quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Cobi Jones no Vasco da Gama

Cobi Jones em treinamento no Vasco
(foto: Carlos Ivan / Ag. O Globo)

Um jogador com três Copas do Mundo nas costas jogaria bem no futebol brasileiro, certo? Infelizmente esta informação não é correta quando falamos do meia-atacante norte-americano Cobi Jones, que teve uma passagem bem apagada pelo Vasco da Gama em 1995.

Cobi Jones, nascido em Detroit, nos Estados Unidos, em 16 de junho de 1970, começou no futebol na equipe semiprofissional do Westlake Warriors. Fez a Universidade na UCLA Bruins, por onde também jogou. Suas atuações chamaram a atenção do técnico alemão Lothar Osiander e Jones defendeu os Estados Unidos nos Jogos Olímpicos de Barcelona, 1992.

Em seguida, o atleta passou a fazer parte da seleção permanente principal dos Estados Unidos, que era dirigida pelo sérvio Bora Milutinovic e jogou a Copa do Mundo de 1994, realizada em solo norte-americano. Cobi Jones foi titular na derrota para o Brasil, por 1 a 0, pelas oitavas de final da competição.

Nas primeiras passagens
pela Seleção Norte-Americana

Após o Mundial, começaria a carreira de Cobi Jones por times estrangeiros. O primeiro foi o Coventry City, da Inglaterra, por onde chegou a fazer 24 jogos e dois gols, mas não encheu os olhos dos ingleses. Porém, lembrando das atuações na Copa do Mundo, os dirigentes do Vasco da Gama resolveram apostar no norte-americano.

A chegada do norte-americano no Vasco, no segundo semestre de 1995, chamou a atenção de todos, mas a realidade é que o jogador não teve muitas chances no Clube da Colina. Passando longe da equipe principal, que disputava o Campeonato Brasileiro, Cobi Jones foi utilizado no time que disputava a Copa Rio, ao lado de jovens potenciais como Yan e veteranos em recuperação, como Geovane.

Cobi Jones estreou com a camisa do Vasco da Gama no dia 21 de outubro de 1995, em partida contra o Campo Grande, no Estádio do Internacional de Jacarepaguá. A equipe vascaína venceu o jogo por 2 a 1. Porém, a carreira do norte-americano no Rio não durou muito: foram apenas mais três jogos com a camisa do Clube da Colina.

O atleta encerrou a carreira no Los Angeles Galaxy

No início de 1996, vendo a crianção da liga profissional nos Estados Unidos, a Major League Soccer, Cobi Jones resolveu voltar para o seu país e defendeu o Los Angeles Galaxy por mais de 10 anos. Além disso, jogou as Copas do Mundo de 1998 e 2002 pela Seleção Norte-Americana e encerou a carreira profissional em 2007.

Após pendurar as chuteiras, Cobi Jones foi trabalhar na Comissão Técnica do Los Angeles Galaxy, onde chegou a ocupar o cargo de treinador em 2010. O ex-jogador também trabalhou no atual New York Cosmos, como diretor.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações