terça-feira, 8 de setembro de 2015

Rogério Ceni campeão mato-grossense em 1990

Com 17 anos, Rogério Ceni foi campeão Mato-grossense

Ontem, o goleiro Rogério Ceni completou 25 anos de São Paulo FC. Porém, a história no futebol profissional do maior ídolo do Tricolor Paulista começou em Mato Grosso, no time do Sinop, inclusive com título: campeão estadual em 1990.

Rogério Ceni nasceu em Pato Branco, no Paraná, em 22 de janeiro de 1973. Ainda novo, ele começou a jogar futebol em sua cidade natal, mas na linha. Aos 11 anos, em 1984, Rogério foi morar com os irmãos mais velhos em Curitiba, capital paranaense.

No ano seguinte, devido à crise madeireira no Paraná, Rogério Ceni, junto com a família, mudaria para o Mato Grosso. O município escolhido foi Sinop. A cidade projetada foi construída por paranaenses (Sinop é a sigla de Sindicato dos Imobiliários do Norte do Paraná) e o clã Ceni se sentiu em casa.

Em Sinop, além de estudar, Rogério Ceni tinha três atividades: trabalhava como auxiliar de serviços gerais (o popular office-boy) no Banco do Brasil da cidade e jogava futebol como volante, no time do serviço, e voleibol no time da cidade.

Foto dos campeões

Até que um dia, o goleiro do time, que coincidentemente era o chefe de Rogério, não foi jogar. Por ser o mais novo do time, o futuro capitão são-paulino foi para o gol. Nisto, ele descobriu suas habilidades para defender a meta e, em 1989, fez alguns testes no Sinop Futebol Clube, porém não foi chamado para fazer parte do elenco que disputou pela primeira vez o Campeonato Mato-Grossense.

Apenas no ano seguinte, já com 17 anos, é que surgiu o convite para ser o terceiro goleiro da equipe, reserva de um dos goleiros da equipe. Como ainda trabalhava no Banco do Brasil, Rogério conciliava os treinamentos com o emprego e os estudos.

Durante o primeiro turno do campeonato, o goleiro titular Marília e seu reserva Valdir Braga se machucaram e o técnico Nilo Neves confiou a Rogério a missão de disputar o restante da competição estadual.

Seu primeiro jogo como titular foi no estádio Luis Geraldo da Silva, mais conhecido na região como Geraldão, contra o Cáceres. Rogério defendeu um pênalti no primeiro tempo e o jogo terminou empatado em 1 a 1. Depois desse dia, não largou mais a posição de titular da camisa 1.

O jovem goleiro foi um dos destaques da competição e ajudou o Sinop a conquistar o título estadual daquele ano. Foi a primeira vez na história do futebol mato-grossense que uma equipe do interior do estado sagrou-se campeã da primeira divisão.

Os três goleiros do elenco do Sinop em 1990

Após a conquista do título estadual, o Sinop encerrou suas atividades durante a temporada, pois não disputaria outra competição no segundo semestre. Rogério então voltou a trabalhar no Banco do Brasil e a jogar no time da empresa.

Com uma indicação de um diretor do Sinop Futebol Clube, por intermédio do conselheiro José Acras, Rogério desembarcou na capital paulista para fazer um teste no São Paulo Futebol Clube. Foi no dia 7 de setembro de 1990 que Rogério entrou pela primeira vez em campo no Centro de Treinamento da Barra Funda. A partir desse dia, Rogério Ceni e São Paulo FC teriam uma história juntos.

*Com informações de www.marcelodieguez.com.br.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações