quinta-feira, 19 de novembro de 2015

As histórias do gol mil de Pelé

Gol mil de Pelé rende várias histórias

Além de ser o dia da bandeira, 19 de novembro é uma data especial para os amantes do futebol. Nesta data, no ano de 1969, Edson Arantes do Nascimento, Pelé, considerado o Rei do Futebol marcou o milésimo gol em uma vitória do Santos FC contra o Vasco da Gama, no Maracanã, por 2 a 1. Porém, há quatro histórias referentes ao gol mil.

A primeira é que quando Pelé, na época, foi chegando próximo do seu milésimo gol como profissional, a imprensa esportiva brasileira foi fazendo uma verdadeira contagem regressiva para o tento mil. E quando o Santos ia jogar nas cidades, o Rei era recebido com grande festa, inclusive ganhando título de cidadão local. Os políticos locais torciam para que o atleta do século fizesse o tão famoso gol em seu município.

Em 14 de novembro de 1969, o Peixe desembarcava em João Pessoa para um amistoso contra o Botafogo local. A conta dos gols de Pelé estava em 998. A delegação santista sentiu algo estranho no ar. Achavam que estava tudo pronto para a festa e que poderiam facilitar a vida do Rei. Então, a Comissão Técnica do Peixe tomou uma atitude drástica: não colocou um goleiro reserva na relação para a partida. Normalmente, quando o goleiro não podia ser substituído, quem assumia a posição era Pelé.

A partida começou e Pelé logo fez o 999º gol. Logo, o Santos abriu 3 a 0. Percebendo que realmente havia uma certa facilitação para que ele fizesse o gol mil, o goleiro Jairzão alegou sentir uma contusão. Como não havia um arqueiro reserva, Pelé foi defender a meta santista e o gol mil não saiu em João Pessoa.

Pelé batendo o pênalti histórico

A segunda história aconteceu dois dias depois, em Salvador. O Santos foi enfrentar o Bahia, que tinha um bom time. Ao contrário da partida anterior, o time local endureceu o jogo para o Peixe. A peleja era complicada, mas, de repente, Pelé faz uma jogada de gênio, daquelas que fez jus a alcunha de Rei.

O atleta do século saiu fazendo 'fila' no time baiano, desde o meio de campo, tabelou com o companheiro santista, deu mais um drible na entrada da área, limpou o goleiro e saiu para comemorar. Seria o gol mil! Seria uma festa! Mas seria...

Como todo mundo estava de olho em Pelé, ninguém viu o zagueiro do Bahia, Nildo, fechando a jogada e indo para o gol. Então, quando a bola caminhava para o fundo das redes, o defensor conseguiu afastá-la antes da linha, salvando o Bahia de tomar o gol.

Mas este não era um gol comum. Era o gol mil de Pelé! E a surpresa: ao invés de a torcida do Bahia aplaudir o zagueiro que salvou o time do coração de tomar um gol, ela mandou uma sonora vaia para o Nildo, mesmo ele tendo fazendo o certo. A partida terminou 1 a 1, o gol mil não saiu em Salvador e, três dias depois, no Maracanã, contra o Vasco, de pênalti, o Rei fez o que todos esperavam.

A comemoração depois do gol

Porém, esta história não pára por aqui e chega a terceira história. Em maio de 1995, uma reportagem do jornal Folha de São Paulo encontrou um gol a mais do Rei Pelé no Campeonato Sul-Americano Militar de 1959, contra o Paraguai. O gol mil, assim, teria acontecido cinco dias antes, em 14 de novembro de 1969, exatamente no amistoso contra o Botafogo da Paraíba.

Mas quem disse que situação estava solucionada? Algumas pesquisas para projetos como Pelé Eterno (o documentário) e Historiografia do Futebol Brasileiro, foram encontradas algumas partidas perdidas de Pelé. Estas pesquisas sugerem que o gol mil teria ocorrido em 12 de novembro de 1969, na partida Santos 4 x 0 Santa Cruz de Recife.

Porém, oficialmente ainda se comemora que em 19 de novembro de 1969 Pelé fez o gol mil. Foi quando todo mundo parou e teve a grande festa. Por isso, hoje faz 46 anos deste gol tão importante do Rei do Futebol.
←  Anterior Proxima  → Inicio

Um comentário:

  1. 1000 gols contando jogos do exercito e amistosos .o que vale sao os gols emjogos oficiais e pele tem uns 800 .

    ResponderExcluir

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações