sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Jogadores cantados nos hinos de clubes

Eurico Lara, Domingos da Guia e Leônidas da Silva

Praticamente todos os clubes do futebol brasileiro têm hinos. E as letras destas canções falam das glórias, vitórias marcantes e títulos. Alguns também abordam fatos pitorescos. Há também alguns casos, bem poucos, para falar a verdade, de hinos que falam dos ídolos do clube. E é isto que este texto vai abordar.

O hino mais famoso que cita um ídolo do clube é o do Grêmio. E o homenageado é o goleiro Eurico Lara. Ele, que foi titular incontestável do gol do Tricolor Gaúcho entre as décadas de 20 e 30, ficou marcado por ser um grande atleta, é citado no seguinte trecho do hino:

... Lara o craque imortal
Soube seu nome elevar
Hoje com o mesmo ideal
Nós saberemos te honrar...

Suas histórias pelo Grêmio ficaram tão marcantes, ele defendeu o time até sua morte, em 1935, que surgiram até lendas relacionadas ao goleiro. Uma delas diz que Eurico Lara teria morrido em pleno "Grenal Farroupilha", após defender um pênalti chutado pelo seu próprio irmão. Na verdade, ele morreu dois meses depois, não houve pênalti na partida, e nenhum irmão de Lara jamais jogou no rival Internacional.

Hino do Grêmio

Os próximos dois atletas citados em hinos têm várias características semelhantes: disputaram a Copa de 1938 foram os jogadores mais famosos do Brasil na década de 1930 e ainda têm seus nomes cantados nas canções de clubes compostas por Lamartine Babo.

Aliás, aqui vai um adendo.Lamartine Babo é o autor dos hinos de 11 clubes do futebol carioca. E isso nasceu em uma aposta em um programa de rádio, o Trem da Alegria. Lamartine havia composto a marchinha do Flamengo (Uma vez Flamengo...), que acabou virando hino informal da agremiação, no carnaval de 1945. Depois disso, Heber de Boscoli o desafiou a fazer canções dois outros 10 clubes do Rio de Janeiro e a cada semana ele os apresentou.

Pois quando chegou a vez do Bangu, que havia sido campeão carioca em 1933, Lamartine Babo, que era torcedor do America, resolveu homenagear o zagueiro mais famoso da época, que surgiu no Alvirrubro: Domingos da Guia. Então, a marchinha tem a seguinte citação:

... De lá, pra cá,
Surgiu Domingos da Guia...

Domingos da Guia foi ídolo no Bangu, Vasco da Gama, Nacional do Uruguai, Flamengo e Boca Juniors e Corinthians. Sua classe dentro de campo o fez ganhar o apelido de Divino Mestre, fazendo 30 jogos pela Seleção Brasileira.

Hino do Bangu

Mas Lamartine Babo também usou um outro grande craque quando fez a letra do hino do Bonsucesso: o grande Leônidas da Silva. O craque 'estourou' para o futebol no Rubro-Anil e é claro que o compositor não o deixou de fora da canção:

... Lá surgiu um jogador sensacional
Surgiu Leônidas, o maioral!...

Leônidas foi o grande nome do futebol brasileiro nas décadas de 30 e 40. Além do Bonsucesso, o Diamante Negro foi ídolo no Peñarol, Vasco, Flamengo e São Paulo. Foi artilheiro da Copa do Mundo de 1938, quando o Brasil foi terceiro colocado.

Hino do Bonsucesso

Mas a história das canções com atletas não pára por aqui. Há um outro hino em que um jogador é citado. Quem lembrou disso foi o participante do Panico na Rádio Jovem Pan e Rede Bandeirantes de Televisão, Marcelo de Senna, que tem um blog sobre futebol, o Arte da Bola. O Araxá Esporte Clube, de Minas Gerais, ficou conhecido como Ganso na década de 60 e, por isso, na letra de seu hino tem os seguintes dizeres:

... Ganso forte e genial
Em campo toca e controla a bola
A sua raça engrandece a nossa história
Cantando e vivendo sua glória...

Bom, ao ler isso, você deve estar perguntando: "ganso não é a mascote do clube?". Sim, é! Porém o Araxá ganhou o apelido de Ganso devido ao capitão e beque central do time campeão da Segunda Divisão em 1966, de mesmo nome. Quando o Araxá venceu a Usipa de Ipatinga na grande final, foi com um gol de pênalti dele. O placar do jogo no Estádio Fausto Alvim foi 2 a 1 para o alvinegro.

Hino do Araxá EC

E vocês? Lembram de mais algum hino citando ídolos do clube? Comentem aqui!
←  Anterior Proxima  → Inicio

2 comentários:

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações