sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Nordestão começa neste sábado


Começa neste sábado, dia 13, mais uma edição da Copa do Nordeste, conhecida carinhosamente como Nordestão ou Lampions League. A competição, uma das mais disputadas e que atrai mais público para os estádios em todo o País, conta com várias equipes tradicionais, mas terá duas baixas: Vitória e Náutico, que não conseguiram a vaga nos estaduais do ano passado. 

O Esporte Interativo promete transmissão ao vivo de todos os jogos da competição em seus canais. Além disso, o campeão garante vaga na Copa Sulamericana de 2017.

Confira quem são os participantes deste ano:

Grupo A

ABC

Vice-campeão estadual de 2015, o ABC volta à Copa do Nordeste depois de ter ficado fora da competição no ano passado. A equipe espera se recuperar depois de um fim de ano trágico, com o rebaixamento para a Série C do Nacional.

O ABC vem para o Nordestão dirigido pelo técnico Narciso (foto), que levou o Penapolense à semifinal do Paulistão de 2014. O time conta com a experiência do meia Lúcio Flávio para comandar as jogadas dentro de campo.


Campinense

Campeão do Nordeste em 2013 (foto), o Campinense disputa mais uma edição da competição por ter conquistado o Campeonato Paraibano do ano passado. Ainda em 2015, o Campinense caiu nas quartas de final da Copa do Nordeste.

Líder do Grupo A no Paraibano deste ano, a equipe do técnico Francisco Diá espera continuar com o bom momento na competição regional. O Campinense versão 2016 tem como destaques Roger Gaúcho e Raul.


Imperatriz


O campeão maranhense de 2015 volta à competição esperando surpreender e fazer uma boa campanha. Porém, a equipe não vem em um bom momento, ainda não venceu no estadual, e espera se recuperar na competição regional.

O destaque a equipe do técnico Pedrinho Rocha é o atacante Cris, um dos remanescentes da campanha vitoriosa no estadual do ano passado. 


Salgueiro


Vice-campeão pernambucano de 2015, o Salgueiro 'se intrometeu' entre os grandes do estado e deixou o Náutico de fora do Nordestão deste ano. No segundo semestre, o Carcará começou bem na Série C, mas caiu de rendimento e chegou a ficar ameaçado pelo rebaixamento.

O Salgueiro vem fazendo um bom papel no Hexagonal final do Pernambucano, onde venceu o Sport, empatou com o Santa Cruz e perdeu para o Náutico em jogo duro, e espera repetir o desempenho no Nordestão. A equipe dirigida pelo técnico Sérgio China, tem como destaque Cássio Ortega.


Grupo B

América de Natal


Classificado para a Copa do Nordeste por ter conquistado o Potiguar do ano passado, o Mecão vai tentar melhorar o seu desempenho na competição, já que no ano passado foi eliminado pelo Vitória nas quartas de final da competição.

A equipe, que conquistou a Copa do Nordeste na edição de 1998, é dirigida por Aluísio Nunes, conhecido também como Aluísio Guerreiro (foto). No estadual, o América, atualmente, ocupa a segunda colocação, dois pontos atrás do líder Globo.


CRB


Campeão alagoano de 2015, o CRB volta ao Nordestão querendo fazer uma campanha melhor que a do ano passado, quando não passou da primeira fase em um grupo que tinha Bahia, Campinense e Globo-RN.

Atual líder do Grupo B no estadual, o CRB conta como destaque na equipe o volante Matheus Galdezani, que apesar de ser responsável pela marcação no meio-de-campo da equipe, costuma surpreender e marcar gols. A equipe é dirigida por Mazola Júnior.


Coruripe


Vice-campeão alagoano de 2015, O Coruripe espera conseguir passar para a segunda fase da competição em 2016. No ano passado, a equipe não classificou para as quartas de final, apesar de ter ficado em segundo lugar em seu grupo, que tinha Sport, Sampaio Corrêa e Socorrense.

O técnico Jaelson Marcelino terá muito trabalho para acertar a equipe durante o Nordestão, já que o time não vem bem no Campeonato Alagoano, tendo sofrido três derrotas em cinco jogos na competição. O meia Geovani (foto) é um dos destaques do elenco.


Estanciano


O time sergipano conseguiu a vaga na Copa do Nordeste por ter sido vice-campeão estadual em 2015. Na Série D do Nacional, o Estanciando ficou em 10º. É a primeira vez que a equipe de Estância disputa a competição regional.

A equipe do técnico Everton Câmara (foto) vem bem começou bem no Campeonato Sergipano, vencendo os seus dois jogos, e esperar aproveitar o embalo para estrear bem no Nordestão. O destaque do time é Junior Mandacaru.


Grupo C

Bahia


Classificado por se sagrar campeão estadual em 2015, o Bahia já conquistou a competição duas vezes nos anos de 2001 e 2002. Ano passado o tricolor ficou com o vice-campeonato da competição, perdendo para o Ceará na final, já na série B os tricolores ficaram apenas em nono lugar e ainda viram os rivais do Vitória subirem.

Para a temporada 2016 os tricolores trouxeram sete reforços até agora, sendo o principal deles o atacante Hernane Brocador (foto - famoso por sua passagem pelo Flamengo), além deles o tricolor de aço trouxe os atacantes Edigar Junio e Luisinho, os volantes Juninho, Paulo Roberto e Danilo Pires e o lateral Tinga, este último foi considerado o melhor lateral-direito da Copa Nordeste em 2015 e jogou o Pan-Americano de Toronto com a seleção Brasileira. O treinador do tricolor é Doriva, que foi campeão Paulista em 2014, pelo Ituano, e Carioca em 2015, pelo Vasco.


Confiança


Também campeão estadual em 2015, o Confiança não passou da primeira fase na última edição da Copa do Nordeste. Na série C, o Gigante Operário ficou nas quartas de final eliminado pelo Londrina(que seria vice campeão), em 2016 o time volta a tentar o acesso à série B e também melhorar o desempenho na Copa Nordeste.

O time manteve parte da base de 2015, incluindo os artilheiros Leandro Kivel (foto) e Bibi, e trouxe oito reforços: o goleiro Henrique, os zagueiros Carlinhos e Lucas Rocha, o lateral esquerdo Izaldo, os meias João Guilherme e Júnior Paraíba e os atacantes Danilo Bala e Warley. O treinador continua sendo Betinho, o mesmo da campanha da série C no ano passado.


Juazeirense


Terceiro colocado no último campeonato baiano, a equipe de Juazeiro, no norte da Bahia, chega como a “zebra” do grupo e tenta surpreender os três grandes e buscar uma das vagas no mata-mata da competição. 

Para isso o Juazeirense conta com um elenco que mescla experiência e juventude e possui seus pilares nos atacantes Nino Paraíba (foto) e Sassá, o primeiro marcou 14 gols pelo Cuiabá em 2015, aliados a juventude de jogadores como Dudu Itapajé, com essa mescla o Juazeiro busca surpreender na temporada 2016, seu treinador será Sérgio Araújo.


Santa Cruz


Mais um campeão estadual a integrar o grupo C, o tricolor subiu para a série A do Brasileirão depois de excelente campanha na série B de 2015. Com isso, sobram motivos para apontar o Santa Cruz como um dos favoritos ao titulo da Copa Nordeste em 2016. Apesar do favoritismo o começo do santinha não é muito animador no estadual, já que o time ainda não venceu nenhum jogo em 3 disputados.

O time manteve parte da base do ano passado e trouxe 10 reforços, o mais famoso é o atacante Wallyson(artilheiro da Libertadores de 2011 pelo Cruzeiro), além dos dois, o goleiro Edson Kolin, os laterais Thiago Costa e Ramon, o volante Dedé, os meias Pedrinho Botelho e Leandro Lima e os atacantes Arthur, Keno e Ítalo, estes se juntam a um time que já tinha alguns destaques como o atacante Grafite e o meia Daniel Costa, eles serão comandados por Marcelo Martelotti (foto).


Grupo D

Botafogo da Paraíba


Vice-campeão estadual no ano passado, a estrela solitária paraibana é treinada por Itamar Schulle e vive bom momento no estadual onde lidera seu grupo. No ano passado o time fez péssima campanha na Copa do Nordeste e caiu na primeira fase, para não repetir o vexame este ano o time fez 20 contratações, entre elas o experiente atacante Pingo (foto - com passagens por CRB e Santa Cruz).

Contando com um elenco praticamente novo, o Belo tentará neste primeiro semestre a conquista do estadual e da Copa do Nordeste, no segundo semestre o desafio do alvinegro da estrela vermelha será a série C do Brasileirão.


Fortaleza


Campeão Cearense em 2015, o tricolor decepcionou na série C, quando caiu nas quartas de final para o Brasil de Pelotas. Na Copa do Nordeste, o time ficou nas quartas de finais também, eliminado pelo Sport. Esse ano o leão é comandado pelo treinador Flávio Araújo e tenta melhor sorte na competição buscando o titulo.

O Leão trouxe 13 reforços, entre eles alguns nomes famosos, como o goleiro Ricardo Berna (foto - campeão brasileiro pelo Fluminense), o lateral Moacir (ex-Sport e Corinthians). Outros reforços foram os laterais Willian Simões e Valdir, os zagueiros Edimar e Leonardo Luiz, os volantes Juliano e Guto, o meia Clebinho e os atacantes Anselmo, Juninho, Eduardo, Hudson e Núbio Flávio.


River


O River é o atual campeão piauiense e vice da série D nacional no ano passado. Já na Copa do Nordeste o time caiu na primeira fase. Este ano o Galo Carijó virá com maiores desafios, tanto a nível nacional quanto a nível regional.

O time piauiense é treinado por Zé Teodoro e foi destaque recentemente na mídia pelo treino de seus goleiros com bolas de tênis. O elenco vice da série D foi em boa parte mantido e reforçado pontualmente, entre estes reforços para a temporada 2016 está André Belezinha, que teve passagem apagada pelo Santos em 2006.


Sport


Terceiro colocado no último pernambucano, o Sport vem como um dos principais favoritos ao titulo da Copa do Nordeste em 2016. O Leão da Ilha fez campanha brilhante no Brasileirão, flertando em diversos momentos com o G4 e chegando inclusive a liderar a competição e conta com um dos maiores, se não o maior, orçamento de toda a Copa do Nordeste para buscar o quarto título da competição. 

O Sport, porém, perdeu boa parte do elenco da brilhante campanha em 2015 e o desafio de Paulo Roberto Falcão (foto) no comando do rubro-negro será manter e melhorar o que foi feito em 2015, o leão abriu os cofres para as contratações, entre as principais estão o meia Chileno Mark Gonzaléz(da seleção de seu país), o zagueiro colombiano Bocanegra e o também colombiano e meia Reinaldo Lenis. Além destes o Sport ainda trouxe 12 outros jogadores do futebol nacional, os principais são o meia Luiz Antônio que estava no Flamengo e o atacante Túlio de Melo que estava na Chapecoense.


Grupo E

Ceará


O fato de ser o atual campeão não garantiria vaga ao Ceará, que se classificou graças ao vice campeonato no estadual em 2015 numa das finais mais incríveis do ano. No segundo semestre o time permaneceu à duras penas na Série B graças ao grande trabalho do treinador Lisca “Doido” (foto), este ano o time tenta o bicampeonato.

Para 2016 o vovô manteve o Lisca e alguma parte do elenco do ano passado, mas jogadores como Guilherme Andrade, Vinicius e Victor Luis voltaram para seus clubes depois do fim de seus empréstimos. Já outros foram dispensados ou vendidos. Entre os principais reforços temos os meias Zezinho e Emanuel Biancucchi e o atacante Bill, além destes chegaram outros 15 nomes que buscam qualificar o elenco alvinegro em busca do bicampeonato da Copa e do acesso à serie A.


Flamengo do Piauí


Vice Campeão Piauiense ano passado, o Flamengo volta a participar da Copa do Nordeste depois de estar ausente ano passado e busca surpreender tanto o Ceará quanto o Sampaio Correia, equipes consideradas favoritas no grupo.

O treinador do Flamengo é o ex-jogador Athirson (foto), que é a principal estrela do time. O elenco foi praticamente inteiro renovado com jogadores indicados pelo ex-lateral esquerdo, entre eles o atacante e ex-jogador do River Kamar. Além de surpreender na Copa do Nordeste, o rubro-negro busca a vaga na Série D, para isso deve ganhar o estadual ou ser vice do River.


Sampaio Correa


O tricolor maranhense deve brigar com o Ceará pelo primeiro lugar durante toda a primeira fase. Vice-campeão estadual em 2015 e oitavo colocado na Série B, a Bolívia Querida tenta em 2015 buscar o primeiro titulo da Copa do Nordeste e o acesso à série A do Brasileirão.

Treinado pelo experiente Marcelo Chamusca, o clube manteve parte do elenco do ano passado e trouxe vários reforços, como o meia Choco, experiente e com passagens pelo futebol europeu e o lateral-esquerdo Guilherme Santos (foto), que jogou no Santos e no Atlético Mineiro. Além destes, outros 12 jogadores reforçaram o Sampaio Correa para 2016.


Vitória da Conquista


Surpreendente vice-campeão baiano em 2015, o Vitória da Conquista tenta continuar surpreendendo na Copa do Nordeste, numa competição cheia de contrastes, o Vitória sequer disputa alguma divisão do campeonato Brasileiro, mas está num grupo com dois postulantes ao acesso na Série B do Brasileirão.

O treinador do alviverde, Evandro Guimarães, teve de praticamente remontar o elenco para essa temporada, já que no segundo semestre o time não disputou nenhuma competição nacional, apesar disso, alguns destaques do estadual de 2015 retornaram para 2016, como o meia Erivelton (foto), o goleiro Carlos e o volante Júnior Gaúcho.


Regulamento

A Copa do Nordeste-2016 tem 20 participantes dos seguintes Estados: Pernambuco, Bahia (com três times cada), Ceará, Rio Grande do Norte, Alagoas, Paraíba, Maranhão, Sergipe e Piauí (com dois cada).

Na primeira fase, os 20 clubes foram divididos em cinco grupos com quatro times cada. Eles se enfrentam dentro de suas respectivas chaves, em turno e returno, em seis rodadas. Os primeiros colocados de cada grupo e os três melhores segundos avançam para a etapa seguinte.

Ceará campeão em 2015

Os duelos da segunda fase serão definidos por sorteio. Dentre os cinco classificados como líderes de suas chaves, os quatro melhores formam o Bloco I. O pior líder se junta aos segundos colocados no Bloco II. Cada time do Bloco I enfrenta um rival do Bloco II em duas partidas e faz o segundo jogo em casa. Os vencedores passam para as semifinais, também em dois jogos. Os ganhadores decidem o título, em partidas de ida e volta.

Nos mata-matas, os critérios de desempate são saldo de gols e gols marcados como visitante. Se persistir a igualdade, haverá cobrança de pênaltis.

Os critérios de desempate na primeira fase são os seguintes:

a) Maior número de vitórias;

b) Maior saldo de gols;

c) Maior número de gols pró;

d) Confronto direto (somente entre dois clubes e considerando os gols como visitante);

e) Menor número de cartões vermelhos;

f) Menor número de cartões amarelos;

g) Sorteio.

Confira a tabela da competição aqui.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações