quarta-feira, 29 de julho de 2015

O Pai da Matéria e um garotinho

O Pai da Matéria

Em 1989, Osmar Santos, o “Pai da Matéria”, já era um narrador consagrado no rádio brasileiro, com centenas de narrações históricas, como a invasão corintiana em 1976, o título do Timão em 1977, Guarani campeão brasileiro em 1978, a Copa de 1982 no rádio, entre outras.

E não era só no esporte que o Pai da Matéria dominava. Ele foi o primeiro apresentador do Balancê, programa da Rádio Globo que falava sobre vários assuntos do cotidiano, como política, artes e música. A equipe do programa contava também com Juarez Suarez e Fausto Silva, que depois assumiu a apresentação do Balancê acabou sendo o seu trampolim para a televisão.

O Pai da Matéria foi a voz da campanha "Diretas Já", que defendia que o brasileiro tivesse o direito de votar para presidente em 1984. O Brasil vivia a época da ditadura militar, desde 1964, um período de repressão e tortura à quem tinha ideias diferentes do regime. Período difícil, que o Pai da Matéria foi importante para reverter a situação. Tudo bem que a eleição daquele ano foi indireta, mas o processo de redemocratização do Brasil foi colocado em prática.

Também na década de 80, Osmar Santos começou a ter suas experiências na televisão, principalmente quando a Rede Globo perdeu seu principal narrador, Luciano do Valle. O Pai da Matéria dividiu com Galvão Bueno o posto de locutor oficial da Copa de 1986 na emissora do plim-plim. Depois dessa experiência, ele acabou indo para a Rede Record. Porém, sem largar a rádio, no caso ainda a Globo.

Entre programas de auditório e alguns eventos esportivos, a Rede Record resolveu transmitir a Taça Brasil de Basquete Feminino em 1989. Era a época em que os jogos entre BCN Piracicaba, Minercal Sorocaba e Perdigão Jundiaí pegavam fogo. A competição era realizada em etapas e cada uma dessas fases tinha uma cidade sede. Pois bem, é a partir desse dia que entra o segundo personagem desta história.

A segunda fase da Taça Brasil foi realizada em Cubatão, cidade da Baixada Santista. Um garotinho de 10 anos, fãzaço de esportes, encheu a paciência dos pais para levá-lo aos jogos no Centro Esportivo da cidade. O garotinho queria muito ver a Hortência jogar, uma das melhores do mundo. Paula, na época, jogava na Espanha, e foi um ‘desfalque’ naqueles dias.

A voz da campanha "Diretas Já!"

Mas aquele garotinho gostava muito de ouvir os jogos de futebol no rádio e tinha seu narrador preferido: sim, ele, o Pai da Matéria, Osmar Santos. Ao saber que ele estaria no ginásio, o garotinho ficou contente, pois teria uma chance de falar com o cara que admirava.

Como acontece em cidades pequenas, um evento como este vira a grande atração. O garotinho estava com a família em peso no ginásio: pai, mãe, irmã, tios, avó e até uma tia-avó. Todos queriam ver as melhores jogadoras de basquete do País. E quando a Hortência chegou, foi um alvoroço. Mas o garotinho pegou uma agenda e caneta com a mãe, se intrometeu no meio da confusão e saiu com o autógrafo da Rainha do Basquete.

A maioria ficou satisfeita com o autógrafo da Hortência. Mas o garotinho não. Ele queria conhecer o grande Osmar Santos. Incentivado pelo seu pai, torcedor do Santos e que também gostava muito das transmissões do rádio, o garotinho deu a volta no ginásio, subiu as escadarias e chegou na cabine de transmissão.

Junto com o Pai da Matéria estava a ex-jogadora de basquete Suzete, talvez a melhor do Brasil antes do surgimento de Paula e Hortência, que era a comentarista da transmissão. Mas o garotinho queria saber apenas de Osmar Santos.

Na entrada da cabine de imprensa, havia um segurança que, na imaginação do garotinho, parecia ter uns 4 metros de altura, que tinha um jeito de guarda. E como passar pela situação? Um “ripa na chulipa, pimba na gorduchinha”? Ou seria “um pra lá, dois pra cá, é fogo no boné do guarda”?

É, o garotinho ficou sem reação. Do outro lado do ginásio, toda família perguntou: “Parou por quê, por que parou”? Parecia que nada ia dar certo e ele não ia conseguir conhecer o grande narrador.

E quando todos achavam que nada ia dar certo, uma voz de dentro da cabine disse: “vem cá, garotinho, entra aqui!”. Sim, era o Pai da Matéria! Osmar Santos, solícito, atendeu o garotinho, que pensou: “Tiro-lirolá Tiro-lirolí... e que GOOOOOOOOOOOOOOOL”.

Após o grave acidente, que limitou sua fala, Osmar Santos virou pintor

O garotinho ficou sem reação. O Pai da Matéria fez algumas perguntas, mas o garotinho, emocionado, só conseguiu dizer seu nome. Feliz, o garotinho voltou com a agenda autografada pelo grande narrador. “Mas, e a caneta?”, perguntou o pai. É, o garotinho deixou a boa caneta da família na cabine.

Como em toda a família, aquilo virou motivo de piada. Toda vez que Osmar Santos narrava algum jogo, seja na TV ou no rádio, alguém de casa falava: “pede a caneta de volta” ou “olha o cara que ganhou uma caneta de você”. Mas o garotinho nunca ligou. Na sua imaginação, naquele dia, ele foi o “Animal do jogo”.

* Resolvi fazer este artigo ao ver o grande documentário da ESPN Filmes sobre Osmar Santos, que estreou ontem na ESPN Brasil. Para quem não viu, hoje, 18 horas, ele será reprisado. Além de ter sido um grande narrador, hoje ele dá uma lição de vida.

A história, lógico que um pouco dramatizada, é verídica. Sim, aconteceu comigo, Victor de Andrade, quando eu tinha 10 anos. E a parte da caneta é verdadeira!
←  Anterior Proxima  → Inicio

Um comentário:

  1. Bela história; curti muito o Pai da Matéria, em seus áureos tempos de Radio Jovem Pan, e estive nos grandes comícios pelas Diretas no vale do Anhangabaú, que falta faz o jeitão irreverente de contar uma partida de futebol, e de por apelidos nos atletas, o mais famoso foi o "ANIMAL" para o Edmundo, mas teve também o REI DO NORDESTE" para o ponta são paulino Tertuliano, o NAMORADINHO DA RAQUEL WELSHY", para o Rosemiro do Palmeiras e o BACHAREL para o zagueiro Wagner também do Palmeira; deixou um belo legado, lamentável que um irresponsável nos tenha tirado precocemente um talento tão grande. Parabéns pela matéria!!!

    ResponderExcluir

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações