terça-feira, 14 de julho de 2015

O último ouro do Brasil no futebol masculino no Pan

A equipe campeã nos Jogos Pan-americanos de 1987

Na última sexta-feira, foi aberto os XVII Jogos Pan-americanos, em Toronto, no Canadá. Entre os esportes disputados no evento, o futebol não poderia ficar de fora. No masculino, o Brasil conquistou a medalha de ouro em quatro edições: 1963, 1975, 1979 e 1987. E o Curioso do Futebol vai falar exatamente desta última conquista, em Indianapolis, nos Estados Unidos.

A Seleção Brasileira era dirigida, na época, por Carlos Alberto Silva, que convocou o elenco com base na equipe que havia conquistado o Pré-Olímpico no mês de abril. Porém, clubes como Flamengo e Vasco não liberaram seus atletas e jogadores como Romário e Bebeto não foram ao Pan. Só para ter uma ideia, apenas 11 jogadores fizeram o primeiro treino da seleção nos Estados Unidos.

Mesmo com os desfalques, a Seleção contava com ótimos nomes: Taffarel, Ricardo Rocha, André Cruz, Valdo, Edu Marangon, Pita, Evair, João Paulo... todos considerados grandes jogadores por onde passaram. Vale ressaltar que a restrição para o futebol olímpico era ‘apenas’ o atleta não ter entrado em campo em jogo de Copa do Mundo. Um exemplo era o Valdo. Convocado para a Copa de 1986, no México, ele não chegou a entrar em campo e, por isso, estava livre para disputar a competição.

Apenas 11 jogadores no primeiro treino nos EUA

E no dia 10 de agosto de 1987, a Seleção Brasileira entrava no campo do Soccer and Sports Center, em Indianapolis, para a estreia na competição. O jogo foi tranquilo, uma goleada por 4 a 1 no Canadá, com gols de Evair, Nelsinho, Tony (contra) e João Paulo. Neil fez o único gol dos canadenses.

O time vinha ganhando corpo, mesmo com os desfalques. Devido aos problemas na convocação, Carlos Alberto Silva teve que improvisar os zagueiros Ricardos Rocha e Gomes na lateral direita. E, na segunda partida, no dia 13 de agosto, outra vitória: 3 a 1 sobre Cuba, com gols de Careca, que era do Cruzeiro, André Cruz e Washington Casal 20. Rivero descontou para os cubanos.

O terceiro jogo era o mais difícil da primeira fase. O Brasil enfrentaria o Chile, que um mês antes tinha sido o algoz da seleção na Copa América, com uma sonora goleada de 4 a 0. Com a classificação para as semifinais assegurada, Carlos Alberto Silva poupou alguns jogadores e a partida terminou sem gols.

Durante a premiação

Na semifinal, o Brasil iria enfrentar o México, que era apontado por muitos como o favorito à conquista do ouro pan-americano. O jogo foi truncado e em alguns momentos violento. O árbtiro norte-americano Bratsis distribuiu, ao todo, sete cartões amarelos e expulsou o brasileiro Ademir e o mexicano España.

O 0 a 0 no tempo normal levou a partida para a prorrogação. E aí pintou a estrela do centroavante Evair, que entrou no jogo na segunda etapa. Com seu faro de artilheiro, marcou o único gol, que levou o Brasil para a final da competição.

E no dia 21 de agosto, o Brasil entrava em campo para a decisão do ouro e camisa azul. Pela frente, novamente o Chile. Outro jogo violento, tendo confusão até no intervalo, na entrada dos vestiários. O árbitro Martinez, de Honduras, expulsou um jogador de cada lado, Nelsinho e Pinto.

Melhores momentos da final

Novamente, o placar ficou zerado no tempo normal e o jogo foi para a prorrogação. Aí, a técnica do time brasileiro prevaleceu. Washington, o casal 20, e Evair marcaram os dois gols que garantiram o ouro para o Brasil, um dos 14 que a delegação do País teve naqueles Jogos.

Depois de 1987, o Brasil, no futebol masculino, conseguiu apenas mais uma medalha em Pan-americanos: a prata em 2003. Já o futebol feminino, que foi introduzido no Pan apenas em 1999, conquistou dois ouros (2003 e 2007) e uma prata (2011).
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações