sábado, 19 de setembro de 2015

Grêmio Prudente surpreende no fim e vence Taboão

O Taboão tentou, mas o Grêmio Prudente acabou marcando no fim

Cumprindo seu segundo e último jogo de punição em conseqüência das ocorrências na partida contra o Jabaquara, ainda na primeira fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, a Bezinha, o Taboão da Serra teve que, novamente, adotar o Estádio Ulrico Mursa, em Santos, como sua casa provisória. Porém, o lugar não deu sorte novamente para o Cão Pastor, que perdeu de 2 a 0 para o Grêmio Prudente na tarde deste sábado. A equipe do interior, com a vitória, entrou na briga pelo acesso.

Mesmo depois de ganhar do Olímpia, no interior, e se aproximar da zona de acesso à Série A-3, os torcedores do Taboão não se empolgaram para descer a serra e acompanhar a equipe na tarde de calor na cidade praiana. Apenas 23 pagantes no estádio, sendo que a maioria era de pessoas de Santos (sinceramente, não lembro de um jogo com cobrança de ingresso com um público tão pequeno que eu tenha ido). Foi uma pena, pois a equipe sentiu falta do apoio dos adeptos, sempre presentes nos jogos em São Paulo. Mas vale destacar a presença dos amigos Manoel Ruas, Nelson Dias Junior e seu filho Marcio, Maciel, Walter Dias, Samuca Canizzaro, Gabriel, Alex e Vinícius.

Tentativa de jogada pela direita

Já o Grêmio Prudente vinha em busca de um resultado melhor. No último domingo, jogando em casa, a equipe cedeu o empate ao Assisense no último lance da partida. O resultado não agradou os dirigentes do clube, que partiram para cima do árbitro. Até o prefeito da cidade foi reclamar de possíveis erros do apito.

Mas para a partida deste sábado, a equipe do técnico Lelo, que treinou a Portuguesa Santista em 2014, tinha um sério desfalque que conhece muito os atalhos de Ulrico Mursa: o meia Edson Pio, o jogador que mais vezes vestiu a camisa da Briosa nos últimos 10 anos, estava contundido e não foi para o jogo.

A partida começou apática. Se o calor em Santos não era tão forte como foi o de sexta-feira, o sol ainda atrapalhava a performance de ambas as equipes. Aos poucos, o Taboão começou a ter mais domínio do jogo, mas sem dar trabalho ao goleiro Jefferson. O Grêmio Prudente chegou duas vezes com perigo em escanteios venenosos cobrados pelo meia Gustavo Laguna, que fizeram Walter trabalhar.

Disputa pela bola ainda na primeira etapa

No final da primeira etapa, o Taboão caiu fisicamente e o Grêmio Prudente equilibrou as ações, tentando ser mais incisivo no ataque, mas sem criar chances claras de gol. E, dessa forma, a partida foi para o intervalo com o placar em 0 a 0.

O segundo tempo iniciou como o primeiro, apático, mas com o Taboão um pouco melhor. Como os principais jogadores do Cão Pastor, Francisco Alex e Fernando Gaúcho, não estavam inspirados, o time não chegava no ataque com perigo. E assim, o Grêmio Prudente foi gostando da partida e arriscando alguns chutes de fora da área.

A partir dos 30 minutos, a equipe do interior foi superior e começou a dar pinta de que o gol poderia sair. Aos 36 minutos, em jogada pela direita, Du, que havia entrado no lugar de Adriano, foi mais esperto que os zagueiros do Taboão e, de cabeça, abriu o marcador: 1 a 0 para o Grêmio Prudente.

Falta cobrada pelo Grêmio Prudente

O Taboão foi para o tudo ou nada, tentando empatar a partida e o Grêmio Prudente ficou na defesa, esperando uma chance para o contra-ataque. E a oportunidade veio aos 44 minutos. A defesa do Cão Pastor afastou mal a bola, que sobrou para Gustavo Laguna. O atacante, o melhor jogador da partida, carregou a 'pelota' até a grande área e não perdeu a oportunidade: 2 a 0 para o Grêmio Prudente.

O Taboão sentiu o segundo gol tomado e não conseguiu reagir nos poucos minutos que teve. O árbitro Rodrigo Pires de Oliveira encerrou a partida aos 49 minutos e o Grêmio Prudente conseguiu mais três pontos na fase decisiva da Bezinha.

O Taboão da Serra, com cinco pontos, caiu para o quarto lugar no Grupo 5 e agora enfrenta o Jabaquara, no sábado, 15 horas na volta ao Estádio Vereador José Ferez. Já o Grêmio Prudente foi a sete pontos, empatando com o Olímpia, segundo colocado, e joga no dia 27, domingo, 10 horas, contra o rival direto pelo acesso, fora de casa.

Uma das poucas chegadas do Taboão no segundo tempo

Ficha Técnica

Taboão da Serra 0 x 2 Grêmio Prudente

Data: 19/09/2015
Local: Estádio Ulrico Mursa - Santos
Público: 23 pagantes
Renda: R$ 249,00

Taboão da Serra: Walter; Rodrigo, Danilo, Ávila (Ramon) e Boré (Renan); Caíque, Vitor Hugo, Léo Cruz e Francisco Alex; Juninho (Felipe) e Fernando Gaúcho - Técnico: Nei Silva.

Grêmio Prudente: Jefferson; Greick (Carlinhos), Guilherme Teixeira, Rodolfo e Marquinhos; Raul Silva, Adriano (Du), Bruno Ribeiro e Bebeto (Cristian); Gustavo Laguna e Thiago Nonato - Técnico: Lelo.

Árbitro: Rodrigo Pires de Oliveira.
Assistentes: Marco Antonio de Andrade Motta Junior e Alberto Poletto Masseira.

Cartões Amarelos: Caíque, Léo Cruz e Ramon (Taboão da Serra).

Gols: Du 36' 2T e Gustavo Laguna 44' 2T (Grêmio Prudente).
←  Anterior Proxima  → Inicio

3 comentários:

  1. Eu so nao entendi o que tanto trocavam palavras Nelsinho e Lelo , a menos que Nelsinho
    esteja querendo mudar de profissao ahahahahahahaha

    Manoel Ruas

    ResponderExcluir

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações