pelo Palmeiras em casa, pois se apresenta logo após o Brasileirão ao Manchester City.

Aliás, falando da base palmeirense é algo que deve ser ressaltado. Anos atrás, era senso comum dizer que o Palmeiras era, entre os grandes do estado, o que menos revelava, mas a situação vem mudando. Além de ter revelado Gabriel Jesus, o clube conquistou neste ano os títulos paulistas no Sub-11, Sub-13 e Sub-15.

Agora o Palmeiras vai trabalhar o elenco para a Copa Libertadores de 2017, pensando principalmente em como substituir o garoto Gabriel Jesus. É claro que entra como favorito na competição, apesar dos últimos resultados dos brasileiros no certame. Mas a tendência é que o time cresça ainda mais.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores, trazendo novidades e curiosidades do Futebol. Fale conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Total de Visualizações