quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Edmundo no Corinthians

Apresentação de Edmundo no Corinthians

Foi uma passagem rápida, mas que acabou não dando certo mais pela sua relação com o rival Palmeiras do que com a quantidade de gols marcados. Este pode ser o resumo dos poucos meses que o atacante Edmundo, conhecido como animal, passou no Corinthians em 1996.

A chegada do craque ao Timão foi depois de mais uma das polêmicas em que ele se envolveu. Em dezembro de 1995, de férias depois de um péssimo Campeonato Brasileiro pelo Flamengo do Pior Ataque do Mundo, quando ele ficou a maior parte do tempo contundido, Edmundo se envolveu em um grave acidente de trânsito após sair de uma boate no Rio de Janeiro.


Comemorando gol com os companheiros

O craque sofreu vários ferimentos leves, mas sem maiores conseqüências. Porém, três jovens acabaram falecendo na colisão. Tanto que no julgamento, em 1999, Edmundo foi considerado culpado e cumpriu pena em liberdade, já que era réu primário.

Com o clima ruim para ele no Flamengo e na cidade do Rio de Janeiro, a saída para Edmundo era buscar novos ares. Logo, pensou a volta para São Paulo, onde o jogador teve uma ótima passagem pelo Palmeiras. Mas voltar ao Verdão não estava nos planos no atacante, já que sua saída do clube do Parque Antártica para o Flamengo também foi polêmica.

E é aí que surgiu o Corinthians. Classificado para a Libertadores através do título da Copa do Brasil, o Timão buscava um craque para reforçar o seu elenco e aí buscar, na época, o tão sonhado título continental. Clube e jogador entraram em acordo e Edmundo foi apresentado no Corinthians com pompas de astro de Holywood.


Edmundo fez 23 gols pelo Corinthians

Sua estreia foi em um amistoso contra o Coritiba, em janeiro de 1996. O jogo era uma homenagem ao centroavante e grande ídolo corintiano da década de 50 Luizinho. Ele jogou cinco minutos da partida e deu lugar para Edmundo.

Apesar de não ter jogado mal, Edmundo fez 23 gols em 33 jogos, alguns em clássicos, o primeiro semestre corintiano não foi de muito sucesso. O Campeonato Paulista foi totalmente dominado pelo Palmeiras e seu ataque de 100 gols. Na Libertadores, que era a competição mais importante para o clube, o Timão foi eliminado pelo Grêmio de Jardel e Paulo Nunes.


Jogo de estreia do Animal pelo Timão

Outro problema foi com a Fiel. Edmundo sempre foi um jogador temperamental e a cada confusão em que se metia ou expulsão dentro de campo, que acabava prejudicando a equipe, os torcedores sempre lembravam de seu passado alvi-verde.

E assim, a paciência foi se esgotando e o craque não aguentou a pressão. Na primeira oportunidade que teve, Edmundo deixou o Corinthians e voltou ao Vasco da Gama para jogar o Campeonato Brasileiro de 1996. Ficou uma imagem de que o atleta não tinha se livrado do peso do acidente e alguns até diziam que ele nunca mais jogaria em alto nível. Ledo engano... no ano seguinte, o craque atingiu o seu ápice, fez um Brasileirão espetacular e levou o Vasco ao título.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações