terça-feira, 15 de setembro de 2015

Espanha 3 x 1 Portugal - A primeira vez da Seleção Portuguesa

A primeira Seleção Portuguesa

Atualmente uma das seleções que marcam presença constante nos mundiais (desde 2002, esteve presente em todas) e que conta com um dos melhores jogadores da atualidade, Cristiano Ronaldo, a Seleção Portuguesa conta com uma bela história, de grandes jogadores como Eusébio, Paulo Futre e Luís Figo, que começou em 1921.

A data, se você for parar para pensar, é um pouco tardia. Os países europeus, em sua maioria, já jogavam entre si a alguns anos antes da criação da Seleção Portuguesa. Por isso, os adeptos do esporte no país cobravam a montagem do selecionado para representar o rubro-verde em jogos internacionais.

Mais uma imagem da pioneira seleção

Foi assim que, em 1921, foi montada a primeira Seleção Portuguesa. E como acontece na maioria dos casos de estreia, o rival escolhido para o embate foi a seleção do país vizinho: a Espanha. Os espanhóis jogaram pela primeira vez em um selecionado em 1920 e este ano de experiência foi fundamental na partida.

O jogo foi marcado para o dia 18 de dezembro de 1921, no Estádio Manzanares, em Madri. Com uma pequena experiência em partidas internacionais e jogando em casa, a Espanha era a favorita para a partida, além de contar com o grande goleiro Zamora, considerado, na época, um dos melhores da Europa.

Pois logo no início da partida, os portugueses sentiram o peso da estreia. Com 10 minutos de partida, os espanhóis já estavam ganhando por 2 a 0, com gols de Meana e Alcantara. Após o susto, a Seleção Portuguesa começou a equilibrar a partida e chegando algumas vezes com perigo ao gol de Zamora.

Arrate e Cândido Oliveira - os dois capitães

Na segunda etapa, a Espanha voltou a dominar o jogo, mas sem criar grandes chances. O terceiro gol espanhol saiu aos 21 minutos, novamente com Alcantara. O time espanhol era mais experiente e mostrava isso em suas jogadas, bem melhor tramadas.

Mesmo com um 3 a 0 contra no placar, os portugueses continuavam tentando o primeiro gol, aquele que ficaria na história. E conseguiram aos 30 minutos do segundo tempo: de pênalti, Alberto Augusto deixou seu nome para sempre nos anais do futebol português ao marcar o tento lusitano.

O início da Seleção Portuguesa foi complicado. A primeira vitória só veio em 1925, contra os italianos por 1 a 0. Já o primeiro triunfo contra os espanhóis foi apenas em 1937. Porém, Portugal já deixou sua marca no futebol mundial. Esteve em duas semifinais de Copa do Mundo e uma final de Eurocopa.

Ficha Técnica

Espanha 3 x 1 Portugal

Data: 18 de dezembro de 1921.
Local: Estádio Manzanares - Madri - Espanha.
Público: 14 mil torcedores.
Árbitro: M. Barette (Bélgica).

Espanha: Zamora; Meana e Fajardo; Balbino, Pololo, Arrate; Sesumaga, Arbide, Pagaza, Olaso e Alcantara - Técnicos: Manuel Castro e Julian Ruéte.

Portugal: Carlos Guimarães; Vitor Gonçalves e Atónio Pinho; Jorge Vieira, João Maia e Lopes; Cândido de Oliveira; José Maria Gralha, Ribeiro dos Reis, Alberto Augusto e Artur Augusto - Técnico: Carlos Vilar.

Gols: Meana 6' 1T, Alcantara 10' 1T e 21' 2T (Espanha) e Alberto Augusto (pênalti) 30' 2T (Portugal).
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações