domingo, 6 de dezembro de 2015

Rio Preto conquista Brasileirão Feminino

Entrega da taça para o Rio Preto (foto: Cezar Trunkl)

O Rio Preto garantiu o título do Brasileirão Feminino Caixa de 2015 ao garantir um empate em 1 a 1, com o São José. O jogo foi realizado na noite deste domingo, dia 6, no Vale do Paraíba. Este foi o primeiro título nacional da equipe de São José do Rio Preto. No primeiro jogo, realizado em 22 de novembro, em São José do Rio Preto, o Jacaré havia vencido por 1 a 0.

O gramado do Estádio Martins Pereira apresentava várias poças d'água. São José dos Campos teve tempo chuvoso praticamente em todo o final de semana. E o estado do gramado atrapalharia o espetáculo.

Choveu durante praticamente toda a partida (foto: Cezar Trunkl)

O jogo começou aberto. O São José foi para cima, pois precisava da vitória para conquistar o título. O Rio Preto não ficou preso na defesa e sempre tentava ir ao ataque.

Por não ficar apenas na defesa, se garantindo na vantagem, o Rio Preto foi premiado. Jessica abriu o placar aos 18 minutos, após cobrança de falta. A equipe do Jacaré, com isso, abriu grande vantagem, pois venceu o primeiro jogo em casa por 1 a 0. 

Jogadoras foram comemorar com a torcida (foto: Cezar Trunkl) 

Isso forçou com que o São José se lançasse ainda mais ao ataque, pois precisava de três gols para conquistar o título. Porém, está postura deixava espaços para o Rio Preto usar os contra-ataques. Além disso, a equipe da casa abusava dos passes errados. Mas aos 34 minutos, o São José chegou ao empate. A experiente Formiga cruzou bola pela direita e Chú, com um peixinho plasticamente perfeito, marcou um belo gol. No placar, 1 a 1.

Na segunda etapa, o Rio Preto ficou na defesa, esperando a chance do contra-ataque, enquanto o São José foi para o abafa, já que precisava da vitória. Aos 11, o São José quase virou com chute de fora da área de Alana. 

Oração das atletas (foto: Cezar Trunkl)

Aos 14, Yasmin, lateral do São José, cobrou falta da esquerda, que acertou a trave. No rebote, Chú pegou de voleio, mas a bola foi para fora. Aos 18, após cobrança de escanteio, Formiga quase marca de letra. Só dava São José.

Depois dos 20 minutos, o ritmo da partida teve uma queda. Ambas as equipes sentiram o cansaço da maratona de jogos. Algumas atletas estavam na Seleção Brasileira, outras no Sulamericano Sub-20 e quem estava nos clubes disputou o Jogos Abertos do Interior, ganho pelo São José, contra o próprio Rio Preto, por 1 a 0, em partida realizada ontem, em Barretos, em partida realizada em dois tempos de 30 minutos.

Aos 45, o Rio Preto quase fez o gol da vitória, com Elis. Mas, mesmo assim, o título ficou com o Jacaré. As jogadoras foram comemorar com os torcedores da equipe, que viajaram quase 500 km. A festa foi grande, pois é o primeiro título de expressão da equipe no Futebol Feminino.

* Um agradecimento ao amigo Cezar Trunkl, que esteve presente na partida e enviou as fotos, colaborando com O Curioso do Futebol. Valeu!
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações