quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Argentinos são maioria entre jogadores e treinadores na Libertadores 2016

Por Juliano Ravanelli*


A Libertadores já começou e resolvemos fazer uma análise da lista de inscritos na Copa Libertadores de 2016, divulgada pela Confederação Sulamericana de Futebol, a Conmebol. A pesquisa mostrou que os argentinos dominam a competição e uma constatação que pode dar razão aos críticos dos treinadores brasileiros: apenas três equipes de toda a competição são dirigidas por técnicos nascidos por aqui, contra 14 da Argentina.

Ao todo, 1086 jogadores já foram inscritos pelos 38 clubes na competição. Vale lembrar que cada equipe que jogou a primeira fase podia inscrever 25 atletas e deixar um de sobreaviso. Já na atual fase de grupos, 30 atletas vão para a lista final. No mata-mata, cada equipe pode trocar até três jogadores. Confira o levantamento:


ATLETAS POR NACIONALIDADE

O argentino Pratto, do Atlético Mineiro

Os argentinos dominam : são 216 jogadores que nasceram no país. Como você verá mais abaixo, apenas sete equipes de toda a competição não têm argentinos em seu elenco. Vamos ao levantamento:

Argentina 216; Brasil 135; Uruguai 116; Colômbia 100; Paraguai 95; Venezuela 79; Equador 73; Peru 73; Chile 70; Bolívia 62; México 60; Espanha 2; e Costa Rica, Estados Unidos, Itália, Panamá e Portugal 1.


TREINADORES POR NACIONALIDADE

Bauza é um dos treinadores argentinos na competição

Aqui a coisa 'fica preta' para o futebol brasileiro. Apenas Corinthians, Palmeiras e Grêmio, em toda a competição, têm treinadores nascidos por aqui, contra 14 argentinos e oito uruguaios.

Argentina 14; Uruguai 8; Brasil 3; Chile, Colômbia, Espanha, Peru, Venezuela 2; e Bolívia, México e Paraguai 1.


CURIOSIDADES

- A equipe com maior número de estrangeiros é o Pumas, do México. São 10 no total, sendo dois uruguaios, colombianos, paraguaios e argentinos, além de um equatoriano e chileno;

- As equipes com menor número de estrangeiros são: Grêmio, Huracán, Olimpia e Rosario Central. Apenas um jogador de outro país cada;

Léo Gamalho na apresentação no Nacional

- São cinco jogadores brasileiros inscritos por equipes estrangeiras: Diogo (29 anos), lateral do Peñarol, Ronaldo Conceição (28), zagueiro do River Plate uruguaio, Enilton Pedroso (21), atacante que também joga no River do Uruguai, Luís Fernando Martelli (30), zagueiro do The Strongest, e Léo Gamalho (30), atacante do Nacional do Uruguai;

- Apenas sete equipes não possuem argentinos inscritos: Caracas, Corinthians, Grêmio, Independiente Del Valle, Olimpia, River Plate do Uruguai e Deportivo Táchira;

- São quatro jogadores europeus inscritos: Juan Muguel Callejon e José Luiz Sanchez, meias espanhóis do Bolivar, Derlis Mez, volante paraguaio naturalizado italiano, que joga no Cerro Porteño, e Luís Leal, atacante português que tem a cidadania de São Tomé e Príncipe, que também joga no Cerro Porteño.

* Juliano Ravanelli, 33 anos, é escriturário, morador de Rafard-SP e um apaixonado por Futebol, seja ele de qualquer país ou divisão.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações