quarta-feira, 26 de outubro de 2016

As camisas de Carlos Alberto Torres


O capitão do tricampeonato mundial da Seleção Brasileira, Carlos Alberto Torres, faleceu na última terça-feira, dia 26, vítima de um infarto fulminante. Considerado um dos melhores laterais direitos de todos os tempos, o "Capita" tem uma histórica rica no futebol.

Como jogador, Carlos Alberto Torres atuou profissionalmente de 1963, quando estreou pelo Fluminense, com apenas 17 anos, até 1982, encerrando a carreira nos Estados Unidos. Com esta bela história do esporte bretão, O Curioso do Futebol fez um levantamento das camisas que ele vestiu durante a sua carreira

FLUMINENSE


Foi no Fluminense que o lateral direito foi alçado ao time profissional. No segundo ano atuando, em 1964 foi campeão estadual. No fim do mesmo ano, Carlos Alberto Torres foi negociado com o Santos FC. Ele voltaria ao clube em 1974 e fez parte do time conhecido como "A Máquina Tricolor". Seria ainda bicampeão carioca em 1975 e 1976. No total, com a camisa do Fluminense, Carlos Alberto Torres fez 151 jogos e 13 gols.


SANTOS


Carlos Alberto Torres chegou no Santos FC em 1965 para jogar no grande time da década. No Santos, ele virou capitão da equipe, após a aposentadoria de Zito, e virou um dos líderes do elenco que tinha feras como Pelé, Edu, Clodoaldo, Djalma Dias e outros. No Peixe, ele conquistou os Paulistas de 1965, 1967, 1968, 1969 e 1973, a Taça Brasil de 1965, o Robertão de 1968 e a Recopa Sul-Americana no mesmo ano. Entre idas e vindas, ele ficou no clube até 1974, fazendo 445 jogos e 40 gols.


BOTAFOGO


Em 1971, o Santos emprestou Carlos Alberto Torres para o Botafogo. Foram apenas três meses e 22 jogos com a camisa da estrela solitária, mas que fizeram o torcedor botafoguense ter saudade do craque.


FLAMENGO


Depois da segunda passagem pelo Fluminense e antes de ir para os Estados Unidos, Carlos Alberto Torres teve uma breve passagem pelo Flamengo. Foram apenas 20 jogos em 1977, mas assim como no Botafogo, ele jogou muito com a camisa rubro negra.


NEW YORK COSMOS


Em 1977, Carlos Alberto Torres seguiu os passos de vários craques e foi jogar nos Estados Unidos. O time escolhido foi o mesmo de Pelé, o New York Cosmos. Na constelação de craques, ele foi um dos jogadores mais importantes. Em duas passagens pelo time (entre 1977 e 1980 e em 1982), o Capita fez 100 jogos e seis gols. Foi no Cosmos onde o jogador encerrou a carreira.


CALIFORNIA SURF


Em 1981, Carlos Alberto Torres teve uma passagem pelo California Surf. Fez 19 jogos e dois gols pela equipe, onde jogou o campeonato da NASL daquela temporada.


SELEÇÃO BRASILEIRA


Carlos Alberto Torres tem uma grande história na Seleção Brasileira. Ele vestiu a camisa amarela desde novo, defendendo os times nacionais de base. Pela equipe principal, ele foi o grande capitão no título na Copa do Mundo de 1970, no México. Pela Seleção, ele fez 53 jogos e oito gols, sendo o mais importante o da final do Mundial, o último na goleada de 4 a 1 sobre a Itália.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações