terça-feira, 8 de novembro de 2016

As camisas de Ademir Menezes, o Queixada


O grande craque e artilheiro da Copa de 1950, Ademir Menezes, o Queixada, completaria hoje, se estivesse vivo, 94 anos. Para comemorar a data, O Curioso do Futebol recorda os clubes em que o grande centroavante, que nasceu no Recife, vestiu. Porém, antes de mais nada, Ademir ganhou o apelido Queixada devido ao tamanho avantajado de seu queixo, que sempre chamou a atenção.


SPORT DE RECIFE


Ademir jogava futebol nas praias de Recife, cidade onde nasceu, e foi descoberto por membros do infantil do Sport, para onde foi levado. Queixada estreou no profissional com apenas 16 anos, em uma partida contra o Tramways. Mostrando faro de gol, mesmo novo, foi ganhando o seu espaço e conquistou o Campeonato Pernambucano de 1941. Após um amistoso contra o Vasco, o clube carioca resolveu contratá-lo, em 1942. Em 1957, com 35 anos, Ademir voltou ao Sport para encerrar a carreira.


VASCO DA GAMA


O centroavante chegou no Clube da Colina com 20 anos, já sendo tratado como um grande craque. Ele fez parte do famoso "Expresso da Vitória", que foi uma das grandes equipes da história do Vasco, se não foi a maior. Em 1946, o artilheiro saiu para defender o Fluminense, voltando ao clube em 1948 e ficando, nesta segunda passagem, até 1956. No Alvinegro, ele conquistou os Cariocas de 1945, 1949, 1950 e 1952, além da Copa dos Campeões da América do Sul (considerado como o primeiro torneio continental, reconhecido pela Conmebol) em 1948. No Vasco foi onde Queixada teve a sua única experiência como treinador, em 1967.


FLUMINENSE


O Fluminense sempre teve o sonho de ter Ademir e chegou a brigar com o Vasco para trazer o artilheiro de Pernambuco, mas nesta primeira batalha, o Tricolor perdeu. Porém, em 1946, o técnico recém-contratado Gentil Cardoso soltou a célebre frase "Deem-me Ademir e eu lhes darei o campeonato”. E não é que deu certo? Com o Queixada no comando de ataque, o Fluminense conquistou o Campeonato Carioca daquele ano. Um ano depois, ele voltou ao Vasco.


SELEÇÃO BRASILEIRA


Ademir Menezes estreou na Seleção Brasileira em 1945, em uma vitória de 3 a 0 contra a Colômbia, e fez uma grande carreira com a então camisa branca da CBD. Artilheiro nato, ele foi o goleador máximo na Copa de 1950, que ficou marcada pela derrota para o Uruguai na final. Seu último jogo pela Seleção foi em 1953, quando o Brasil venceu a Celeste Olímpica por 1 a 0, no Sul-Americano de 1953.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Total de visualizações