sábado, 2 de abril de 2016

Centro Olímpico bate Santos nos pênaltis e conquista Copa Ouro Feminina

Centro Olímpico conquistou a Copa Ouro neste sábado

Teve campeão na tarde deste sábado, dia 2 de abril, na Vila Belmiro, em Santos. O Centro Olímpico bateu as Sereias da Vila por 4 a 3 na decisão por pênaltis, depois de a partida terminar com o placar de 0 a 0, e conquistou a Copa Ouro da modalidade, competição organizada pela Associação Paulista de Futebol.

A competição, que contou com quatro equipes na fase inicial: Juventus, Portuguesa e os dois times finalistas. O Santos FC chegou à decisão com a melhor campanha do torneio, tendo feito duas vitórias (Centro Olímpico e Portuguesa) e um empate (Juventus). Já a equipe da capital paulista foi para a finalíssima depois de dois triunfos (Portuguesa e Juventus) e uma derrota (para o Santos).

Apesar de as Sereias da Vila terem ganhado do Centro Olímpico na primeira fase por 3 a 0 até com certa facilidade, o cenário da finalíssima foi totalmente diferente. A equipe da capital iniciou a partida dominando as ações e quase abriu o placar aos 7 minutos. Geise fez uma bela jogada, passando por três santistas e chutou rasteiro. A bola acertou o pé da trave direita da goleira Dani, causando um susto na torcida local.

Tcheury tenta jogada pela direita

As jogadoras do Santos estavam nervosas, errando domínios de bola e passes fáceis. As falhas acabavam facilitando as jogadas do Centro Olímpico, que teve uma outra grande chance aos 20, com Otília Lívia, que finalizou na cara da goleira Dani, mas sem direção. As Sereias acordaram e responderam com Tcheury, que viu a arqueira Carla Maria adiantada e mandou de cobertura, mas para fora.

Além de dominar os 45 minutos inciais, o Centro Olímpico tinha como destaque a goleira Carla Maria. Atuando quase como uma libera, a atleta conseguia ler as jogadas e cortava todos os lançamentos feitos pela equipe santista saindo da área. Apesar do maior volume da equipe da capital, o primeiro tempo terminou com o placar de 0 a 0.

As Sereias da Vila voltaram melhor na segunda etapa. Isto levantou o ânimo dos cerca de 400 torcedores que estavam presentes no estádio. A melhor jogada da equipe alvinegra aconteceu aos 15 minutos: Giovana fez boa jogada pela direita e cruzou rasteiro na área, Chay finalizou, mas a goleira Carla Maria apareceu bem e evitou a abertura do placar.

Disputa de bola entre jogadoras das duas equipes

Aos poucos, o Centro Olímpico foi equilibrando novamente o jogo e ambas as equipes tiveram chances para abrir o marcador, mas pecavam na finalização. A situação do Santos ficou pior aos 43, quando Calan foi expulsa pela árbitra Fernanda dos Santos de Souza.

Antes do apito final, cada equipe teve uma grande chance. As Sereias, com Moretti, na grande área, quase marcou, mas a goleira Carla Maria fez uma defesa firme. Em seguida, após jogada de Otília Livia, a goleira Dani espalmou e Geise, sozinha, perdeu uma chance clara de dar o título para o Centro Olímpico. Com o placar em branco, a decisão do título foi para os pênaltis.

As Sereias começaram as cobranças com Moretti, que marcou. Geise também fez para o Centro Olímpico. Dani Silva e Karen, para o Santos, e Bruna Cabin e Maressa Luana, para a equipe da capital, deixaram as penalidades com o placar de 3 a 3.

A argentina Sole tenta passar pela marcadora

Kelly foi a quarta a bater para o Alvinegro, mas Carla Maria defendeu. Amanda cobrou para o Centro Olímpico e Dani espalmou. Giovana teve a chance de deixar as Sereias na frente, mas mandou a bola para fora. Brena poderia ter dado o título para o Centro Olímpico, mas a goleira do Santos espalmou a bola, que ainda bateu na trave direita, mas não entrou.

A decisão do título foi para as cobranças alternadas. Erikinha bateu e Carla Maria defendeu novamente. O título estava nos pés de Beatriz Menezes, que bateu bem e garantiu a conquista. Festa das jogadoras do Centro Olímpico, que conquistava a Copa Ouro.

Além da taça de campeã, O Centro Olímpico teve também a melhor jogadora da competição, Marjorie, e a goleira menos vazada, Carla Maria. As artilheiras do torneio foram Maria, Tcheury e Ketlen, todas do Santos, além de Marjorie, do Centro Olímpico, todas com dois gols marcados.

As jogadoras do Centro Olímpico mostrando as medalhas de campeã

Muito contente com o desempenho de suas atletas, o técnico da equipe da Capital Paulista, Jonas Urias, disse que o título veio em boa hora. "A eliminação do time no Brasileirão foi precipitada. O elenco vinha se apresentando bem e os resultados não condiziam com o que era apresentado. Além disso, a cada jogo, a equipe vem apresentando uma grande evolução".

Já o treinador do Santos, Caio Couto destacou a importância da competição para a preparação do Campeonato Paulista e analisou o jogo decisivo. “Foi importante para visar a melhor equipe para a estreia do Campeonato Paulista, mas infelizmente o adversário foi superior no primeiro tempo. Nós conseguimos igualar depois do intervalo, tendo mais chances de gols, chances claras. Não fizemos o gol. Fomos para os pênaltis, elas foram mais competentes e são merecedoras.”, disse o treinador.

Agora, as duas equipes se focam no Campeonato Paulista. O Centro Olímpico estreia no próximo sábado, dia 9, às 10 horas, contra o União Mogi, no Baetão, em São Bernardo do Campo. No domingo, as Sereias da Vila enfrentam o Taubaté, no Vale do Paraíba, às 10 horas.

Confira toda a decisão por pênaltis

Ficha Técnica

SANTOS 0 (3) X (4) 0 CENTRO OLÍMPICO

Data: 2 de abril de 2016.
Local: Vila Belmiro, Santos-SP.

Árbitra: Fernanda dos Santos de Souza.
Assistentes: Daniel Luís Marques e Luana Dias dos Santos.

Penalidades
Santos: Moretti, Dani Silva e Karen (fizeram); Kelly, Giovana e Erikinha (perderam).
Centro Olímpico: Geise, Bruna Cabin, Maressa Luana e Beatriz Menezes (fizeram); Amanda e Brena (perderam).

SANTOS FC: Dani; Giovana, Calan, Auinã e Dani Silva; Maria (Kelly), Sandrinha (Karen), Moretti ; Tcheury (Erikinha), Ketlen (Camila) e Chai (Sole) - Técnico: Caio Couto.

CENTRO OLÍMPICO: Carla Maria; Amanda Brandão, Giovanna, Bruna Cabin e Beatriz Menezes; Tauane, Marjorie e Brena; Otília Maria, Maressa Luana e Geise - Técnico: Jonas Urias.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações