segunda-feira, 6 de junho de 2016

Japão na Copa América de 1999

Na estreia contra o Peru, derrota por 3 a 2

A Copa América, que começou em 1916 com o nome de Campeonato Sul-Americano de Seleções, está completando 100 anos de história e é o torneio envolvendo selecionados de países mais antigo do mundo. Para comemorar a marca, está sendo realizado, nos Estados Unidos, a Copa América Centenário, com a participação das 10 equipes da Conmebol, mais a seleção da casa e cinco times convidados da Concacaf.

A participação de equipes da Concacaf no torneio começou em 1993 e em todas as edições a partir deste ano contou, ao menos, com um time da Confederação que administra o futebol das Américas do Norte, Central e Caribe. Porém, no torneio realizado em 1999, com sede no Paraguai, participou uma seleção de outro continente, mais especificamente da Ásia: o Japão. Sim, amigos, o Japão já jogou a Copa América.

Goleada do Paraguai sobre o Japão

Na verdade, a intenção da Conmebol era convidar equipes europeias para a competição. Com a recusa, veio a ideia de chamar os japoneses, que no ano anterior haviam estreado na Copa do Mundo com três derrotas. Para o Japão, era a chance de mostrar que o futebol no país havia sim avançado, jogando contra as boas seleções sul-americanas e o México.

No sorteio, os japoneses caíram no Grupo A, ao lado do Paraguai, donos da casa, Peru, Bolívia e Japão. A estreia foi contra o Peru, no dia 29 de junho, no Estádio Defensores del Chaco. E foi uma bela partida. O brasileiro naturalizado nipônico Wagner Lopes abriu o marcador, aos 6 minutos. No segundo tempo, o Peru virou, com gols de Jorge Soto e Holsen. O Japão chegou a empatar, com Atsuhiro Miura. Mas Soto, aos 36, deu a vitória para os peruanos por 3 a 2.

Contra a Bolívia, empate em 1 a 1

Em 2 de julho, o Japão entrava novamente no gramado do Defensores del Chaco, mas desta vez para enfrentar a equipe da casa. Neste dia, os japoneses praticamente não 'viram a cor da bola'. A Alvirroja, que tinha Gamarra, Arce e o então jovem Roque Santacruz, goleou por 4 a 0, com dois do centroavante que até hoje defende a Seleção Paraguaia e mais dois de Benítez.

O Japão foi para a última rodada praticamente sem chances de passar para a segunda fase da competição. O adversário foi a Bolívia. O empate em 1 a 1 (Erwin 'Platini' Sanchez abriu o marcador para os bolivianos e Wagner Lopes empatou para os nipônicos) fez com que as duas equipes 'morressem abraçados' e ambas foram eliminadas.

A equipe japonesa que disputou a competição

O empate deu aos japoneses o 10º lugar entre as 12 equipes participantes daquela edição da competição, que foi ganha pelo Brasil. Depois do Japão, nunca mais uma seleção de outro continente jogou a Copa América, apenas times da Concacaf foram convidados. A Conmebol chegou a confirmar a presença dos mesmos japoneses na última edição do torneio, ano passado, no Chile, mas recuaram e chamaram a Jamaica.
←  Anterior Proxima  → Inicio

Um comentário:

  1. até pq é ridículo convidar seleção de outros continentes sendo que existem vários na America central que podem jogar, que nível por nível daria na mesma...

    ResponderExcluir

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações