segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

É campeão! São Paulo conquista a Libertadores Sub-20

Jogadores do Tricolor levantam a taça

A torcida do São Paulo nem teve tempo de ficar triste com mais uma derrota para o Corinthians, em clássico realizado na tarde do último domingo, dia 14. Ainda ontem, à noite, a equipe Sub-20 do Tricolor fez história, diante do Liverpool uruguaio. Em partida realizada no estádio Defensores Del Chaco, em Assunção, no Paraguai, os atletas juniores venceram por 1 a 0 e conquistaram a Copa Libertadores da América Sub-20. É a primeira vez que uma equipe brasileira vence a competição.

Sem suspensos e lesionados, o técnico André Jardine optou por repetir a equipe que atuou nas duas últimas partidas: Perri, Foguete, Maidana, Kal e Inácio; Banguelê, Artur e Lucas Fernandes, David Neres, Luiz Araújo e Pedro. O time uruguaio aproveitou que o regulamento permitia utilizar até cinco atletas nascidos em 1995 e escalou quatro, enquanto o Tricolor viajou apenas com atletas nascidos em 1996 e 1997, prestigiando aqueles que vinham jogando e vencendo na temporada, sem recorrer a ninguém do profissional.

Como apontado por Jardine durante os dias que antecederam a partida, a equipe uruguaia apresentaria marcação forte desde o início. O São Paulo, acostumado a colocar a bola no chão e trocar passes, não conseguia encaixar bons contra-ataques e nem penetrar na área adversária.

Partida foi pegada, com três expulsões

O São Paulo teve algumas boas chegadas na primeira etapa, se mostrando melhor na partida. Artur chutou de fora da área e a bola desviou no zagueiro, enganando o goleiro, mas saiu pela Lina de fundo. David Neres, após jogada individual, tabelou com Pedro e finalizou, porém por cima do gol. Aos 37 minutos, duas grandes chances para o Tricolor, com Inácio e depois Neres, acabando com duas defesas do goleiro do Liverpool.

Aos 42 minutos, Luis Araújo fez boa jogada individual pela esquerda, bateu cruzado e goleiro Rodríguez fez grande defesa. Já o adversário se aproveitou de uma falta não marcada em Perri, e uma consequente falha, que Inácio tirou de cima da linha.

No segundo tempo, novamente a marcação do Liverpool segurou o São Paulo nos primeiros minutos, não deixando os tricolores sairem do campo de defesa. Aos 9 minutos, após troca de passes dentro da área, David Neres bateu rasteiro, mas Rodríguez defendeu. Aos 18, Banguelê tabelou com Luiz Araújo e finalizou, mas o zagueiro desviou. Três minutos depois, Artur tentou encobrir o goleiro, mas a bola passou por toda a pequena área. Luiz Araújo tentou completar, mas mandou pelo lado de fora da rede.

Comemoração do gol Tricolor

O Liverpool começou a segurar a partida, fazendo cera a cada falta e tiro de meta, enquanto os são-paulinos queriam jogar. Aos 38 minutos, o São Paulo conseguiu balançar as redes. Luiz Araújo avançou pela esquerda e cruzou para David Neres. O meia passou para Lucas Fernandes, que na segunda tentativa conseguiu marcar. 1 a 0. Em seguida, os uruguaios foram para cima de David Neres e começou uma briga generelizada. David Neres e De Amores, do Liverpool, foram expulsos.

Quando a partida reiniciou, André Jardine fez duas substituições: Sairam Pedro e Araújo, para a entrada de Shaylon e Gabriel, respectivamente. Depois saiu Artur e entrou Queiroz. O árbitro deu 7 minutos de acréscimos, e o jogo permaneceu tenso até o apito final, com mais um atleta do Liverpool expulso e mais brigas. Mas ao fim, o São Paulo sagrou-se campeão invicto da Libertadores da América Sub-20.

Para chegar à final da Libertadores Sub-20, o São Paulo empatou na primeira fase com o Libertad, em 1 a 1, em partida que teve dois jogadores expulsos, venceu o Independiente Del Valle por 8 a 0 e o Melgal por 3 a 0 na primeira fase. Na semifinal superou o Lanús, por 3 a 2, de virada, após sair perdendo de 2 a 0 em menos de 20 minutos. Esta foi a quarta final desde que André Jardine assumiu o São Paulo, em fevereiro de 2015, sendo que venceu a Copa Ouro, Copa do Brasil e Copa RS.

Jogadores festejam a conquista

Ficha Técnica

SÃO PAULO X LIVERPOOL (URU)

Data: 14/02/2016
Horário: 20h15 (Paraguai); 21h15 horário brasileiro de verão
Local: Estádio Defensores Del Chaco - Assunção/Paraguai
Árbitro: Jesus Valenzuela (VEN)
Assistentes: Túlio Moreno (VEN) e Franchescoly Chacón (VEN); Quarto árbitro: Luis Garay (PER)

São Paulo: Perri; Foguete, Maidana, Kal e Inácio; Banguelê, Artur (Queiroz) e Lucas Fernandes; David Neres, Luiz Araújo (Gabriel) e Pedro (Shaylon) - Técnico: André Jardine.

Liverpool-URU: Rodrigo Rodríguez; Facundo Mallo, Pablo Matías González (Enzo Romero), Lautaro De Amores e Emanuel Machado; Sebastián Peluffo, Cristian Sención, Nicolás de la Cruz e Santiago Laport (Jonathan Silveira); Jhon Pintos (Ignacio Pintos) e Ignacio Ramírez. - Técnico: Alejandro Bertoldi.

Cartões amarelos: Maidana (1T), Banguelê (2T), Inácio (2T)

Cartões vermelho: David Neres, Lautaro de Amores, De La Cruz (2T)

Gol: Lucas Fernandes, 38' 2T.

* Com informações da Assessoria de Imprensa do São Paulo FC. Fotos: Igor Amorim / São Paulo FC.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações