domingo, 11 de setembro de 2016

Briosa abre 2 a 0, cede empate, mas garante vaga na semifinal

Fernando tenta passar pelo lateral Matheus

A Portuguesa Santista está na semifinal do Campeonato Paulista da Segunda Divisão de 2016, a popular Bezinha. Mas quem pensa que foi fácil, se engana! A Briosa chegou a estar vencendo o Mauaense por 2 a 0, mas relaxou, cedeu o empate e passou por dificuldades no final do jogo realizado na tarde de sábado, dia 10, no Estádio Ulrico Mursa, em Santos.

A Briosa foi a campo com a vantagem para chegar à semifinal da competição. Como venceu a partida realizada no sábado anterior, em Mauá, por 1 a 0, e tinha a melhor campanha, poderia perder até por um gol de diferença que avançaria na competição. Já para o Mauaense era tudo ou nada: Só uma vitória de dois gols ou mais de diferença faria com que o time do ABC de classificasse.

Briosa abriu o marcador com menos de 10 minutos de jogo

E como precisava da vitória a qualquer custo, o Mauaense foi para cima logo no primeiro minuto de jogo. O experiente Jorge Mauá perdeu uma grande chance. O troco da Portuguesa Santista foi fatal. Aos 8 minutos, em cobrança de falta, Carlos Alberto alçou a bola na área, Lucão subiu mais que todo mundo e ajeitou a bola de cabeça para Juninho, desmarcado, marcar: Briosa 1 a 0.

O gol esfriou os ânimos do Mauaense e a Portuguesa Santista passou a administrar a grande vantagem que tinha. A partida voltou a ter um lance que agitou a torcida apenas aos 41 minutos. Em escanteio pela direita para o Mauaense, o goleiro Cleyton saiu mal, a bola ficou pipocando na área, mas Lucão afastou o perigo. Final de primeiro tempo em Ulrico Mursa com vantagem da Briosa: 1 a 0.

Na segunda etapa, o ritmo foi totalmente diferente. A Briosa passou a dominar as ações e não deixava o Mauaense reagir. Aos 13 minutos, Fernando roubou a bola na intermediária, tabelou com Ricardinho, invadiu a área e ao tentar o drible, o volante Samuel cortou a bola. O árbitro Rafael Gomes Felix da Silva viu mão do jogador do Mauaense e marcou pênalti. O centroavante Willian foi para a cobrança e não perdoou: 18º gol do artilheiro Rubro Verde no campeonato e 2 a 0 no placar.

Mauaense tentando sair para o jogo

A torcida da Briosa começou a comemorar a classificação para a semifinal, já que o Mauaense precisava fazer quatro tentos para reverter o resultado. Porém, como uma fênix, o time do ABC reagiu, aproveitando-se também da acomodação da Portuguesa, e complicou o jogo. Aos 29, Allan, pela esquerda, cruzou na área e Jorge Mauá, de bicicleta, marcou um golaço! Foi o 17º gol do centroavante na competição e, no placar, 2 a 1 para a Briosa.

Mas o Mauaense mostrou que não estava morto e continuou pressionando. Aos 33 minutos, quase empata, mas o goleiro Cleyton salvou. No lance seguinte, saiu o gol da igualdade: Lucas Iago caiu pela direita e cruzou na cabeça de Ramon, que balançou as redes. No placar do Estádio Ulrico Mursa, tudo igual: 2 a 2.

No final, o 2 a 2 deu a classificação para a Briosa

Com a reação, o Mauaense passou a acreditar que era possível fazer mais dois gols e avançou com todo mundo ao ataque. Aos 38, Jorge Mauá recebeu a bola na entrada da área, fez o pivô e ajeitou para Lucas Iago. O meia do time do ABC bateu forte, no canto, mas o goleiro Cleyton se esticou todo para fazer a defesa.

Como o Mauaense foi com tudo para o ataque, deixou espaços para o contra-ataque da Portuguesa Santista, que teve duas chances claras com Diego Palhinhade fazer o 3 a 2 , mas o goleiro Thiago foi bem e evitou que a rede foi balançada. Final de um grande jogo em Ulrico Mursa, principalmente na segunda etapa, com um 2 a 2 no placar e classificação para a Briosa à semifinal da competição.

A Portuguesa Santista encara agora o Taboão da Serra, que eliminou o Inter de Bebedouro, na semifinal da competição, que vale o acesso para a Série A-3 do Paulistão. Datas e horários dos jogos serão divulgados pela Federação Paulista de Futebol nesta segunda-feira.

Vídeos e entrevistas da partida

Ficha Técnica

PORTUGUESA SANTISTA 2 X 2 MAUAENSE

Data: 10 de setembro de 2016
Local: Estádio Ulrico Mursa - Santos-SP
Público: 1.542 pagantes
Renda: R$ 20.140,00
Árbitro: Rafael Gomes Felix da Silva
Assistentes: Alex Alexandrino e Eduardo Vequi Marciano

Cartões Amarelos
Portuguesa Santista: Fernando.
Mauaense: Samuel, Matheus, Ramon e Allan

Gols
Portuguesa Santista: Juninho, aos 8' do primeiro tempo, e Willian (pênalti), aos 14' do segundo tempo.
Mauaense: Jorge Mauá, aos 29', e Ramon, aos 34' do segundo tempo.

Portuguesa Santista: Cleyton; Israel, Dema, Lucão e Vinícius; Pedro, Carlos Alberto e Ricardinho (Diego Palhinha); Juninho (Eric Marmer), Willian e Fernando (Allisson) - Técnico: Ricardo Costa.

Mauaense: Thiago; Matheus, Júnior, Ramón e Allan; Josimar, Samuel (Charles), Vinícius (Ricardo) e Romário (Lucas Iago); Jorge Mauá e Erick - Técnico: Jamelli.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações