quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Alemanha vence Nigéria e encara Brasil na final olímpica

Jogadores alemães comemoram o primeiro gol na partida

Em uma quarta-feira de calor incomum para o meio do mês de agosto em São Paulo, a Alemanha despachou a Nigéria, vencendo por 2 a 0, na Arena Corinthians, e cravou o seu lugar na grande final do torneio olímpico de futebol masculino dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Na decisão os germânicos vão enfrentar o Brasil, que chegou na finalíssima goleando Honduras por 6 a 0.

O sol inesperado veio iluminar a despedida olímpica de O Curioso do Futebol em Itaquera. Desta vez, o ingresso apontava um outro local do estádio: ao invés de ficar atrás do gol, a localização era na lateral, na penúltima fila mais alta do estádio, ou "quase no céu (risos)". Confesso que para ver a postura tática das equipes foi melhor, mas para fotos foi ruim.

Disputa de bola no meio de campo

O jogo começou com a Alemanha, segunda colocada do Grupo C e que eliminou Portugal nas quartas, comandando as ações. Seus atacantes envolviam com facilidade a zaga adversária. A Nigéria, primeira do Grupo B e que eliminou a Dinamarca no primeiro mata-mata, tinha problemas principalmente em suas laterais.

O domínio alemão era latente e aos oito minutos eles abriram o marcador. Em uma boa trama pelo lado direito do ataque, Meyer cruzou para Klostermann completar: 1 a 0 para a Alemanha. A Nigéria estava recebendo o apoio dos brasileiros no estádio estentor buscar o empate. Pouco depois, o goleiro Horn se atrapalhou em uma saída de bola com os pés, mas Umar não conseguiu aproveitar para igualar o placar.

Nigéria tenta armar jogada na meia cancha

A tônica no primeiro tempo acabou sendo a seguinte: a Nigéria chegava com perigo quando trabalhava a bola no meio de campo. Já a Alemanha assustava quando usava as pontas, aproveitando das falhas de marcação nas laterais nigerianas. Porém, o placar não foi inalterado e os 45 minutos iniciais terminaram 1 a 0 para os germânicos.

No segundo tempo, as duas equipes caíram e produção. A Alemanha ainda chegava a assustar em contra-ataques, mas não conseguia transformar isso em gols. A Nigéria, incrivelmente, perdeu a qualidade na troca de passes no meio de campo e, com isso, não conseguiu chegar ao ataque.

Ataque da Nigéria tentando empatar

A verdade é que o jogo ficou fraco tecnicamente é nenhuma das equipes se aproximou do gol até aos 43 minutos. Em um contra-ataque, , Selke desceu pela direita e cruzou para Petersen, em posição duvidosa, marcar o segundo. "Alemanha, pode esperar, a sua hora vai chegar!"

A Nigéria decide o bronze no sábado, contra Honduras, às 13 horas, no Mineirão, em Belo Horizonte. Já Alemanha e Brasil fazem a grande final no mesmo dia, às 17h30, no Maracanã, Rio de Janeiro. É só para lembrar, as aventuras olímpicas de O Curioso do Futebol ainda não acabaram.

Vídeos com momentos da partida

Ficha Técnica

NIGÉRIA 0 X 2 ALEMANHA

Local: Arena Corinthians - São Paulo-SP
Data: quarta-feira, 17 de agosto de 2016
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Nestor Pitana (ARG)
Assistentes: Hernan Maidana (ARG) e Juan Pablo Belatti (ARG)

Cartões amarelos: Gnabry, Lars Bender, Ginter (ALE); Udo (NIG)

Gols
Alemanha: Klostermann, aos oito minutos do primeiro tempo, e Petersen, aos 43 minutos do segundo tempo

Nigéria: Daniel, Sincere, Shehu, Ekong, Umar (Ajayi), Ezekiel, Mikel, Umar, Udo (Saliu), Amuzie e Muhammed - Técnico : Samson Siasia.

Alemanha: Horn, Toljan, Klostermann, Ginter, Suele, Sven Bender (Proemel), Meyer (Petersen), Lars Bender, Selke, Brandt e Gnabry (Max) - Técnico: Horst Hrubesch.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações