sexta-feira, 10 de julho de 2015

Um ano da Copa - Como o Paraguai encarou o Mundial fora dele

Jogadores paraguaios cabisbaixos: cena comum nas Eliminatórias

* por Thyago Ivanov

O Paraguai, infelizmente, não esteve nesse ultimo mundial. Aliás, muito diferente de 2010, onde quase conseguiu uma vitória heroica contra a Espanha, com muitas jogadas e lances discutíveis. Naquela Copa, o Paraguai teve um excelente treinador, "Tata" Martino, que é argentino e hoje treina a seleção de seu país depois de uma passagem pelo Barcelona. Mas, na época, ele vestiu a camiseta paraguaia.

O povo paraguaio teve esperanças até o fim em participar deste mundial. As expectativas eram boas até a metade das Eliminatórias. Porém, o time foi caindo pelas tabelas e, ao final, ficou de fora do Mundial. Levar a notícia de eliminação, ainda mais em último nas Eliminatórias Sul-Americanas, foi um tremendo choque para os paraguaios. Nas rádios, esse era o tema do momento. Eles chamaram de “una tremenda verguenza nacional!

O Paraguai ficou em último na classificatória sul-americana

O Paraguai, obviamente, encarou diferente a Copa por não estar nela. É um país muito fanático pelo futebol, porém, não tanto como a Argentina e nós, brasileiros. Em 2010, apareceu a Larissa Riquelme, paraguaia conhecida aqui como a noiva do mundial. Já em 2014, os paraguaios ou torciam timidamente para o Brasil, ou alguns pela Argentina. Outros nem olhavam a TV. Não importava pra eles!

O mundo aqui não parou, eram, literalmente, jogos “normais” e apenas assistiam uma vez ou outra, em tempos livres ou quando tinha algum jogo interessante pra eles. O Paraguai transmitiu todos os jogos em rede aberta, mas não creio que tenha alcançado uma boa audiência pela ausência deles.

Gostaria de ter visto a Copa aqui com eles presentes, pois creio que assim o país pararia, teria mais emoção, mais festa e não um sentimento de amargura interminável.

Amargo! Essa foi uma boa palavra para descrever o mundial de 2014 para o querido povo paraguaio. Imaginem se o Paraguai jogasse em Cuiabá ou em Curitiba? Seria uma linda invasão, na qual lastimosamente ficará nos mais lindos sonhos paraguaios.


* Thyago Pereira Ivanov, 30 anos, é fisioterapeuta e estudante do último ano de Medicina, nasceu em Santos-SP, mas atualmente mora em Assunção, no Paraguai, e torce para o Corinthians.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações