sábado, 6 de junho de 2015

Briosa empata com Bernô no ‘apagar das luzes’

Briosa e Bernô empataram em Ulrico Mursa

A Portuguesa Santista, por muito pouco, não colecionou mais uma derrota no Campeonato Paulista da Série B. Em jogo realizado na tarde deste sábado, no estádio Ulrico Mursa, em Santos, a Portuguesa Santista empatou com o EC São Bernardo em 1 a 1, com o gol da igualdade saindo no último lance da partida.

O embate iniciou morno, com ambas as equipes se estudando. Aos poucos, a Portuguesa Santista passou a ter mais posse de bola, mas sem muita objetividade. A única chance da Briosa no início do jogo veio nos pés do lateral esquerdo estreante Luan, que passou por dois defensores da equipe do ABC, mas finalizou para fora.

Equipes perfiladas antes do início da partida

O Bernô, que entrou em campo de azul, uniforme em homenagem ao Aliança, clube que faz parte da história do EC São Bernardo, entrou em campo com três zagueiros e apostava nos contra-ataques e foi assim que chegou ao primeiro gol da partida. Em posição duvidosa, Julio saiu sozinho na grande área e finalizou, sem chances para o goleiro Pablo. São Bernardo 1 a 0. Após o gol, o cenário não mudou muito, com a Briosa tendo mais posse de bola, mas criando pouco. Em uma das poucas chances, Rodrigão deu uma bela bicicleta, mas o arqueiro do time do ABC, seguro, fez uma boa defesa.

Antes do fim da primeira etapa, o São Bernardo teve a chance de ampliar, mas o goleiro Pablo evitou que a Briosa tomasse o segundo gol. E os 45 minutos iniciais terminaram com o alvinegro vencendo por 1 a 0.

O São Bernardo, de azul, apostava nos contra-ataques

No intervalo, o técnico da Portuguesa, Serginho, sacou o volante Vinicius e colocou o meia-atacante Moacir. Porém, o cenário da partida continuou o mesmo. Posse de bola, mas sem finalização da Briosa e o Bernô apostando nos contra-ataques.

A partir dos 30 minutos, o time da casa foi para o abafa. O meia Carlos Henrique entrou no lugar de Joéber. Depois, o atacante Guilherme substituiu o lateral Ítalo. Tudo isso em busca do empate. Aos 42, Rodrigão perdeu uma grande chance depois de um escanteio cobrado por Carlos Henrique.

Briosa insistiu até o último lance da partida

Os pouco mais de 400 pagantes já estavam impacientes. Seria a terceira derrota da equipe na competição, a segunda em casa. Mas, apesar de clichê, a frase ‘a esperança é a última que morre’ cabe perfeitamente no que aconteceu no jogo. No último lance, depois de um bate-rebate na área, a bola sobrou para Ricardinho, que juntou todas as forças restantes naquele final da partida e marcou: Portuguesa Santista 1, São Bernardo 1. Logo em seguida, o árbitro apitou o fim do jogo.


Com o empate, a Briosa ocupada o terceiro lugar do Grupo 3, com 14 pontos e terá pela frente o clássico local contra o Jabaquara, no dia 14, domingo, 10 horas, no Estádio Espanha. O Bernô é o líder do grupo e enfrenta o União Suzano na noite da próxima sexta-feira.


FICHA TÉCNICA

Portuguesa Santista: Pablo, Ítalo (Guilherme), Cícero, Rico, Luanderson, Joeber (Carlos Henrique), Vinicius (Moacir), Stefano Moretti, Ricardinho, Kaíque Marques e Rodrigão
Técnico: Serginho

São Bernardo: Breno, Denis, Ademar, Diego Araújo (Marco Antônio), Vinicius, Lucas, Rafael, Mateus (Jean), Washington, Alan (Felipe Mendes) e Júlio César
Técnico: Ricardo Costa

GOLS
EC São Bernardo: (Júlio César aos 32 minutos do 1º tempo)
Portuguesa Santista: (Ricardinho aos 48 minutos do 2º tempo)

ARBITRAGEM
Árbitro: Magno de Sousa Lima Neto
Árbitro Assistente 1: Hélio Mauro Viana Martins
Árbitro Assistente 2: Rubem Guimarães Marcondes Cezar
Quarto Árbitro: Samuel Aguilar de Lima
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações