sábado, 17 de setembro de 2016

Briosa vence Taboão fora e tem grande vantagem na 'briga' pelo acesso

Torcida da Briosa fez a festa após o apito final do árbitro (foto: Ronaldo Pontes)

A Portuguesa Santista deu um passo importantíssimo para a conquista do acesso no Campeonato Paulista da Segunda Divisão, a popular Bezinha. Pela primeira partida da fase semifinal da competição, a Briosa foi até Taboão da Serra, na grande São Paulo, e derrotou a equipe da casa por 1 a 0, com o gol da vitória, do centroavante Aldir, saindo aos 44 minutos do segundo tempo. O jogo foi realizado na tarde deste sábado, dia 17, no Estádio Municipal Vereador José Feres.

Este confronto semifinal trazia muito expectativa. A Portuguesa Santista chegou até esta etapa da competição com a melhor campanha geral, sofrendo apenas uma derrota em 22 jogos e tendo eliminado o Mauaense na fase anterior. Já o Taboão da Serra veio na competição 'comendo pelas beiradas' e nas quartas de final eliminou o Internacional de Bebedouro com uma vitória fora de casa.

Acredite, este era o ingresso para a Arquibancada da torcida visitante
(nome e número do documento ocultados)

O Estádio José Feres tinha um bom público. A torcida do time da casa compareceu, já que o jogo fazia parte da tão famosa campanha das pets, onde você troca duas garrafas plásticas de refrigerante por um ingresso. Porém, a torcida da Briosa foi em peso para a grande São Paulo, com quase 300 pessoas, mas tiveram problemas, já que atrasaram ao máximo a entrada deles no local e, no final, deram apenas um papel numerado para acesso à arquibancada reservada para os visitantes, ao invés do ingresso oficial, anotando nele nome e número do RG de cada um.

Mas vamos ao jogo, que começou truncado e com as duas equipes se estudando. O primeiro lance de perigo aconteceu apenas aos 19 minutos, quando a Portuguesa Santista quase abriu o marcador. Carlos Alberto cobrou escanteio pela direita, Lucão desviou a bola de cabeça, se antecipando à zaga do Taboão, e Juninho, na pequena área, finalizou em cima do goleiro Veloso.

Israel tenta passar pelo marcador do Taboão

No embolado jogo no meio campo, outra chance de gol aconteceu apenas aos 45 minutos. O lateral direito Rubro Verde Israel fez boa jogada, caindo pela esquerda, e cruzou na cabeça do artilheiro Willian, que finalizou fraco, facilitando a defesa de Veloso. Depois dos estranhos três minutos de acréscimo, o árbitro Flavio Rodrigues de Souza encerrou o primeiro tempo com o placar de 0 a 0.

O Taboão da Serra voltou melhor na segunda etapa e chegou com perigo logo aos 3 minutos. O atacante Kaká recebeu a bola na intermediária, foi avançado e próximo da entrada da área deu um chute venenoso, que forçou o goleiro da Portuguesa Santista, Cleyton, a fazer a defesa em dois tempos. Depois, o jogo ficou novamente truncado no meio de campo, fazendo com que os técnicos Ricardo Costa, da Portuguesa, e Axel, do Taboão, começassem trocar os jogadores, inclusive uma em destaque na Briosa: o artilheiro do campeonato, Willian, deu lugar a Aldir, que foi pouco utilizado na competição.

Jogadores do Taboão lamentam o gol sofrido
e, no fundo, atletas da Briosa comemoram

Com as substituições, a Briosa voltou a dominar o jogo. Aos 26 minutos, Lucas Lino, que havia entrado no lugar de Juninho, fez uma bela jogada e deixou Aldir sozinho. O atacante Rubro Verde invadiu a área, mas finalizou para fora. O Taboão respondeu com Esquerdinha, ex-jogador da Portuguesa, que arriscou chute de fora da área, mas Cleyton, firme, fez a defesa.

Aos 34, Aldir recebeu a bola dentro da área e foi derrubado pelo marcador do Cão Pastor, mas o árbitro nada marcou. Porém, o dia era do atacante da Portuguesa Santista. Aos 44 minutos, Israel roubou bola no meio de campo, avançou pela direita e cruzou na cabeça de Aldir, que finalizou sem chances para Veloso, mostrando que a substituição de Ricardo Costa foi certeira! Briosa 1 a 0 no placar e festa na torcida Rubro Verde, que comemorou muito o resultado com o time após o apito final.

Taboão da Serra tentando ir para o jogo

Com o resultado, a Portuguesa Santista se aproximou muito do acesso e, em conseqüência, da final do Paulista da Segunda Divisão. No jogo de volta, que está marcado para o próximo sábado, dia 24, às 15 horas, no Estádio Ulrico Mursa, em Santos, a Briosa pode perder de até um gol de diferença que garante o grande objetivo na competição.

Vídeos da partida

Ficha Técnica

TABOÃO DA SERRA 0 X 1 PORTUGUESA SANTISTA

Data: 17 de setembro de 2016
Local: Estádio Municipal Vereador José Feres - Taboão da Serra-SP
Público: 4.310 (anunciado, presentes cerca de 1.000)
Renda: R$ 23.710,00
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza
Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Anderson Jose de Moraes Coelho

Cartões Amarelos
Taboão da Serra: Diego, Lucas Santos, Kaká e Tiago Silva
Portuguesa Santista: Lucas Lino

Gol
Portuguesa Santista: Aldir, aos 44' do segundo tempo.

Taboão da Serra: Veloso; Barreto (Lucas Santos), Souza, Carlos Chaba e Rafael; Tiago Silva (Felipe), Victor Gualberto, Mascote (Esquerdinha) e Diego; Kaká e Todinho - Técnico: Axel.

Portuguesa Santista: Cleyton; Israel, Dema, Lucão e Vinícius; Pedro (Jean Santos), Carlos Alberto e Ricardinho; Juninho (Lucas Lino), Willian (Aldir) e Fernando - Técnico: Ricardo Costa.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações